Casal em mochilão por Buenos Aires – Dica do leitor

Hoje quem conta sobre sua viagem na dica do leitor é a Ana Cristina, que veio para Buenos Aires com o marido e, como já é de costume, amou a cidade! O casal fez uma viagem estilo mochilão e fez questão de andar mais à pé para conhecer a cidade nos mínimos detalhes. Assim, eles economizaram bastante com transporte, principalmente porque optaram pelo transporte público quando o passeio era mais longe.

Para ver roteiros de viagem prontos, sugerimos o nosso Guia Básico de Buenos Aires – O que fazer em 4 dias, com todos os passeios já determinados, ótimo para quem não tem tempo de ficar pesquisando sobre os pontos turísticos. Mas se você quiser algo menos tradicional, temos também o Guia Lado B dos pontos turísticos em Buenos Aires, com os pontos turísticos menos conhecidos da cidade.

Casal em mochilão por Buenos Aires – Dica do leitor

dica_do_leitor_3

Essa foi uma viagem de 8 dias lindos e ensolarados em Buenos Aires feita por dois mochileiros sem mochilas!

Interessante começar dizendo mochileiros sem mochilas porque, fomos eu e meu marido dispostos a realmente sentir a cidade rua a rua, tijolinho por tijolinho! Fizemos um tour regado por muita história, paixão porteña, tango, cumbia, carnes e muitas, muitas papas!

Como resumir esses dias em palavras? Pra começar, antes de chegar ao aeroporto internacional Ezeiza, a cidade vista de dentro do avião é maravilhosa, incrível como a cidade é bem organizada, seus quarteirões bem quadrados, logo de cara percebi que seria fácil andar pela cidade!

Pegamos um táxi que já estava agendado. Custou 400 pesos que paguei em dólar, sendo 47 dólares. Chegamos ao hotel, bem legalzinho, e a localização era simplesmente fantástica, ficamos ao lado de muita coisa, Casa Rosada, Puerto Madero, Calle Florida e vários restaurantes superlegais e que valem muito a pena, pelo atendimento, local e preço! Ouso até recomendar o La Posada de 1820, que fica na Calle Tucuman, 501.

dica_do_leitor_2

Logo de cara, compramos um cartão subte e andamos com transporte público por todos os pontos que queríamos. Adorei, tem muitas linhas, todas muito simples e supereficientes. Perdidos? Não ficamos dia nenhum, até porque, graças às dicas e informações deste blog (que não canso de dizer foi realmente muito prático e fiel ao que Buenos Aires tem de bom) fomos e fizemos de tudo sem problema algum com nada, nem grana, nem passeios furada, nem perigos! Tínhamos também mapa e um livreto explicando tudo tim-tim por tim-tim, e muita vontade. Então, andar à pé pela cidade é uma ótima pedida pra quem quer conhecer de verdade a vida e a cidade porteña.

Nos três primeiros dias escolhemos ir a pé e seguir um roteiro de museus e marcos mais próximos de onde estávamos, fomos à Plaza de Mayo e todo seu entorno, depois fomos a Palermo, onde conhecemos o Jardim Botânico, o zoológico, o Jardim Japonês e o Planetário.

dica_do_leitor_5

No quarto dia, fomos ao bairro La Boca e conhecemos tudo por lá, desde suas ruas charmosas e coloridas ao estádio do Boca Juniors.

dica_do_leitor_6

Quinto dia, fomos conhecer a rua e a casa onde viveu o grande Carlos Gardel, aliás, experiência maravilhosa. Em seguida, ainda no clima, fomos ao Cemitério da Chacarita, onde Gardel e tantas outras personalidades argentinas estão enterradas. E que lugar lindo! Quem diz que cemitério é lugar de gente morta, não faz ideia da variedade artística e de época que existe neles! Fomos também ao mercado de las pulgas, vale muitíssimos a pena conhecer, e logo na esquina de frente, tomamos um delicioso helado na Occo.

dica_do_leitor_4

Sexto dia, fomos ao estádio Monumental de Nuñes, e fizemos um passeio bem proveitoso pelo bairro. Voltamos ao hotel e fomos até Puerto Madero, com direito à entrada em veleiros museus e comida gostosa!

dica_do_leitor_7

No último dia fizemos um passeio mara pelo delta do rio La Plata. Tivemos um excelente atendimento e praticidade, com uma guia muito simpática chamada Laura e uma turma de americanos, gente finíssima! E curtimos muito o tour por San Isidro e Tigre!

A parte financeira foi superprática, não estávamos com pretensão de ir para compras, então levamos 1.700 reais e 170 dólares. O que sinceramente, para oito dias o casal, deu perfeitamente para passar comendo bem e bebendo cerveja Patagônia. Claro que com juízo e pesquisa, sem se deixar levar pelos regalos. Apesar que compramos presentinhos para familiares na Feira de San Telmo, que é simplesmente sensacional, e comprei umas coisinhas pra mim também! Ou seja, o dinheiro foi bem satisfatório.

Voltamos com gostinho de quero mais e ano que vem vamos levar nossa pequena, então com 10 anos, pra começar seu conhecimento de exterior na querida e já amada Buenos Aires.

Ao Túlio Bragança e ao Aires Buenos um grande agradecimento!

dica_do_leitor_8

Sua viagem parece mesmo ter sido uma delícia Ana Cristina! E que bom que o blog te ajudou a não ficar perdida! Rsrs! E mesmo se ficasse, os portenhos normalmente são solícitos e ajudam os turistas perdidos pela cidade. E você ainda experimentou o sorvete da Occo, realmente muito bom, não é mesmo?

Se você quer ver mais relatos como esse, visite a categoria DICA DO LEITOR.

Já veio para Buenos Aires e quer nos contar sua experiência? Escreva para airesbuenosblog@gmail.com e mande junto algumas fotos, em breve você aparecerá por aqui!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

3 comentários

  1. Edinalva Magalhaes

    Que belos dias vcs passaram em Buenos Aires! Também gostei muito do passeio no Rio La Plata e do Mercado de Pulgas, aliás, a gente sempre vem embora já com vontade de voltar, ô cidade incrível!! Abraços

  2. Alexandre

    Nossa por 8 dias fazendo isso tudo em dupla vocês só gastaram R$1700,00???
    Como??
    Adorei saber..
    Parabéns e Abraços

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *