tour noturno buenas noches

A difícil arte de deixar Buenos Aires

Muitos leitores já perceberam, mas talvez alguns ainda não. O fato é que nos mudamos de Buenos Aires de volta para o Brasil.

Depois de mais de uma década morando na capital argentina já era hora de voltar pro nosso lugar, nossa terrinha. Muita gente já comentou com a gente “Mas voltar pro Brasil agora?”. Sempre bom lembrar do gênio Tom Jobim que dizia faz tempo “Viver exterior é bom, mas é uma merda. Viver no Brasil é uma merda, mas é bom”.

Buenos Aires é linda e sempre voltaremos para visitar. A Argentina é um país belíssimo e incrivelmente diverso que ainda queremos explorar um monte. Somos eternamente gratos a esse lugar. Além de tudo foi ele que nos uniu!

Paula e suas andanças por Mendoza

Porém fazia tempo queríamos algo mais. Sentíamos um tipo de estagnação depois de tanto tempo fora. Os anos passavam e nunca nos sentimos realmente que a portenholândia era o nosso lugar, que aquela era a nossa cultura, nossa maneira de pensar e lidar com a vida. A sensação de ser algo provisório sempre foi permanente. Era um desafio fazer ou planejar algo a longo prazo nas terras argentinas. Ser estrangeiro é ótimo, até o momento que cansa não importa onde você estiver.

Foi de longe a experiência que mais nos ensinou em toda nossa vida. Depois de Buenos Aires somos pessoas melhores, mais abertas, mais compreensivas e mais tolerantes. BUE pode ter vários defeitos, mas é um lugar cosmopolita como poucos. Convive-se com todo tipo de gente, de vários lugares, culturas e costumes.

aires buenos tour

Um dos primeiros tours que fizemos em 2015

Aprendemos a valorizar mais as experiências do que as coisas materiais, a levar a vida de uma maneira mais calma, a tomar Amargo Obrero, a saber apreciar um bom vinho, a fazer um blog, a ser guia de turismo, empreendedor, empresário. Buenos Aires nos deu o Aires Buenos e com eles a oportunidade de ajudar milhares de turistas e conhecer outros milhares nos nossos passeios. É muito doido pensar que conhecemos Buenos Aires muito mais profundamente que qualquer outra cidade brasileira em que moramos.

Foi com um aperto no corazón que nos mudamos para São Paulo morrendo de saudade de Buenos Aires e nossa vida bucólica na Chacarita. Novos desafios, nova cidade e aquela sensação super familiar de estar onde você deveria estar, por mais perrengues e desafios que isso possa trazer.

chacarita

Chacarita, melhor bairro pra viver

Voltaremos inúmeras vezes para continuar dando conta do blog e matar a saudade dos amigos e da cidade. O blog e os tours continuam normalmente com a colaboração de nossa Equipe! Hasta siempre, Buenos Aires!

Nossa Equipe linda de guias!

 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

8 comentários

  1. Luciana Tavares

    Tulio, quando terminei de ler senti um aperto no peito… Parecia ser comigo a mudança! Tive a oportunidade de conhecer Buenos Aires faz 2 anos e muitas dicas valiosas obtive através do blog. Também conheci um pedaço do Lado B da cidade através de vocês. Bom, se bateu a estagnação, é pq a mente pede mudança. O importante é ter coragem de fazer quando é necessário. Só posso desejar-lhes sucesso nesta “volta pra casa” e agradecer! Tudo de bom! 🙂

  2. Edinalva

    Nossa Tulio, imagino como foi difícil pra vcs esta decisão…mas creio que vc expressou bem o que representa a volta ao Brasil neste momento! Sejam bem vindos!!

  3. Super me identifiquei. Eu aguentei menos, 4 anos, e já estou no projeto para a volta ao Brasil. Escuto as mesmas coisas “mas justa agora?” “você não lê as notícias?” “mas justo para o Rio?”. Só quem mora fora que saber como é. Eu já saí do Brasil sabendo que seria temporário, nunca passou pela minha cabeça ficar de vez. Era um temporário curto que ao se prolongar me fez mal, física e emocionalmente. Enfim, desejo um ótimo retorno a vocês e sucesso!

  4. Mari Sanchez

    Lagriminha rolou aqui. O que dizer da pessoa que mais me ensinou sobre essa cidade, que acreditou que eu podia amá-la e entendê como você próprio a ama e entende. Se les extraña do lado de cá da fronteira, grande Tulio & Paulinha. Estamos aqui pra cuidar da casa Aires Buenos que tão bem nos acolheu.

  5. Alex W. Horta

    Prezado Tulio, frequento seu blog esporadicamente, o qual considero muito bom e útil, e confesso que, ao ler esse post, senti uma certa tristeza… AMO BUENOS AIRES e estive naquela cidade maravilhosamente agradável e linda umas 50 vezes. Não me canso de visitá-la e me surpreender a cada viagem. Com certeza vai ser um grande baque voltar para o Brasil, principalmente porque a vida cultural e m Buenos Aires, a gastronomia, a beleza da cidade e o transporte, apenas para citar alguns itens, são incomparavelmente melhores aos nossos.
    Sem contar que andar nas ruas de Buenos Aires, admirar a arquitetura europeia que lá se consolidou com contornos próprios, fruto da leva de imigrantes europeus de diversos cantos, já é, de per si, uma atração impagável. Há algo melhor do que ir a um excelente bodegón e se fartar das iguarias portenhas, tais como um Bife de Lomo, um Ancho, uma lida porção de sorentinos, regados a um Malbec?
    Eu moro em Curitiba, mas, bairrismos à parte, tenho que confessar que minha cidade é feia e sem graça perto de Buenos Aires! Lá há muito mais o que ver, fazer e conhecer.
    Buenos Aires, com uma população de 2,8 milhões e quase 13 milhões na grande Buenos Aires, consegue ser bucólica, como citou. Além de ter um clima excelente, tudo que citei acima, tem um povo fantástico. Tirando as rivalidades futebolísticas (que não possuo pois não suporto futebol), os argentinos sempre são educados, amáveis e gostam dos brasileiros. Ademais, nos conhecem mais do que nós brasileiros a eles.
    Desejo que você continue com seu blog e sempre volte para lá, assim com o eu faço regularmente, para matar a saudade, andar de trem e metrô pela cidade, comer um belo bife com vinho e flanar pelas ruas maravilhosas, seja em Vicente Lopez, Belgrano, Palermo, na Recoleta, o que for… afinal a cidade é linda e muito grande.
    Mas com o você disse, você não se sentia um porteño e nem pertencia àquela cultura!
    Tulio, QUE O Brasil te abrace novamente e Deus lhe abençoes nesse regresso!
    Desejo sorte, sucesso e que continue nos brindando com novidades aqui no BLOG!
    SALUDOS

    • Túlio Bragança
      Author

      Muito obrigado pelas palavras, Alex! Vamos continuar firmes nesse trabalho. Abraço

  6. Ignacio

    Primero, me disculpo por escribir en castellano, ya que no sé portugués.

    Segundo, me alegro de que vivir aquí les haya resultado una buena experiencia. Argentina, con todos sus defectos, tiene una virtud que es notable: es hospitalaria. Está en nuestro ADN y en nuestra Constitución. Nadie debe dejar de ser lo que es para ser, aunque sea un poco y por un tiempo, argentino (y más específicamente, porteño).

    Mucha suerte en su nueva etapa. Gracias por su trabajo de tendido de puentes. Vuelvan pronto.

    Un abrazo

  7. Não morei fora do estado e muito menos no exterior. Mas consigo entender, pois eu me imagino passando bons tempos fora, mas morar definitivamente só no Brasil. O Brasil é o nosso lar, onde o nosso coração queima, independente de tudo. Não dá para explicar, apenas se sentir em casa.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *