Alfajor argentino: marcas que você precisa conhecer

Além do vinho e do dulce de leche, muitos turistas buscam pelo alfajor argentino para experimentar, levar de presente para os amigos ou mesmo criar um estoque para ir comendo aos pouquinhos quando chegar no Brasil. Mas uma pergunta que você vai se fazer é “qual marca comprar?”.

Existe uma infinidade de marcas de alfajor argentino, você pode ficar bem perdido quando se deparar com tantas opções no supermercado ou em algum dos muitos kioskos espalhados por Buenos Aires. Por isso nesse post vamos falar algumas marcas que você precisa conhecer.

Alfajor argentino: marcas que você precisa conhecer

Antes de qualquer coisa precisamos acabar com o mito criado ao redor da marca Havanna. Sejamos bem sinceros, o alfajor deles é bom? Sim, muito bom. É o melhor? Hum…. Isso é bem pessoal, mas nós aqui do blog conhecemos muitas marcas tão boas quanto ou até melhores. Então, não entre na onda criada pelo ótimo marketing que a Havanna tem, o produto é realmente bom, mas saiba que você encontra outras opções com a mesma qualidade e com um preço melhor.

Cachafaz
Apenas a melhor marca de alfajor que você vai encontrar na vida, pode acreditar. Experimente o Cachafaz mousse, esse sabor é o melhor de todos. Se você gosta de algo mais tradicional, eles têm outros sabores como maisena, doce de leite. Saiba que os donos da marca são os donos originais do tão aclamado Havanna, a qualidade corre nas veias dessas pessoas! Essa marca é um pouco mais cara que os tradicionais, mas cada centavo vale a pena! Veja o post El Cachafaz Mousse.

Alfajor argentino

Havanna
O mais famoso e mais procurado. É muito bom, mas preferimos o Cachafaz mesmo. Vale a pena tomar um café e comer um alfajor em um dos cafés Havannas para ter essa experiência e poder causar inveja com as fotos, rsrs! Aproveite e experimente o havannet, é tipo uma teta de nega, mas recheada com doce de leite Havanna, simplesmente sensacional!

Alfajor argentino

 

Abuela Goye
Quase tão bom quanto um Cachafaz, a marca Abuela Goye é também super saborosa. Eles são originalmente da Patagônia, mas estão presente em vários pontos de Buenos Aires, com casas de cafés super charmosas e com vários chocolates, alfajores, tortas, bombons, sorvetes, etc. Você vai sair de lá babando!

Alfajor argentino

Milka
Bem popular e espalhado nos diversos kioskos, o alfajor Milka tem uma infinidade de sabores, tem até a versão com Oreo! Desde o tradicional até uns mais modernos. O meu preferido é Xtreme Choco, com muito mais recheio de chocolate do que o normal! A versão mousse deles também é de lamber os beiços.

Alfajor argentino

Negro
Já comi muito dessa marca, é gostosa mesmo. Ele vem com amêndoas trituradas por cima, o que dá um gostinho mais diferente. O preço dele é super convidativo e você vai dar de cara com ele várias vezes em suas andanças por Buenos Aires.

Jorgito
Entre os alfajores mais baratos esse é o melhor, de verdade! Ele é do povo, tem ótima qualidade e é super fácil de encontrar. Ele não é embalado individualmente como os demais, sua embalagem tem várias unidades e você vai querer acabar com todos eles rapidamente, você vai ver!

comida em buenos aires

Capitan del Espacio
Essa marca é mais difícil de achar, então caso encontre agradeça a Deus e agarre essa oportunidade! Ao redor dele existe o mito de ser o “alfajor perfeito”. Sua receita foi criada em 1962 e permanece como um mistério. Eles afirmam que o chocolate e o doce de leite são de melhor qualidade, sendo que o segredo está na mão de obra. Como é uma empresa familiar, eles produzem bem pouco, então sinta-se privilegiado se encontrar um para vender em Buenos Aires.

Veja aqui no Jornal La Nación a opinião de um sommelier de alfajor!

E você, tem algum alfajor preferido? Coloque nos comentários a marca que mais gosta!

Veja outros posts sobre comidas:

Comida em Buenos Aires: 15 delícias que você precisa provar

Arcor Center, o paraíso dos doces no microcentro

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

5 comentários

  1. Cleide Ribeiro

    Morei em Buenos Aires há muito tempo atrás, quando era bem jovem. Hoje a minha filha mora lá. Conheço a maioria deles mas o alfajor ” Jorgito” mora no meu coração. Principalmente o de ” membrillo”. ❤

Curtiu? Comente aí!