5 motivos para amar a vida em Buenos Aires – Dica do leitor

A dica do leitor de hoje está um pouco mudada. Isso porque não é exatamente um relato de viagem, mas sim um resumo do que os turistas brasileiros podem ver de diferente se compararem Buenos Aires com a maioria das cidades grandes do Brasil. Quem nos enviou suas impressões sobre a capital portenha foi a Lina, leitora aqui do blog! Muchísimas gracias, Lina!

Mas se você veio parar aqui achando que ia encontrar um roteiro de viagem, uma boa sugestão é você conhecer o nosso Guia Básico – O que fazer em Buenos Aires (4 dias). Ou se você preferir um roteiro com menos cara de turista, é melhor dar uma olhada no nosso Guia Lado B dos pontos turísticos de Buenos Aires.

5 motivos para amar a vida em Buenos Aires

dica_do_leitor2

Porteños me ensinaram a apreciar coisas simples da vida. Um café, uma siesta, um passeio no parque, uma charla com amigos. Não precisa mega produção para sair pra jantar, tudo bem você ir com a roupa confortável/pijama até o kiosko da esquina ou o Chino mais próximo. Eles sabem estar à vontade no lugar que escolheram para viver.

Conheci Buenos Aires como turista, em setembro de 2011. Ao voltar para casa, senti saudades imediatas. Saí da capital argentina pela manhã e à tarde, já em Porto Alegre, sonhava em estar tomando um café em qualquer uma das esquinas incríveis daquela cidade. Voltei várias vezes à cidade a partir de 2012 e, em mais de dez viagens à Capital, pude ter noção da imensidade do lugar, conviver em família, conhecer pessoas e entender o que mais me apaixona aí: a maneira de viver. Entre vários no meu coração, escolhi para contar aqui 5 motivos para amar a vida em Buenos Aires – e que me fariam mudar para lá amanhã. Ou hoje mesmo.

1. Na rua, até mais tarde

É meio patético, mas uma das primeiras coisas que me chamou a atenção é a quantidade de gente nas ruas. Não só de dia, principalmente ao entardecer e até à noite. E não é que não haja problemas de segurança, mas os porteños têm uma relação com o espaço público diferente da nossa em grandes cidades no Brasil. Você vai ver gente bebendo em alguma praça (ou comendo sushi e tomando vinho), gente tirando uma siesta na Plaza San Martin depois do almoço, crianças brincando na rua às 20h no inverno, gente na parada de ônibus indo pra balada tarde da noite. Nem preciso dizer que em vários lugares aqui no Brasil isso seria coisa de louco ou de vagabundo (imagina dormir na praça!).

dica_do_leitor3

2. Carro pra quê?

Já que falei do bus pra ir pra balada, aí está outra coisa que me encanta. No início achava estranho ver jovens indo pra noite e gente mais velha pegando bus na saída do restaurante em Puerto Madero para voltar pra casa. Preconceito bem brasileiro. Mas é assim que funciona. Não precisa tirar o carro da garagem pra qualquer voltinha. Por sinal, trânsito é uma das coisas que o porteño menos gosta. Experimente uma carona com algum deles em um dia em que a onda verde (quando todos os semáforos estão sincronizados de forma que o motorista sempre pegue o sinal no verde) está mal sincronizada e eles têm que parar a cada duas quadras. Afinal, para que perder tempo dentro de um carro fechado? Procurando lugar para estacionar? Escolha uma linha de subte ou um colectivo e seja feliz! Vá viver a cidade logo!

dica_do_leitor4

3. Menos ostentação, mais diversão

Porteñas e porteños conseguem ser fashion e estar à vontade ao mesmo tempo. Você nunca vai ver uma menina com um vestido justo quase sem respirar, puxando ele para baixo o tempo todo e usando um salto em que não consegue se equilibrar. Meninos com cabelo alinhadinho, roupas super justas também não rola. Menos ostentação e mais diversão. Em Palermo ou em Puerto Madero, vi da camisa bonitinha ao moletom, do salto alto à rasteirinha, sem ninguém olhar torto. De novo: vá viver a vida! Dê atenção ao que realmente importa: ser feliz 🙂

dica_do_leitor5

4. Asado e amigos

A facilidade com que se arma um encontro de amigos para um asado é algo que me impressiona. Uns telefonemas, uma ida ao super para comprar os itens do asado, da ensalada con salsa criolla, uma garrafa de fernet e outra de coca e listo! É conversa que não tem fim. Se o tema for política é um espetáculo à parte. Para quem está aperfeiçoando o idioma, um belo exercício!

dica_do_leitor6

5. Castellano

Soa lindo, tem ritmo, emoção. Fora isso é bonito ver como tem palavras iguais ou muito similares ao português, mas que deixamos de usar por serem bastante formais. O espanhol nos faz lembrar do português na sua forma mais bonita, mais limpa e sem vícios. “Si no me equivoco”, “Estoy seguro”, “Tengo ganas”.  Amo!

Sim, há um quê de apaixonado nesse meu post. Totalmente apaixonado. Então ele é, sim, só sobre (algumas das) coisas lindas que eu percebi nesse lugar incrível. Buenos Aires é um lugar para se permitir rever conceitos e preconceitos. É a minha dica para quem vai a Buenos pela primeira vez: vá de coração aberto.

dica_do_leitor7

Lina, você conseguiu passar a alma do portenho através das suas razões para amar Buenos Aires! Sim, é muito fácil se apaixonar pela cidade e pelo estilo de vida que as pessoas levam aqui, menos frenético e com vontade de aproveitar melhor o dia.

Para ver roteiros e dicas de leitores, visite a categoria DICA DO LEITOR.

E se você quer escrever sobre a sua viagem para o Aires Buenos Blog, é só caprichar no texto e nas fotos e enviar tudo lindo para airesbuenosblog@gmail.com que nós vamos amar ler o seu relato!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

14 comentários

  1. Lina, você tem toda razão!
    Em Buenos Aires o importante é ser e não ter.
    Fui duas vezes e me apaixonei pela cidade. Não vejo a hora de voltar!
    Parabéns pelo blog, Túlio!

  2. Amei seu post Lina!

    Reflete bem o que penso e senti quando fui aí.
    Apesar de que moro no Rio e carioca é bem relax em relação ao jeito de se vestir também.Vou num restaurante ou shopping de havaiana e short sem problemas…adoro isso.

    Concordo com você,se solte na cidade e ande muito de ônibus e metrô,te levam pra tudo quanto é lugar e são seguros.

    E no mais você está certíssima: ir de coração aberto pra sentir e viver tudo tudo que há de melhor em B.aires é fundamental.

    Bjos

  3. Juliana Faria

    Simplesmente amei o post !!!!! Porque tambem sou uma apaixonada por Buenos Aires e não vejo a hora chegar do dia 27/12 !!!

  4. Adorei o relato.Concordo totalmente..Morei 5 anos em Buenos Aires durante a minha juventude.Nuca mais gostei de outra cidade para viver se não esta maravilhosa capital portenha. Sou fã número 1 do tipo de vida de lá. Aquelas “fábricas de pastas” que você encontra em quase toda a esquina,e as bancas de flores colorindo as ruas,coisas simples que são verdadeiros shows.Volto sempre lá,quando posso.

    I <3 Buenos Aires.

  5. Lina, vc conseguiu expressar neste lindo post un corazón muy porteño rsrs. É incrível esta identificação quase imediata quando se pisa em Buenos Aires, não é?!!

  6. Lina Colnaghi

    Que bom poder ler esses comentários 🙂 Não tem como escrever outra coisa sobre Buenos Aires! É paixão absoluta!

  7. Milene

    Cidade linda demais!!! Fui pra lá, pela primeira vez, há um mês, por 4 dias e, desde então, sinto saudade todos os dias!!
    Lá, não tive medo de andar segurando a câmera fotográfica (queria fotografar cada segundo rs) ou o celular… o que acontece aqui… claro que tomamos alguns cuidados básicos mas nada de andar olhando ao redor, com medo de ser assaltada.
    Fiquei pouco tempo mas, acho que vou querer voltar várias vezes… e não vejo a hora de voltar!

  8. Michele

    Olá!! Amando o blog!!! Estou embarcando pra BA dia 25/12 e ouvi dizer que no dia 26 é feriado na cidade, porque costumam fazer isso e tal. Disseram também que por isso a maioria das coisas estariam fechadas. Isso é real? Mesmo sendo sexta feira as coisas fecham? Restaurantes e baladas noturnas também?

    • Túlio Bragança
      Author

      Michele, é um dia que emenda com o 25. Restaurantes ficam abertos normalmente, assim como baladas

  9. Juliana Faria

    Sou muito suspeita …desde a primeira vez que fui a Buenos Aires sou totalmente apaixonada…e quero me mudar ….ja viajei para outros lugares ..mas as fotos revelam nitidamente como sou feliz estando em Buenos Aires….

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *