Buenos Portenhos: Nadja Bium

Nadja Bium é a jornalista paulistana-osasquence que dá as dicas dessa semana na seção Buenos Portenhos. Palmeirense como eu, trabalhamos juntos por algum tempo na Vostu, onde ela era responsável por criar enredos e histórias para os jogos sociais.

Manda ver, Nadja!

“Ando meio brigada com Buenos Aires, estamos meio de mal.
Mas como essa cidade me deu um presente incrível, um amor pra vida toda, eu não posso deixar ela na mão… Baires tem lugares incríveis e estes são alguns dos que me fazem querer ficar de bem dela:

1. Rincón Familiar Andaluz


Ao contrário de vários amigos brasileiros, quando fui procurar um pouquinho das minhas raízes, o meu cantinho aqui nessa cidade, não fui atrás de boteco e sambinha (adoro, hein!), fui atrás de mucha flamencura e uma galera pra gritar olé comigo. Foi aí que cheguei no Rincón Familiar Andaluz, uma instituição que foi criada em 1938 para reunir os andaluzes residentes na capital argentina que se posicionavam contra o General Franco, já que o Hogar Andaluz, criado dois anos antes, mantinha uma postura “neutra” demais em relação à Guerra Civil Espanhola. Além de ficar num prédio super andaluz, o Rincón tem festas de arromba e sempre organiza eventos com entrada permitida também para não-sócios. A Feira de Abril é O EVENTO do Rincón e fecha a rua e tudo, mas durante o ano você pode curtir muito flamenco, paella gigante, churros com chocolate e jerez. O lugar é um clube familiar, como bem diz o nome, se você estiver procurando cena-show de flamenco, melhor deixar pra próxima viagem à Sevilha…

Endereço: Carlos Calvo, 3745
Site: http://www.rincon-andaluz.org.ar

2. El Horno del Medio Oriente


Um dia tentando fazer um doce, precisava de água de flor de laranjeira, um ingrediente não muito fácil de achar. Vasculhando na internet, encontrei essa padaria dos sonhos e que ficava do ladinho da minha casa da época! Mais uma vez, minhas heranças familiares me levaram a um lugar incrível. É tudo de babar, comida árabe da melhor qualidade (os donos são de família sirio-libanesa) e o armazém também é um luxo. Eles têm poucas mesinhas pra comer lá mesmo e nos fins de semana rola muvuca de gente na hora do almoço. Se tiver que esperar, dá um pulinho do lado da padaria e visita a mesquita Al-Ahmad, super linda. E se morar por aqui, indico os cursos de culinária ministrados lá mesmo, valem muito a pena! Mesmo não sendo muçulmana, sinto saudade de morar em Pq. Patricios e de escutar o muecín convocando a galera para as orações diárias…

Endereço: Av. Juan de Garay, 2501 (esquina com a Alberti)
Site: http://www.elhornodemediooriente.com/
Endereço Mesquita: Alberti, 1541

3. Mercado de San Telmo

Mercado San Telmo
Depois de três anos em Pq. Patricios, um bairro na zona sul da cidade que é super tranquilo e zero turístico, me mudei pra San Telmo. Bem no casco histórico mesmo, duas quadras da Plaza Dorrego. É invasão de turista no fim semana e meia-invasão nos outros dias. Mas se tem um lugar turístico que eu amo é o Mercado de San Telmo! Sempre faço minha compras lá, encontrei fornecedores de azeite e mel orgânicos, todas as frutas brasileiras delicinha e até um dono de barraquinha que traz mandioquinha do mercado central, só pra mim, porque ninguém mais compra, hahahaha. Lá dentro também tem uma feira de antiguidades, floricultura, sapateiro, chaveiro, de tudo. É um cenário excelente para fotos e ponto turístico clássico do bairro.

Endereço: Defensa 963, Bolívar 954/970/998 e Estados Unidos 460/470 (o mercado tem várias entradas)
Site: http://www.mercadodesantelmo.com/

4. El Gato Negro

El Gato Negro - Café
Amo esse lugar! AMO! Vocês já devem ter percebido pelas minhas dicas anteriores que eu gosto de comer, né? Mas eu também gosto de beber… de beber chá! Depois de 26 anos de vida marota comendo tranquila, descobri que sou celíaca, não posso comer glúten. Essa notícia me fez ainda mais fã de armazéns, casas de produtos naturais, feiras orgânicas e afins. O Gato Negro é um bistrô incrível fundado em 1927 e um império das especiarias nesta cidade. Troco o Tortoni pelo Gato Negro fácil! A especialidade deles são os chás, indico o de Frutas Rojas e o de Rosa Mosqueta com Hibisco. As latinhas com o gatinho desenhado  e um bom chá perfumado podem ser um presente bem legal. E tudo isso em plena Calle Corrientes, no meio do caminho pro hotel, pro Colón, pro Obelisco, ou seja, tem que ir!

Endereço: Corrientes, 1669
Site: http://www.elgatonegronet.com.ar/

Demais os lugares indicados pela Nadja! Valeu!

Para ver todos os outros personagens da seção Buenos Porteños, clique aqui.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

4 comentários

  1. Pingback: Top 5 Aires Buenos: O posts mais acessados de outubro de 2012 | Aires Buenos

  2. Pingback: Avenida Corrientes: 10 restaurantes que você precisa conhecer | Aires Buenos

Curtiu? Comente aí!