5 pontos turísticos mais perdíveis de Buenos Aires

Faz tempo que quero fazer esse post exatamente porque algumas verdades precisam ser ditas! Vamos e convenhamos, alguns pontos turísticos de Buenos Aires são totalmente perdíveis. Há lugares bastante dispensáveis e que são vendidos como grande coisa!

A ideia aqui não é chinelear os lugares da cidade, mas ser sincero para os turistas como às vezes os guias não são. Para saber o que visitar na cidade com todos os detalhes de um brasileiro que mora em Buenos Aires há 8 anos, veja nossos ebooks Guia Básico de Buenos Aires em PDF e o Guia Lado B dos pontos turísticos em Buenos Aires.

Faz alguns dias joguei uma pergunta no Facebook e no Twitter sobre as maiores roubadas de pontos turísticos de Buenos Aires e tive muitas respostas de amigos brasileiros e argentinos que vivem por aqui. Aqui vão as roubadas mais mencionadas!

5 pontos turísticos de Buenos Aires mais perdíveis

1. Caminito

pontos turisticos de buenos aires
Disparado o ponto turístico de Buenos Aires  mais mencionado entre meus amigos brasileiros e argentinos que vivem na cidade, quase uma unanimidade. É complicado dizer que o Caminito é o ponto turístico mais perdível de Buenos Aires, mas alguém precisava jogar a real. Sim, existe toda a bela história do bairro de La Boca. Sim, as construções são interessantes, mas infelizmente esse lugar decepciona.

Visitá-lo aos domingos é enfrentar uma sucessão de vendedores de artesanato, Maradonas e dançarinos de tango que querem tirar uma foto com você e depois cobra fortunas por isso. Também existem várias parrillas que contam com empregados que parecem forçar você a comer.

Além disso, o Caminito em sí você vê em 5 minutos e pronto. Sério mesmo, desafio qualquer um a passar mais de 30 minutos lá e já não encher o saco. Uma novidade dos últimos anos é que uma das lojinhas mais tradicionais do lugar agora virou uma Havanna, o que prova que nesse lugar querem mais é ganhar a grana do turista!

Dica: está sempre lotados nos domingos, mas o problema é que nos outros dias está vazio demais e La Boca não é das áreas mais seguras da cidade.

2. Calle Florida

pontos turisticos de buenos aires

Sinônimo de turismo dos sem noção. Preferida dos brasileiros que não sabem nada sobre Buenos Aires, a Calle Florida é um calçadão em pleno centro portenho cheio de lojas. Considerado por muitos brazucas como um paraíso das compras, poucos sabem que nem mesmo os portenhos compram nessa rua.

Lá você encontra gente insistindo para te vender couro, casas de câmbio com péssimas cotações, lojas com preços nada camaradas, gente oferecendo entradas para prostíbulos e muitos artistas de rua. Está sempre cheia nos dias de semana, mas nos sábados e domingos é deserta. Realmente acha que é um ponto turístico de Buenos Aires cheio de glamour?

Dica: Visitá-la não é uma total perda de tempo. As duas filiais da Falabella oferecem algumas pechinchas e a Galeria Pacífico, por mais que tenha lojas caríssimas, ainda é um espetáculo de arquitetura.

3. Cafe Tortoni

cafe tortoni

Colocar o Tortoni na lista dos mais perdíveis pontos turísticos de Buenos Aires é polêmico. O lugar é lindíssimo, tem muita história e também possui um show de tango muito honesto, que já fui uma vez com minha mãe. O problema do Tortoni é exatamente sua fama.

Durante o fim de semana é muito comum ver uma fila enorme, formada basicamente por brasileiros, em frente do Café. Essa espera pode passar dos 40 minutos para simplesmente entrar e tomar um café. E quando finalmente você entra acaba se deparando com preços caríssimos, muito acima dos praticados na cidade, e um atendimento lento e ruim. Uma opção diferente é o Las Violetas! 

Dica: se você tem pouco tempo na cidade não faça do Tortoni uma prioridade.

4. Siga La Vaca

Siga La Vaca

Uma das churrascarias mais famosas entre os turistas brasileiros, a Siga La Vaca faz sucesso porque é umas poucas do estilo “all you can eat” e tem um preço que inclui tudo: carne, vinho e sobremesa. Na maioria das parrillas você tem que pagar por cada corte diferente e a brasileirada não curte. Era minha preferida na época que eu não conhecia nada de Buenos Aires. Devem fazer uns 5 anos que não vou lá.

É roubada porque está sempre lotada e de brasileiros. Para não enfrentar fila é preciso chegar bem cedo! Além do mais, para manter o preço camarada eles deixam de lado os melhores cortes de carne. Esqueça um bife de lomo ou um bife de chorizo no ponto. Achar isso lá é raridade.

Dica: A comida não é ruim, mas essa está longe de ser uma parrilla argentina clássica. Eles possuem até alguns cortes feitos para turistas. Sou muito mais um La Cabrera ou um Don Ernesto.

5. Tigre

Tigre

Por algum motivo desconhecido, passear pelo delta do rio Tigre é um famoso passeio entre brasileiros. Eu mesmo já fui com muita gente. O passeio não é dos piores, mas quando você volta pra casa fica se perguntando se valeu a pena tanto esforço para isso.

Primeiro, é longe. Para chegar lá é preciso pegar um trem direto saindo de Retiro que leva uma hora ou pegar um trem até Olivos e depois trocar para pegar o Tren de La Costa. Segundo, o famoso Tren de la costa, que já foi moderno limpo e cheiroso, está totalmente abandonado e a frequência que ele passa está bem demorada.

Dica: ir, passear e voltar leva quase um dia inteiro, que você pode aproveitar de muitas outras melhores maneiras.

Quer conhecer outros pontos turísticos totalmente fora do circuito? Veja o episódio do Aires Buenos TV sobre o assunto

E para você, qual é o ponto turístico mais perdível da cidade? Qual a maior roubada? Deixe seu comentário!

guiaoquefazerembuenosaires2

Read the english version of this post: 5 tourist attractions in Buenos Aires that you just CAN miss

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

86 comentários

  1. priscilla santos

    Tuilio, vc arrasou no post! E no fim fiquei e rindo aqui! Fui pra BUE semana passada no feriadao, minha primeira viagem, fui sozinha, enfim, cheia de expectativas, fiz aquele tour com o onibus de 2 andares que pecorre varios pontos turisticos e sinceramente, so desci no Caminito, kkkkkk, tb não achei grandes coisas, imaginava que fosse maior, enfim, decepcionei um pouco, mas nada que estragasse a viagem, ate pensei em filmar a galera dancando tango na rua, mas imaginava que fossem me cobrar depois! Como as baianas de Salvador kkkkk! Como cheguei quinta a nte, na sexta fui na Calle Florida, nao comprei quase nada, a nao ser umas Bufandas em lojinhas mais baratinha, ja que nao achei tudo tao barato assim, rsss, mas gastei umas boas calorias na caminha ja que hospedei em San Telmo e fui ate o centro andando!!! ufa, muitos quarteiroes! Como disse fui sozinha e senti falta de ter uma amiga ou algum amigo, principalmente pra sair a nte, acabei ficando no hostel onde tivemos um asado argentino na nte de sexta e depois acabei indo no la puerta Roja em San Telmo, bebi Fernet com cola, um bar rock in roll com buena onda, enfim, sou uma pessoa alternativa, senti falta de saber onde a galera alternativa de BUE se encontra! No mais e isso…Ahh , o tour do Busao e bem legal, da pra ter uma nocao de toda cidade!!! Recomendo!

    Beijos

    pri

  2. Alexsandro Roppe

    Fui a quase todas as “Furadas”, menos o café Tortone que já conhecia a fama de super caro. Sou muito mais a Confeitaria Colombo ( no Rio de Janeiro ). Mas concordo com todas as dicas.

  3. lidiani

    concordo plenamente com tudo! fui uma vez para buenos e pretendo sim voltar outras vezes, na lista estavam todas essas dicas “de turistas” caminito é realmente 5 min, ficaria mais por lá para ver um jogo na bombonera…..tortoni, é total prca de tempo mesmo, só pelo estilo cultural do local, que vale. a florida é realmente um calçadão, quem é de SP tem as ruas com preços melhores..mas não tem como resistir uma passadinha e uma comprinha por lá…o tigre..pelo amor, não volto mais, me senti vendo casas em uma enchente…..siga la vaca depois de uma longa espera, eu gostei do cardápio….Agora estou pronta para a proxima visita um pouquinho mais experiente..rs

  4. Ana

    Qué bueno post. Absolutamente necesario. Coincido con Caminito, Siga la vaca y Florida. Banco al Tortoni y a Tigre siempre que no sea fin de semana ;)

  5. Cemitério da Recoleta! Sério, admire a pessoa por tudo o que ela fez na vida, seus trabalhos e conquistas e não pela lápide! Sei lá, na minha opinião parece muito mórbido!rs
    Abraços!

  6. tigre e siga la vaca nao conheço pessoalmente e nem conhecerei, porque ja vi o suficiente em comentários por aí; tortoni e florida valem uma passadinha, mas sem comprar nada pq é furada. agora, caminito eu posso falar com propriedade: não dá!

    estive em Buenos Aires 3 vezes com 3 companhias diferentes (amigos, depois namorada e depois irmã)… nas 3 eu acabei indo até lá só para marcar presença, mas chega. já prometi a mim mesmo que não volto mais lá não.

  7. Concordo com o passeio no Tigre e com o Siga la Vaca. O rio Tigre é poluído e não tem NADA de interesse nem no passeio e nem na cidade. Tem um museu de arte por lá, que parece interessante, mas não pude ir, pois estava fechado. Já o Siga la Vaca achei super fraco – o Porcão, no Rio de Janeiro, por exemplo, dá de mil nessa churrascaria. Bufê fraquinho, carnes cruas. Não curti mesmo.

    Quando ao Caminito, achei interessante, mas realmente não é épico. As casinhas coloridas são legais pra fotografar. Gostei da Florida, mas tudo é caro por lá. No entanto, acho necessário conhecer, já que é uma das principais.

  8. Concordo com o passeio no Tigre e com o Siga la Vaca. O rio Tigre é poluído e não tem NADA de interesse nem no passeio e nem na cidade. Tem um museu de arte por lá, que parece interessante, mas não pude ir, pois estava fechado. Já o Siga la Vaca achei super fraco – o Porcão, no Rio de Janeiro, por exemplo, dá de mil nessa churrascaria. Bufê fraquinho, carnes cruas. Não curti mesmo.

    Quando ao Caminito, achei interessante, mas realmente não é épico. As casinhas coloridas são legais pra fotografar. Gostei da Florida, mas tudo é caro por lá. No entanto, acho necessário conhecer, já que é uma das principais.

  9. Guilherme

    Excelente post! Nada mais verdade do que você disse. Já repassando para os amigos que pedem dicas de lá.

  10. mariliafreitas

    Estou montando o roteiro da minha segunda viagem para Buenos Aires e essas roubadas já estão fora da lista! Confesso que gostei bastante das cores do Caminito (as fotos ficaram lindas), mas uma vez só já basta né?!… Parabéns pelo blog, estou adorando tudo aqui!!

  11. Carol

    Olha estive só 6 vezes em Buenos, estou indo de novo em setembro e já fui em todas as furadas! Rsrsrs, em algumas, mais de uma vez, tipo Caminito.
    Florida eu gosto de ir até a Falabella e troco dinheiro no Banco Meridional, Caminito todo mundo que vai a primeira vez eu acabo levando…. O Tortoni me surpreendeu: só na minha 5a. vez em Buenos venci o preconceito e fui. Gostei do tango, beberiquei um vinho e não me arrependi….. Mas tbm fui no meio da semana despretenciosamente.
    Tigre e recoleta fui na minha primeira vez e achei as maiores furadas do universo!

    Posso aproveitar o espaço pra fazer uma pergunta? Como andam os preços por aí? Pelo que tenho ouvindo, estou com medo de ter que lavar pratos pra pagar a conta nos restaurantes….

    Seu blog é demais, parabéns!

    • Oi, Carol. Os preços estão meio caros. Uma porque a relação peso e real diminuiu um pouco em relação ao ano passado e outra por causa da inflação. A cidade encareceu bastante, mas nada proibitivo. Só não está mais aquela pechincha.

  12. Celiane

    Quero uma indicação de hotel que fiquei bem localizado, limpo com bom atendimento. Não é necessáro mtas estrelas…hehe! Aguardo e agradeço.
    Celiane.

  13. Celiane

    Quero uma indicação de hotel que fiquei bem localizado, limpo com bom atendimento. Não é necessáro mtas estrelas…hehe! Se alguém tiver uma indicação para Montividéo, será bem vinda.Aguardo e agradeço.
    Celiane.

    • Nathalya Bitencourt

      Em relação a Montevideo, indico o Hotel Iberia. Ótimo custo… Os atendentes são muito simpáticos.. é bem localizado… eu adorei… Se quiser mais indicações, posso lhe passar.. fiquei 9 dias lá.. Gostei muito.
      nbitencourtf@hotmail.com

  14. deborah vasconcelos

    Oi!!! Tudo bom?!

    Estou programando com duas amigas para conhecer “buenos” agora em dezembro, e procurando por pontos turísticos legais acabei achando seu blog (muito bom por sinal). Ainda não fechamos o pacote, e estamos um pouco perdidas na quantidade de dias que nos possibilitariam conhecer os principais pontos turísticos da cidade.

    Mas sem querer abusar da sua boa vontade, caso a gente tivesse 3 dias para conhecer a cidade, quais os lugares mais legais você nos indicaria a conhecer nesse tempo?! E uma boa casa pra curtir a noite =D.

    Obrigada!!!

  15. daniel

    Já tive o privilégio de ir duas vezez a Buenos Aires, e quero voltar quantas vezes puder, pois sou fã do povo portenho, sobretudo por seu estilo e cultura.
    E quando vc criticou a ida ao Caminito, meu coração simplesmente partiu, claro que não tenho o seu conhecimento sobre a cidade e nem conheço as infinitas opções como vc conhece, mas quem quer viver, compreender e sentir Buenos Aires é inadmissível não ir a La Boca(caminito), e ao café tortoni.
    O Caminito(la boca) viu nascer o tango, e este lugar simples e autêntico, há muito tempo atrás foi um dos lugares onde um dos povos que ajudou a construir a identidade portenha mais se abrigou, ao ir ao Caminito dá pra imaginar como era Buenos Aires em tempos atrás, vendo e imaginando como eram aqueles cortiços abrigados por Italianos, onde muitos trabalhavam ali no porto como estivadores, que depois de uma semana dura de trabalho, restavam esperar os fins de semana para viver ali a Boemia, que veio a inspirar o ritmo que faz a Argentina ser conhecida em todo o mundo…..
    Fora o templo Sagrado de La Bombonera( que esta simplesmente não tenho palavras pra descrever…).
    Quanto ao Café Tortoni, o lugar simplesmente foi frequentado por Gardel, Borges e outros, e apresentou e difundiu o tango a conservadora elite portenha, que não iam a San Telmo ou ao Caminito, e que tiveram neste emblemático café a oportunidade de conhecer e apreciar este ritmo, que mais que uma música é uma identidade dos Argentinos…..
    E por isto ir a Buenos Aires e não ir a estes dois lugares é como ir a Roma e não ir ao Coliseu, ou ir ao Rio e não ir a Copacabana……
    No mais valeu, excelente blog!!!!

  16. cleo silva

    não vi a resposta para a debóra vasconcelos? estou indo para fiacr 3 noites com meu maridoe tbm gostaria de saber o que vala a pena fazer e connhecer, pelo q li , já estou arrependida, me diga o que de bom tem por lá e o que fazer?

  17. Frnanda V

    Olá estou indo e Bue em janeiro com meu esposo, adorei o alerta! Mas também gostaria que listasse alguns pontos imperdiveis de lá!
    Obrigada!

  18. Leonardo

    Olá,

    Estou lendo com bastante atenção o blog e inclusive estou em BsAs.

    Quero deixar uma dica de hospedagem que é na Recoleta.

    Excelente bairro onde se dá para andar tranquilamente, inclusive no período da noito.

    Quanto as compras, tbm visitei a Florida e achei um absurdo de preço.

    Recomendo as lojas da Av Santa Fé e os outlets de Palermo (Gurruchaga y Aguirre), mas como em todo lugar, precisa perquisar bem antes de comprar.

    Puerto Madero para mim, o melhor para se comer (La Cabana, Madero, Sorriento etc)

  19. Cristiano Schmitz

    Maior roubada de todas é o cemitério da Recoleta. Disparado!

    Caminito e o bairro La Boca tem muita história. É o tipo de lugar que é meio obrigação. Oportunistas estão em todos os maiores pontos turísticos do mundo.
    O lance é o tempo que se perde nos passeios. Isso é o que faz diderença.
    Tem que saber approveitar o tempo.
    Nisso, teu post ajuda muito. :)

  20. -Muito bom o post !!!! Tento explicar em palavras o que vc explicou em um post hahaha . Só ñ concordei 100% com o Tigre por um motivo: Por duas vezes levei amigas pra passar o dia lá e fomos em muitas lojinnhas do porto de frutos, almoçamos no cassino, demos voltinhas no delta a pé, etc. Aí uma terceira amiga ficou encantanda com esse papo e resolveu ir num passeio ao Tigre comprado e foi u ó de ruimmmmm !!! Disse que a tal van ficou rodando pra pegar todos os turistas nos hoteis , levou pro trem, sobe no trem , desce do trem, sobe no barco, desce do barco, pronto acabou !!!! Zero passeio, zero descoberta. Por isso odeio passeios estilo CVC !!! Em qq lugar do mundo. A vida está nos olhos de quem sabe ver , ñ é?
    E por morar aqui o que eu mais amo é mostrar pros meus amigos o lado B das coisas, aquilo que só os nativos sabem , e é sempre melhor !!!! Um prazer conhecer seu blog !!!

  21. Carolina Pinheiro

    Galera, foi ótimo encontrar esse blog, pois já me deu um norte.
    Irei a BsAs em fevereiro e já estou pesquisando roteiros e dicas para aproveitar o máximo a viagem!!!
    Bjs.
    Carol.

  22. Oi Tulio, nossa maravilha seu blog, irei com meu irmão e meu marido em fevereiro pra buenos aires, e estavamos totalmente sem norte e sem rumo…rsrsr…, mesmo porque iremos passar apenas 5 noite lá, e eu não queria perder tempo com passeios desnecessários…parabéns mesmo..obrigada….um super abraço.

      • Rrsrsrs…o que seriam de nossas viagens se não fossem essas furadas hemmm??? Não teríamos estórias engraçadas pra contar e nem dicas para os colegas que ainda irão viajar….pra tudo se tem uma ultilidade..rsrs…abraçoss..obrigada mais uma vez!

  23. Andreia

    Sou uma pessoa suspeita para falar de Buenos Aires, morei um tempo na cidade e ela é realmente apaixonante. O top 5 é de fato o que não se deve fazer na cidade! Tenho dicas que são validas:

    Ano novo- Caso não queira encontrar brasileiros não vá a Puerto Madero, mas é o melhor point para a virada. Faça uma reserva antecipada se quiser passar a virada do ano em algum restaurante! O Ásia de Cuba é um bom lugar, pois conta com uma decoração linda e um jantar maravilhoso e depois da ceia, vira uma balada com Hits portenhos.

    Tango – poucas pessoas conhecem o tango de verdade, os fanáticos por Tango Show que me desculpem, mas podemos chamar de tango, aquele que vemos em MILONGAS, aquelas casas de bairro, em que se pode dançar e depois assistir ao tango de verdade… Se paga menos de 1/4 do valor e é muito mais prazeroso.

    A cidade é extremamente quente no verão… 31 graus as 8 da manhã, então não deixe de ter uma garrafa de água por perto! Existem diversos cafés espalhados pela cidade, onde a água custa 16pesos então, sempre passe num supermercado Dia ou Disco da vida e compre sua garrafa. ( não se espantem com o gosto, a água é muito mais salgada! Os nativos bebem água da torneira… Eu mesma já fiz muito isso E nunca tive problema!)

    O passeio a colônia é sem graça… A cidade é pequena e não há muito o que fazer, mas é bem bonita e vale a pena se você está acompanhado e se deseja tranqüilidade.

    Poderia passar o dia escrevendo, mas como é Natal, vou aproveitar a ceia e na próxima semana estarei por lá e atualizo vocês com as novidades !

    Boas Festas!!!

  24. Tulio, o passeio que eu achei “perdível” foi o Temaiken. Todo mundo fala bem, mas eu diria que dá muito trabalho pra ir e não é tão sensacional assim. Só vale muito a pena se: 1. você é louco por zoos. 2. você está levando crianças. 3. você tem um amigo portenho que vai levá-lo de carro num dia de temperatura agradável. Se o visitante não se encaixa nessas três opções e não tem muitos dias em BAs eu não recomendo. Furada total com muito calor ou com frio.

    Quanto aos passeios que você lista eu acho que as três primeiras opções merecem uma visita no caso do marinheiro de primeira viagem na cidade.

    Quem vai ao Caminito pode aproveitar e conhecer também a Fundación Proa ou almoçar em algum restaurante do bairro que não seja para turista. Lógico que tem que tomar cuidado pra andar na região.

    A calle Florida, como você mesmo citou, tem algumas boas lojas e as Galerías Pacífico, além da magistral Galeria Guemes, belíssima por dentro e também um dos clássicos “miradores” da cidade, como o edifício Barolo ou o Comega.

    Estive em BAs quatro vezes e ao Tortoni entrei em duas. Não sei se tive sorte mas nunca peguei fila para entrar. Entrei mesmo só pra tomar um café, tirar fotos e bye. Concordo com você, Las Violetas é uma confeitaria linda! Mas é menos acessível que o Tortoni. Não faltam em Buenos Aires cafés charmosos. Modernos e antigos, há muitos locais dignos de serem conhecidos.

    Parabéns pelo blog!

  25. Moisés

    Bem, eu estou me organizando pra fazer a minha primeira viagem a Buenos Aires, mas pelo que vejo não vou ver nada por lá. Mesmo assim, quero conhecer para realizar um desejo de criança, quem sabe, vai que gosto, kkkk.
    Obrigado pelas informações!

  26. Regina

    Achei muito boas todas as informações, como vou pela primeira vez e vou com minha irmã, gostaria de lugares bons e bonitos. Obrigado pelas informações.

  27. Jorge Luiz Vaz Junior

    Olá, boa noite a todos. Voltei hoje de Buenos com minha namorada e já havia viajado antes pra Argentica, Bariloche, e havia adoooooraddooo, o povo, a comida a td, povo honesto e gente fina. Infelizmente sei que provavelmente que irá ler esta msg já estará com suas passagens compradas, então nem adianta muito ler, vá de uma vez que a viagem não está perdida.

    Bem, minha sincera opinião.

    Caminito: Furadissima, é difícil ir a Buenos e voltar sem uma foto de lá, mas quando vc for vai entender, povo mau educado, ficaram mexendo com minha namorada na minha frente, nos estorquiram com dançarinos de tango, sem contar que é um lugar bemmm feioo, o unico ponto mesmo é a esquina da loja havanna onde todos fotografam,

    Café Tortoni: Lugar muito bonito mesmo, vale a visita pelo local, mas o atendimento é aquele portenho grosseiro e a comida é normal, nd de mais.

    Calle Florida: Está td muito caro, aliás em toda Buenos Aires, só vale pra conhecer mesmo, principalmente a Galeria Florida que é linda, mas td caro.

    Siga la Vaca e Tigre ja nem optei por ir pois varios amigos ja haviam me alertado. Porém decidi ir a famosa Cabaña Las Lilas e digo o seguinte: CAROOO e RUIMMMMM, principalmente o atendimento frio e cínico. Unico ponto positivo é a verdadeira Bíblia que é a carta de vinhos e o lugar em si que é bem bonito, mas não iria novamente.

    Las Cabreras: Esse eu gostei bastante, principalmente o atendimento que foi bem a “La Brasileira”, lugar legal, comida boa e generosa, vale a visita.

    Bom, essa é minha opinião, que está por ir tire suas opiniões e ajude-nos e engroçar o couro contra este mal atendimento dos portenhos.

    Gostaria de salientar que adoooooro o povo argentino, principalmente do interior do país, Bariloche, Mendonza, Ushuaia, nunca tive qualquer contratempo, pelo contrario, são educadíssimos, mas os danados dos portenhos são muito arrogantes, sem duvidas.

  28. Aline de Castro

    Passei um mês em Buenos Aires fazendo um curso de Espanhol no Curso Expanish, em janeiro de 2011 e desses cinco pontos turísticos perdíveis, relato aqui a minha opinião em ordem, do pior para o melhor:

    1 – Calle Florida – Pelo Amor de Deus! Qual é a graça de caminhar por uma rua, onde o comércio não é tão bom e tá todo mundo querendo lhe passar a perna? Odiei! Em um mês, só passei por lá uma vez. Não sou muito de passeio de compras em viagem, mas até pra quem gosta de fazer compras, não recomendo. A visita só valeu pela Galeria Pacífico, que tem uma estrutura arquitetônica belíssima e pela loja de departamento Falabela. E só. Não passaria por lá de novo de jeito nenhum! Tem muita coisa mais legal em Buenos Aires pra se perder tempo com a Florida.

    2 – Tigre: Não vi graça nenhuma.Sinceramente.Tédio total! Não sei se é porque sou baiana de Salvador e essa coisa de passeio de barco por aqui é uma coisa tão banal e corriqueira…e com paisagens tão mais interessantes… Gostei mais de San Isidro (cidadezinha na rota do Tigre).

    3 – Caminito: Nem achei tão ruim assim…rsrsrrs…me lembrou meu bom e velho Pelourinho em fases melhores. Fui só uma vez também, mas não iria de novo, realmente. É um local exclusivamente turístico, já que hoje, os moradores do bairro de La Boca ( bairro de imigrantes muito pobres) sobrevivem, na sua maioria, exclusivamente do turismo do Caminito.
    Só que por trás daquelas casinhas coloridas tem uma historinha interessante: O Caminito reproduz as casas que existiam no início do bairro de La Boca. Eram casas como cortiços e muito coloridas, porque os moradores usavam os restos das tintas que sobravam nas embarcações, por isso, muitas vezes cada parede tinha uma cor. Cores sempre muito vivas. É quase uma maquete do passado (tipo Projac…rsrsrs). Ah….se é sua primeira em Buenos Aires eu não deixaria de ir não!

    4 – Siga La Vaca – Não fui e nunca irei. Não é meu estilo de restaurante. Pelo que dizem não representa Buenos Aires em nada. Até porque a gente que é brasileiro sabe o que é comer em uma boa churrascaria rodízio. Não posso julgar, já que não fui, mas não tenho interesse.

    5 – Café Tortoni – Fui, amei, e voltaria! Como passei um mês em Buenos Aires e estava em um AP no Centro esperei o dia que eu iria passar na frente do Tortoni e não iria encontrar fila alguma na porta…e esse dia apareceu rapidinho! Que lugar lindo, cheio de história, cheio de arte! Claro que li sobre o lugar antes de ir.
    O Tortoni foi inaugurado em 1858. Seu porão era um ponto de encontro muito popular do La Peña, um grupo de escritores e artistas, liderado pelo pintor Benedito Quinquela Martín. Vários outros jovens e boêmios artistas poderiam ser encontrados no Café Tortoni, como Luis Borges, Roberto Arlt, Alfonsina Storni, e também visitantes, como García Lorca. Eu como uma boa amante das artes não tenho como não gostar desse lugar. É um pouco mais caro que os outros cafés de BA, mas tem muitos outros valores agregados ao local.
    Fui em outra oportunidade em um show de Tango por lá, onde o valor é muito mais honesto que os outros (só fui no Tortoni, não fui nos outros) e vale à pena demais. O show é meio teatro, tem um ar de comédia…conversei com os músicos depois do espetáculo. Fiquei fascinada!

    Vixe! Falei demais, mas essas foram minhas reais impressões. Não vejo a hora de poder voltar um dia a Buenos Aires. Criei uma ligação muito forte com a cidade e esse blog foi um pouco responsável por isso na época.

    Abração, Túlio!

  29. Vera Lucia

    Irei a Buenos Aires pela primeira vez dia 25-08.2013 gostei muito dos comentário e já estou fazendo o meu roteiro.

  30. Larissa

    Eu concordo e discordo. rs. Acho que o lance é sempre achar alguma coisa boa, mesmo nas furadas. Viagem é pra isso, né?
    Quando fui ao Caminito achei um ó, mas lá na esquina tem uma galeria de arte com exposições super legais. Uma delas, temporária, era composta por artistas pop argentinos, e algumas coisas de outros lugares da América Latina, que foi sensacional. O Tigre foi o mesmo, que valeu muito pelo parque de diversões que existe na cidade, com atrações como bungee jump e montanha russa, todo tipo de brinquedo (pra quem é do Rio e está carente de parque) e o jantar baratérrimo no Cassino, que busca embebedar a gente pra gastar tudo lá nos jogos depois. Vinho mais barato que eu tomei em toda a viagem (brincadeira, mas era bem barato mesmo). =p

  31. Larissa

    E a Galeria Pacífico tem o Centro Cultural Borges, que sempre tem coisa bonita rolando, e barata. Assisti a uma companhia de dança que contava a história do Tango… muito bom. Exposições de artes plásticas, fotos, já fui a Bs As algumas vezes, e toda vez tem coisa boa lá.

  32. Romulo Spada

    Não gostar do Caminito tem que ter muita má vontade é não querer entender uma das facetas históricas da cidade e do tango.

    • Túlio Bragança
      Author

      Rômulo, o problema está na exploração turística do lugar que é tanta que impede que as pessoas possam admirar tudo isso em paz.

  33. Camila

    Oi. Estou indo a primeira vez para a Argentina – Buenos Aires. Em Janeiro. Fico 4 dias. Quais lugares nao posso deixar de conhecer? Juro que já tinha colocado o passei pelo rio Tigre na minha lista. Mas ja percebei que é furada! kkkk Obrigada pela ajuda!

  34. Tetê Chaves

    Adorei o post! Fui a BsAs pela primeira vez ano passado e tive a oportunidade de ficar 15 dias com pessoas que já conheciam a cidade e mesmo indo nos pontos turísticos famosinhos, fizemos questão de viver a cidade e não “turistar”. Conversando com várias pessoas que já foram sinto que elas não viram a mesma cidade que eu vi, porque se ativeram ao que é massivamente divulgado e é caro e sem graça. Tenho a impressão de que em qualquer lugar, os pontos visitados pelos turistas não tem nada a ver com a cidade e cultura local de verdade e acho que a gente tem que descobrir as atrações verdadeiramente locais, atrever-se a experimentar um pouco mais as cidades e não o guia turístico.

    Eu me apaixonei pela cidade. Mas MUITO mesmo. E agora que estou voltando, exatamente um ano depois, foi que descobri esse site. Adorei e já tenho várias dicas novas que vou misturar com as dicas dos amigos que irei visitar!

    Para quem terá a chance de passar uma segunda-feira por lá recomendo o La Biblioteca Café (https://www.facebook.com/pages/La-Biblioteca-Caf%C3%A9/117406778287714). É um lugar antiguinho sem nenhum luxo, mas é mágico. Os frequentadores das segundas são jovens ouvindo e tocando Jazz. A música é toda decidida na hora entre os músicos, que algumas vezes nem se conhecem e tocam juntos. Além de tudo é barato tomar una cerveza o un vino. É incrível!

  35. Muito bom esse post.. só acho que agora falta um com sugestões dos lugares que realmente valem a pena ir..
    Sugestões como:
    1)Show de Tango (Bom e barato – já que percebi que a maioria abusam no valor);
    2) Balada (como é a noite dos portenos?),
    3)Pontos turísticos que realmente valem a pena…..

    • Túlio Bragança
      Author

      Imagina Flávia. Muitos pontos desses valem a pena sim, mas só queríamos ser realistas com os turistas. Abs!

  36. Roney

    Vou ficar de quinta a domingos Túlio, o tempo vai ser meio corrido, o que você me indica para visitar prioritariamente?..lugares que valem muito a pena e comidas também.
    Desde de já muito obrigado pela atenção.

    • Túlio Bragança
      Author

      Roney, a ideia do blog é que cada um faca o seu itinerário dependendo do que gosta. De uma pesquisada nos posts e veja o que tem mais a ver com vc! O Básico é casa rosada, feirinha de san telmo, cemitério da recoleta, mas tem muita coisa alem disso. Abracao!

  37. Roberto Tumminelli

    Gostei do post!

    Caminito é interessante, mas não voltaria.

    Eu e minha esposa achamos uma roubada o Palacio da Papa Frita. Confesso que não achamos nada demais. Fomos porque é um lugar que todos falam. Mas não recomendo.

    Outra roubada é o navio cassino em Porto Madero. Que perda de tempo a nossa.

    Quanto ao Tortoni é bacana, bonito, mas o atendimento deixa a desejar. Vamos no Las Violetas em breve.

    Abs

  38. Baran

    Mostrei esse post para minha esposa e ela perguntou se eu é que tinha escrito!

    Caminito: concordo. Para mim, é o “tourist trap” por excelência de BsAs.
    Siga la Vaca: concordo.
    Calle Florida: concordo.
    Café Tortoni: fui uma vez, gostei, mas não voltaria.
    Tigre: fui uma vez, gostei, mas não voltaria.

    E acrescento:

    Palacio de las Papas Fritas: fiquei com aquela sensação de “por que foi mesmo que eu vim almoçar aqui?”
    Feira de San Telmo: fiquei com aquela sensação de “o que foi mesmo que eu vim fazer aqui?”

  39. Marcia Victoria P. Muller

    Gostei muito da matéria, estou indo pela primeira vez em dezembro passar o Ano Novo, vou ficar no Ribera Sur Hotel, mas me disseram que a área não é muito legal,fica em San Telmo, na Av. Paseo Colon, vc poderia me informar? Gostei do que li sobre o bairro, sou meio boêmia e as várias opções me atraíram muito, se tiver dicas gostaria muito de recebê-las.

    • Túlio Bragança
      Author

      Márcia, o hotel em questão é ótimo! Só recomendo cuidado de noite. Nada demais, só um pouquinho de atenção como qualquer pessoa teria em alguma cidade grande brasileira.

  40. Kelly

    Estou com passagens compradas pra BsAs e já estou me arrependendo. Fui há muito tempo, quando não havia essas crises todas, e agora, depois de muitos anos, retornarei à uma cidade que eu sinto que nunca fui. Ao pesquisar pontos turísticos, todos os sites indicam justamente esses pontos que aqui foram ditos que não são bons. Eu lembro da minha versão criança andando pelo Caminito e tentando achar a graça naquilo. Pensei que talvez fosse muito imatura pra entender, e que agora voltaria e poderia finalmente apreciar algumas atrações que outrora considerei “sem graça” em BsAs, quando me deparo com esse post e vejo que talvez tenha piorado.
    A minha pergunta é: tem algo de bom mesmo pra se fazer em BsAs? Ou é mais um daqueles destinos que você vai pra ficar se exibindo pros outros como se fosse grandes coisa? Espero estar enganada, mas antes mesmo de embarcar, já vou com uma sensação de dinheiro jogado fora.

    • Túlio Bragança
      Author

      Kelly, vc está muito pessimista e exagerada sinceramente. Espero que mude de ideia qdo chegar aqui! abraco

  41. Daniela

    Vou com meu marido a Buenos Aires dia 11/08 e ficarei ate dia 16/08/14. Nunca fomos e fiquei atenta as suas dicas. Ficarei no hotel Sales,próximo ao Obelisco. Se puder me dar maiores informaçoes de lugares p conhecer eu agradeço,pois to indo meio que no escuro, mas espero que de tudo certo. Obrigada, Daniela

  42. Ianna

    Fui e fiquei 12 dias. Não concordei com todos não. Concordo com o Siga la Vaca e o Tigre. No Caminito passeio horas a fio me divertindo com os “dançarinos de Tango” pegando turistas pra tirar foto e cobrando de 20 a 30 pesos por foto!! Adorei. Ri horrores e ainda comprei umas boas lembrancinhas. Lugar colorido, animado. Quanto ao Café Tortoni, fui com tão pouca expectativa que me surpreendi e achei bastante agradável e bonito. E a Rua Florida, bom, passei nela todos os dias. Achei dois bons restaurantes e nas ruas transversais encontrei bons preços de couro e malhas, além da melhor cotação pro real.

    Já fui pra BUE bem consciente do que encontraria. Havia feito uma lista com todas as atrações e escolhi a dedo as que mais me interessaram ;)

  43. Luiz Carlos

    Gostei muito dos comentários mas quero saber hoje , é vantagem fazer compras em Buenos Aires?
    Estamos indo, eu e minha esposa , próximo dia 28, será uma época boa?

  44. Carla Carolina

    Olá, Túlio!

    Embarco para Buenos Aires no início de agosto. Não foi bem uma viagem planejada. Na verdade, nem estava contando de viajar por agora…
    Pesquisando sobre o lado “B” do turismo em Buenos Aires, me deparei com esse site e fiquei curiosa em visitar alguns dos locais citados pra ver se é isso mesmo!

    Li todos os comentários e volto aqui depois pra comentar de novo sobre o tema!!!

  45. leh

    Alguem ja foi de buenos aires para o zoo lujan?como e a ida ate la e boa mesmo?falaram de muitos pontos turisticos mas a noite alguem pode dizer onde pode-se encontrar um bom lugar pra sentar e curtir?

  46. Clea Vieira

    Tuliioo ayudame jajaja
    em novembro vou a BA, a França dos pobres. eu adoro a influencia francesa e busquei o Hotel Chile na Av Julio. Serao 5 dias e quero ir ao zoo q andamos dentro da jaula. mas nao faço d ideia do q fazer nos meus outros dias. posso contar com vc? Obg. bjin
    @cleaxuxu (instagram)
    /cleamariabranca (face)

  47. Ana Elizabeth

    Bom dia, beleza de post
    Estou indo passar de segunda a sexta, onde me indicaria ir para passear e comprar?
    Sou fotografa e levarei um casal para fazer fotos, que lugares me indicaria?
    Obrigado

  48. Jonatas Moraes

    Pior que tive a ideia maluca de almoçar numa biboca no Caminito chamada La Vieja Rotiseria. Tinha um showzinho de tango que diziam não cobrar, preço parecia bom. Mas no final, tinha um calculo maluco pra fechar a conta com um item chamado TIP que encareceu tudo, ainda o cara que estava cantando os tangos quase nos obrigou a comprar seu CD. Kkkkk Horrivel! Nunca mais volto lá.

  49. Pingback: Vale a pena visitar o Caminito, em Buenos Aires? - 360meridianos

  50. Sandra Paiva

    Tílio que pena que não li seu blog antes de entrar numa furada.Estive em Buenos Aires durante 4 dias 19 a 24/10/2014 e me arrependi amargamente não volto nunca mais.Fiz os passeios turísticos todos péssimos principalmente o de Tigre, fui no trem de passageiros locais e voltei no De la Costa e ambos eram velhos feios e sujos.Viagem longa e desconfortável, quando chegamos lá não havia nada para ver além de um rio marron de tanta poluição e o parque estava fechado. Foi chegar caminhar por cinco minutos e ir para a estação esperar o próximo trem, que aliás é super lento, para voltar.Perdemos uma tarde.Nos venderam gato por lebre.Estivemos nos principais shoppings e na rua Florida, mas não compramos nada além de pequenas lembrancinhas pois tudo era caríssimo e o atendimento péssimo.A comida também deixou muito a desejar é cara e muito ruím.Acho que é por causa da crise economica que as pessoas estão todas nervosas,tristes, não vi ninguém sorrindo, e até mal educadas.Agora em casa e inconformada fui pesquisar para ver o que as pessoas diziam sobre Buenos Aires ou se era loucura minha não haver gostado.

    • Túlio Bragança
      Author

      Sandra, que pena sua experiência, mas a grande maioria dos turistas volta com outra impressão da cidade. O Rio Marrom não é de poluição, a graça do passeio é pegar um barco e ver todas as ilhas da região. Infelizmente pra aproveitar bem a gente precisa planejar e pesquisar bem.

  51. Fernando

    Eu, por outro lado, estive em Tigre há cerca de 2 meses e achei sensacional.

    Entendo que durante a semana pode ser péssimo por realmente não ter muito o que fazer.

    Porém, num dia de sol e sendo final de semana, vale o investimento físico (já que o monetário é bem barato) de pegar 1h de trem para almoçar às margens do lago, tomar um sorvete no Via Toscana e descansar tomando uma cerveja em um dos vários restaurantes.

    O único desânimo é a volta.

    Como os trens não saem tão rapidamente, acaba se formando uma fila e, fatalmente, você terá que percorrer 1 hora de volta em pé (o que é bem razoável pra mochileiros ou pra moradores de São Paulo).

    Se quiser investir mais, vale a pena dar uma olhada em um barco que sai de Tigre rumo a BsAs (não me recordo o preço)

    De novo, é um gosto pessoal. Apenas quis dar um contraponto à opinião aqui.

    Abs

Curtiu? Comente aí!