low cost argentina

As low cost já começaram a operar na Argentina. Mas e no Brasil?

Hoje os blogs de viagem argentinos acordaram enlouquecidos! Começaram a vender passagems low cost na Argentina!

Trajetos de 29 dólares entre Buenos Aires e Santiago ou 249 dólares entre Buenos Aires em Barcelona deixaram a galera toda muy loca! Mas quando é que teremos esses voos saindo do Brasil?

As low cost já começaram a operar na Argentina. Mas e no Brasil?

low cost argentina

Sky Airline, que opera entre aeroportos da Argentina e Chile

Inicialmente as companhias que estão operando no estilo low cost são a chilena SKY, que já fazia a rota Buenos Aires-Santiago, e agora a LEVEL, que é uma empresa do grupo Iberia. Estima-se que a Norwegian Airlines vao fazer Buenos Aires – Londres por 400 dólares, um terço do valor atual. Imagina que sonho! Sky já está operando, já a Level tem seus primeiros voos em junho.

O governo argentino deu ok e liberou! As passagens são baratíssimas, mas tem dois detalhes bastante importantes: cobram para despachar mala e por comida. Para um voo saindo de Ezeiza até Santiago é até tranquilo, mas imagina um voo entre Argentina e Espanha sem uma comidinha sequer? Dureza, né! Também duvido muito que eles tenham entretenimento a bordo. Bora então fazer uma marmita e levar muito livro para curtir a viagem? Tudo para pagar menos!

low cost argentina

Preços promocionais da Sky Airline

Esse modelo low cost não é nenhuma novidade na Europa e Estados Unidos: passagens baratíssimas, gente empacada ao máximo no avião e qualquer adicional cobrado à parte. Será que vale a pena? Vale, vale muito, vale pra caramba para aumentar o turismo e dar mais chance para as pessoas viajarem!

low cost argentina

Spirit Airlines, tradicional low cost americana

Viajamos nos Estados Unidos no final de 2016 com a Spirit Airlines, uma das várias low cost que operam lá. Fizemos o trajeto New Orleans – Fort Lauderdale e custou cerca de 50 dólares por pessoa. Não tinha comida, não tinha televisãozinha e cobravam tudo extra. Tínhamos uma mala enorme, era fim de viagem e tínhamos comprado várias coisas. Para despachar custou 80 dólares, porque ela excedia o limite. Saiu mais caro a viagem da mala do que a nossa viagem. Mas valeu a pena. Mesmo assim saiu mais barato que as companhias tradicionais.

Mas e no Brasil por que isso não acontece?

low cost argentina

Flybondi, que tem um nome que seria Flybusão em espanhol, não esconde que veio para ser barata.

Enquanto isso fica um vai-não-vai da justiça que autoriza, depois proíbe as companhias brasileiras de cobrarem pelas bagagens. O Brasil fica parado no bonde do tempo, deixando de dar oportunidade para novas empresas, aumentar os voos das que existem e crescer ainda mais o número de gente trabalhando e turistas viajando.

Não queremos transformar esse post numa discussão política, ainda mais com o clima péssimo que o Brasil atravessa. Mas é preciso liberar as empresas, parar de pensar que só existe uma maneira de garantir direitos ao consumidor. Muitos dizem que essa liberação das low cost no Brasil vai em contra os direitos dos passageiros. Que direitos? De ter uma comidinha? E o que dizer de todos os outros passageiros que deixam de voar por esses preços caríssimos? E os empregos que deixam de ser criados pelo aumento de voos e companhias aéreas no mercado?

A Argentina possui um mercado de aviação minúsculo comparado ao Brasil. Mas quando abriram o mercado para a low cost várias companhias já apareceram de cara. Diz ainda que vão chegar uma chamada Flybondi, para voos dentro do país, Flyest e muchas outras. Mais gente viajando, mais gente trabalhando na aviação, mais cidades recebendo gente. Qual é o problema disso?

Leia todos nossos posts sobre companhias áreas que atendem Buenos Aires

Confira quais pontos turísticos de Buenos Aires não podem faltar no seu roteiro

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

3 comentários

  1. helga

    oi! tudo bem? eu li no melhores destinos que algumas estão autorizadas a fazer voo para o Brasil. Já estão vendendo esses voos? tentei achar alguma informação, mas não achei…

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *