Bar de Cao

O notável e centenário Bar de Cao

Conhecer os cafés notáveis de Buenos Aires é tarefa para uma vida inteira. Isso porque há cerca de cem lugares diferentes nesta categoria – dentre os quase 3.000 de toda a capital!

Há, no entanto, um seleto grupinho de cinco cafés pra lá de especiais, formado pelo El Federal, La Poesia, Margot, Celta e Bar de Cao. Este último foi o escolhido por uma amiga para celebrar seu aniversário na semana passada, e eu adorei a desculpa para finalmente visitá-lo (gracias, Sarah Danielle, pelo convite!).

O notável e centenário Bar de Cao

Bar de Cao

(Foto: Antigourmet)

Fundado em 1915, durante a Primeira Guerra Mundial, este famoso bodegón fica no pequeníssimo bairro de San Cristóbal, provavelmente o menor de Buenos Aires. Os donos eram os irmãos Cao (José, Vicente, Ramón, Balbino e Jesús), imigrantes espanhóis que chegaram das Astúrias no começo do século 20. Na época, chamava-se La Armonía, e o espaço era dividido entre armazém e distribuidora de bebidas. Além de queijos e presuntos de qualidade superior, o lugar também vendia produtos “ultramarinos”, como eram chamados os importados do além-mar, como sardinhas e azeite de oliva espanhol.

Bar de Cao

Quando o bar ainda era o armazém e distribuidora de bebidas La Armonía. (Foto: Eduardo Longoni)

Depois de um tempo, parte da família voltou à Espanha e a casa continuou sob a batuta dos irmãos Vicente e José (o “Pepe”), que fizeram história naquela esquina da avenida Independencia com a Matheu por mais de setenta anos. Com a morte de Pepe, em 2002, o armazém fechou, mas alimentar a vizinhança estava no sangue da família, e três anos depois o local foi reaberto como Bar de Cao. Hoje, pertence às filhas de Pepe.

Bar de Cao

(Foto: Instagram emmarey_ar)

Duas coisas fazem deste um lugar emblemático em Buenos Aires: o espaço “cênico” (com seu piso original, mesas de madeira e muitos objetos antigos, como um espelho imenso que ficava no quarto de Pepe) e sua comida (abundante, simples, sem frescura e a preço acessível). As “picadas” são o carro-chefe da casa, mas as tortillas espanholas e as massas caseiras não ficam atrás.

Bar de Cao

A gigante e saborosa tortilla espanhola (Foto: Antigourmet)

Bar de Cao

Ravioles de abóbora com creme de champignon (Foto: Blog Yo Federico)

Bar de Cao

Queso y dulce e outras sobremesas muy ricas (Foto: Antigourmet)

Em 2015 o Bar de Cao completou seu primeiro centenário. Junto com os cafés El Federal, Margot, Celta e La Poesia, faz parte do grupo cultural Los Notables – assim declarados pelo Ministério da Cultura da Cidade de Buenos Aires e reconhecidos como lugar de interesse cultural pela Legislatura Portenha. Além de super antigos e charmosos, os cinco cafés compartilham o mesmíssimo cardápio, que é enorme.

Bar de Cao

(Ilustração: Horacio Noni/Croquiseros Urbanos)

Em tempo: 26 de outubro é o Dia dos Cafés Portenhos, data da inauguração da entrada do Café Tortoni na Avenida de Mayo, em 1894. Falando nele, que tal uma visita ao mais emblemático dos cafés da capital?

Bar de Cao
Av. Independencia 2400, esquina com Matheu – San Cristóbal
Abre diariamente
Fone: 4943-3694

(Imagem topo do post: Adhemar Orellana Rioja/Croquiseros Urbanos)

Veja todos nossos posts sobre Parrillas e Bodegones portenhos.

Leia todos os posts da Mariana na seção Vida Portenha

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

8 comentários

    • Túlio Bragança

      É uma bela caminhada, Leonardo. Mas tem metro perto. Estação Venezuela da linha H, amarela, ou estação Pichincha da linha E, roxa

  1. Eduardo

    Sempre como en El Establo no Microcentro, Las Nazarenas en Retiro e La Dorita na Recoleta. Onde comer bem e barato em Palermo?

  2. Eduardo

    Cara Mariana mto bacana seu blog e sua historia. Procuro sugestao d hospedagem, ja fiquei desde o Emperador , na Recoleta, espetacular, ao Art Suites no mesmo bairro, mais em conta. Quero desta feita ficar em Palermo, lugar tranquilo. Alguma sugestao? Mto obrigado!

    • Túlio Bragança

      Oi, Eduardo! temos posts sobre hospedagem em Palermo, de uma procurada no blog que temos varias opcoes

  3. O Bar de Cao é um dos meus preferidos.. morava num ape pertinho e sempre tava lá. Mesmo morando em outro bairro, ainda existem motivos pra ir sempre que dá tempo. Só faltou a foto da rica picada que fazem.. dos deuses e tudo bem fresquinho com uma cerveja tirada é amor a primeira vista!!!

Curtiu? Comente aí!