La Martita – bodegón para não por defeito

Faz um tempo comentei num post que para ser um bodegón um restaurante precisa ter quatro ou cinco coisas: porções abundantes, influência italiana ou espanhola (alemã é aceitável também, mas em menor medida), preços acessíveis, muitos anos de histórias e garçons muito profissionais, do tipo que anotam na memória os pedidos e sabem recitar cór e salteado as opções do menu.

Acrescente mais uma variável a essa fórmula: distância de tudo. Parece que quanto mais longe dos centros gastronômicos, melhor o bodegón. Assim é com o La Martita, um restaurante diminuto focado em frutos do mar que fica em Boedo, perto da autopista e a umas 30 quadras da Avenida 9 de Julio, para se ter uma ideia.

O ambiente é aquele antigo e descuidado para ser rústico. O dono, assim como os garçons, não parece ser afim de muita amizade, mas também não te maltrata. Apenas o básico.

Para entradas, alguns langostinos gigantes e sensacionais de bom que fazem a gente lamber o beiço. Como prato principal não existe dúvida. Mesmo com um menu com várias opções como polvo e lula, o melhor mesmo é o risotto com camarões e frutos do mar ou o sublime fusilli com molho de alho e camarão. É um verdadeiro achado. Não serei exagerado em dizer que esse fusilli é uma das melhores massas que já comi em Buenos Aires. O lendário Barbão já escreveu sobre esse mesmo fusilli em 2009 no seu blog. Inclusive foi com ele que fui lá a primeira vez faz alguns anos, mas desde então já voltei outras três. Já estava devendo esse post faz bastante tempo!

Ahhh… e para sobremesa, recomendo framboesas com sorvete de creme. Simples, prático e funcional. Bem delicinha!

Por mais que o La Martita seja um bodegón e fique bem longe do centro, os preços não são lá muito baratos não. Um prato de massa sai ao redor de 50 pesos. Juntando entrada, sobremesa e vinho, a continha pode vir um pouco alta, mas garanto que vale cada centavo, assim como vale a viagem de táxi até Boedo.

Comemorando aniversário da minha tia Martha no La Martita!

La Martita

Calle Cochabamba 3700, esquina con Colombres.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

4 comentários

  1. Ana

    Feliz cumpleaños a la tía Martha 🙂
    Se ve rico ese bodegón… algún día tenemos que ir a hacer una excursión gastronómica x

  2. Pingback: Guia Aires Buenos para comer bem – Os melhores restaurantes de Buenos Aires | Aires Buenos

  3. Manuela

    A experiência foi maravilhosa! Fomos em quatro pessoas pedimos empanadas de entrada, dois pratos, risoto de camarão e fideos negros com frutos do mar e dividimos, e a sobremesa de frutillas com creme pra dividir também! Um vinho branco doce e água, tudo deu 300 pesos , uns 120 reais! Achei o preço ótimo!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *