Moacir, o brasileiro argentinizado

Brasileiro morando na Argentina faz quase 30 anos, meio louco e meio gênio musical. Este é o Moacir, personagem principal desse documentário fantástico que está em cartaz nos cinemas de Buenos Aires.

O diretor Tomás Lipgot conheceu a figuraça do Moacir no seu documentário anterior, Fortalezas, que falava sobre o sistema de manicômios da Argentina. O brasileiro, ao contrário dos outros pacientes retratados, era alegre, brincalhão e ainda nutria alguma esperança pela vida. Dizia que tinha composto algumas músicas faz muito tempo e que queria muito gravá-las.

Passou o tempo e acabou que o Moacir recebeu alta , começou a ganhar uma pensãozinha do governo e se mudou para uma pensãozinha do bairro de Constitución. Foi aí que o diretor voltou a encontrar o brasileiro e fez um trato. Gravava as suas músicas esquecidas e em troca filmava todo o processo.

Feito o acordo, o resultado é esse documentário. A história de um gênio e louco gravando seu disco, brigando com o produtor, tentando se adaptar ao mundo atual e falando um portunhol bisonho. Recomendadíssimo!

O trailer você vê lá em cima do post. Aqui embaixo a “Marcha do Travesti”, música do Moacir que fecha o documentário.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

3 comentários

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *