Mercado de las pulgas

As maravilhosas velharias do Mercado das Pulgas de Buenos Aires

Há uma semana mudamos de bairro. Trocamos o burburinho e a boemia de San Telmo pela vida pacata e nada turística de Colegiales. A mudança foi radical, já que são bairros absolutamente opostos – inclusive geograficamente -, mas não demorou para descobrirmos algo em comum entre eles: ambos são o paraíso de quem, como nós, ama uma velharia.

Depois de nos perdermos nos antiquários e barraquinhas da feira de antiguidades da praça Dorrego, em San Telmo, viemos explorar os tesouros perdidos do Mercado das Pulgas de Colegiales (que, por coincidência, fica numa avenida também chamada Dorrego).

As maravilhosas velharias do Mercado das Pulgas de Buenos Aires

Mercado de las pulgas

Este imenso galpão abriu as portas em 1988, mudou para novo endereço em 2005 e voltou ao mesmo local depois de uma grande renovação, agora com teto novo, banheiros decentes e infinitamente melhor organizado. Alguns móveis e objetos, porém, parecem conservar o mesmo pó e teias de aranha de 30 anos atrás – ou mais, já que muitos estão sem uso desde a década de 1950.

Mercado de las pulgasTrata-se de um verdadeiro museu da vida portenha dos velhos tempos, quando os caballeros sentavam em suas poltronas de pé palito para ouvir um disco de Gardel em 78 rotações no gramofone, enquanto suas senhoras tomavam o chá da tarde em porcelanas inglesas, folheando uma edição da revista Caras y Caretas. Parte destes móveis, cristais, discos, eletrodomésticos, luminárias e pequenos objetos podem ser encontrados nos cerca de 150 postos do Mercado das Pulgas – alguns por uma pechincha, outros a preços exorbitantes, mas barganhar sempre vale a pena.

Mercado de las pulgas

Se você gosta de papo e não se incomoda de tomar um café bem doce enquanto passeia, a primeira dica é procurar pelo Ernesto, vendedor ambulante que trabalha ali há 15 anos e conhece todas as histórias do Mercado. Ele certamente vai lhe recomendar uma visita ao posto do Antonio Valiente, outro patrimônio histórico do local. “Tony” costuma circular pelos corredores do galpão com um chapéu de 2 quilos e meio cheio de pecinhas coladas, um belo exemplo da arte kitsch que ele produz a partir de itens encontrados no próprio Mercado de las Pulgas, de moedas e cadeados a peças de dominó. Algumas de suas obras e cartazes com frases supostamente geniais estão expostos nas paredes da loja 03, parada obrigatória para quem deseja apreciar suas criações sui generis.

Mercado de las pulgas

As peças louquíssimas de Tony Valiente.

Mercado de las pulgas

Ícones da cultura pop argentina.

Mercado de las pulgas

Porcelana para escolher.

O Mercado das Pulgas abre de terça a domingo das 10h às 19h, mas é comum passar por lojas com placas que dizem: “se estiver interessado em algo, ligue para o fone tal”, já que nem sempre os vendedores estão ali (às vezes chegam tarde ou estão dormindo a siesta ou estão de saco cheio mesmo). Percebi mais pessoas fotografando do que realmente comprando coisas – eu mesma não comprei nada -, o que deve ser muito decepcionante para quem vive daquele negócio. Para um turista, pode ser mesmo complicado levar no avião uma luminária de ferro ou uma escrivaninha de madeira maciça. Mas há discos de vinil, porcelanas, óculos vintage, relógios antigões e uma infinidade de miudezas que cabem fácil na mala. Já para quem mora aqui, ou vem passar uma temporada longa e precisa mobiliar a casa, este mercado é um achado e tanto. Voltaremos, é claro.

mercado de las pulgas

Muchachas brasileiras curtindo nosso passeio Lado B. Foto por: Henderson Moret

O Mercado das Pulgas estava no itinerário inicial do nosso tour Lado B de Buenos Aires, já que ficava pertinho da sorveteria onde antes acabava o passeio, a Occo. Atualmente o passeio passa por outra parte da cidade, mas ainda recomendamos muito uma visita ao Mercado e um helado de chocotorta no Occo que fica na Av Dorrego 1581!

mercado de las pulgas

Final do tour antes acabava com sorvete delicioso. Foto: Henderson Moret

Mercado de las Pulgas
Av. Dorrego 1650. Colegiales. Metrô mais perto é a estação Dorrego da linha B.
Aberto de terça a domingo das 10h às 19h.
Facebook oficial.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
guiaoquefazerembuenosaires

6 comentários

  1. Guilherme

    Belissima “contratação” da Mariana pelo Aires Buenos. Deliciosos relatos e o que é pior(ou melhor) : uma vontade tremenda de voltar! 🙂

  2. Carol Romano

    aguardando ansiosa pelo post com o que vai rolar em outubro.. Estou com viagem marcada e a viagem praticamente inteira foi montada com as dicas de vocês =)

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *