Copa América é isso aí

Poderia reclamar que o jogo do Brasil na Copa América foi horrível. Poderia reclamar que senti um dos piores frios da minha vida em La Plata. Ou também poderia reclamar de pagar 15 pesos num cachorro-quente, mas não.

Escolho reclamar da total falta de organização dessa Copa América.

O principal erro foi deixar para buscar meu ingresso, comprado pela internet há mais de um mês, no dia do jogo. A Ticketek, empresa que vendeu o ingresso e a principal vendedora de ingressos para shows da Argentina, disse que eu podia buscar o ingresso no Estádio dos Estudiantes de La Plata.

O que eles não diziam é que seriam apenas 2 janelinhas dessas de estádio para milhares de pessoas. Não disseram que não haveria nenhum tipo de fila organizada. E o PIOR, não disseram que eles são uma empresa saudosista e retrô. Não existia nenhum computador nos guichês. Você mostrava seu documento e cartão de crédito para a pessoa e ela ia buscar o ingresso num mar de caixas de ingressos impressos. Sim, tem coisa mais burra na face da terra? A pessoa que atendia tinha que procurar entre todos os ingressos o seu. Ou seja, óbvio que ia demorar.

Essa é uma foto da fila, se é que isso é fila, que estava para buscar o ingresso. Demorei 3 horas para conseguir o ingresso. Dizem que em Buenos Aires, um dia antes, demoraram sete horas na fila para fazer a mesma coisa.

Isso, amigos, é a Argentina organizando uma Copa América.

Opa, mas peraí que falta um detalhe. Mesmo sabendo da tremenda movimentação que aconteceria em La Plata devido ao jogo, não foi colocado um ônibus extra sequer. O resultado foram brasileiros, venezuelanos e até mesmo argentinos, tendo que esperar mais duas horas ou duas horas e meia para pegar um busão.

Taí Brasil, que pelo menos isso sirva de mau exemplo e não se repita na Copa.

Depois de da fila ainda consegui chegar a tempo de ver o segundo tempo e um joguinho de bosta. Mas o Estadio Ciudad de La Plata, que já tinha conhecido num jogo do Santos em 2007, é lindíssimo. Um espetáculo!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

4 comentários

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *