barrio chino 3

O que fazer em Buenos Aires quando você já veio pra Buenos Aires?

O que fazer em Buenos Aires quando você já veio pra Buenos Aires?

O que fazer em Buenos Aires? Existe uma resposta para essa pergunta mesmo se é a segunda, terceira, décima ou enésima vez que você visita a cidade. Sempre haverá algo novo para conhecer e um lugar diferente para visitar.

Alguns pontos turísticos ou passeio acabam ficando de lado quando a pessoa vem pela primeira vez, preferindo os lugares mais conhecidos como Cemitério da Recoleta ou Feria de San Telmo.

Aqui 5 passeios para fazer em Buenos Aires quando você já veio para Buenos Aires.

1. Feria de Mataderos

feria de mataderos

Muito mais genuína, divertida e barata que a feria de San Telmo. O único problema da Feria de Mataderos é que ela é longe, bem afastada do centro da cidade e dos tradicionais pontos turísticos de Buenos Aires. Danças típicas, bastante comida tradicional, artesanato e vários produtos caseiros vendidos a preços bem camaradas. Localizada no bairro de Mataderos, as barracas ficam todas em volta de um antigo barracão que funcionava como um matadouro.

A Feria de Mataderos fica na esquina da Av. Lisandro de la Torre com Av. de los Corrales. Saindo de San Telmo o ônibus 126 leva até lá, de Palermo o 55 e da Recoleta o 92.

2. Cemitério da Chacarita

cemitério da chacarita

Muito maior e impactante que o da Recoleta, o cemitério da Chacarita também tem um hóspede ilustre: Carlos Gardel. Seu túmulo é uma das principais atrações desse lugar que é uma verdadeira cidade dos mortos. Existe a parte dos túmulos normais e outra que é um subsolo com três andares de urnas. Totalmente inesperado. Fizemos um passeio lá pelo Foto Ruta e foi ótimo.

cemitério da chacarita

O Cemitério da Chacarita fica bem no meio da cidade de Buenos Aires na Av. Guzmán 680, uma quadra da estação de Subte da Linha B Federico Lacroze.

3. Mercado de Pulgas

mercado de pulgas buenos aires

Estilos de várias épocas se reúnem nesse galpão gigantesco que fica bem na divisa dos bairros de Palermo com Colegiales. Vale a pena visita, principalmente quem está procurando por algum objeto de decoração original ou querendo se inspirar para mudar a cara do seu lar. O Mercado é enorme e caminhar pelos seus stands é uma volta ao passado de uma Buenos Aires cheia de glamour.

O Mercado de Pulgas fica na esquina da Av. Dorrego com a Calle Niceto Vega.

4. Barrio Chino

barrio chino buenos aires

O charmoso Bairro de Belgrano esconde em algumas de suas quadras um pedacinho da China. Supermercados, lanchonetes, lojinhas de bugigangas e inúmeros restaurantes asiáticos. Tem muita comida chinesa, mas também coreana, japonesa e vietnamita. Ótima pedida para quem passa bastante tempo em Buenos Aires e quer comer algo bastante diferente.

barrio chino buenos aires

O Bairro Chino fica na esquina da Av. Juramento com a Calle Arribeños. É possível ir de metrô pra lá, descendo na estação Juramento da Linha D e andando 5 quadras. As linhas de ônibus 29, 15, 64 e 118 também te deixam por lá.

5. Choripan na Costanera

choripan

Um programa totalmente roots para quem quer conhecer uma Buenos Aires que muitos turistas não sabem que existe. Atravessando Puerto Madero você chega na Avenida de los Italianos, mais conhecida como Costanera Sur. É a última avenida da cidade antes de cair no Rio, epois dela só a Reserva Ecológica da Costanera. Lá você encontra uma infinidade de carrinhos que vendem o melhor da comida de rua de Buenos Aires. Peça um clássico Choripan (sanduíche de linguiça) ou se aventure num Morcipan (morcilha e pão) ou numa bondiola (espécie de filé de porco). Os preços são bem em conta. Com 10 reais você faz a festa.

São vários carrinhos por toda Costanera Sur, os meus preferidos ficam na esquina da Av. Macacha Guemes com Av. de Los Italianos.

Aproveite e veja o episódio do Aires Buenos TV sobre pontos turísticos fora do circuito, onde mostramos essas e muitas outras opções para quem vem pela segunda, terceira ou enésima vez para Buenos Aires.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

23 comentários

  1. Thiago Tasep

    Desses programas, o único que fiz em minha primeira visita (de muitas) à Buenos Aires foi comer o Choripan na Costanera. Um detalhe me chamou atenção enquanto estava por lá: como grande apreciador de música eletrônica de qualidade, fiquei totalmente encantado ao ver uma família (pai, mãe e filho pequeno), com o porta-malas de seu carro aberto, dançando ao som de um artista totalmente desconhecido para a maioria do público; realmente, a Argentina é um país culturalizado em todos os sentidos! Parabéns pelo blog!

  2. Liliane Dantas - MacBook Air - FaceTime

    A feira de Mataderos tem todos os dias da semana???? Sabe o horário de funcionamento????
    Obrigada!

  3. Mirian

    Olá Túlio!
    Me dá uma informação por favor.
    Vou domingo agora para BA, e vi que segunda feira é feriado por aí. Gostaria de saber se muitos locais fecham. E se esse Choripan na Costanera é aberto em feriados assim. O bairro chino eu já vi que fica aberto, mas o resto não achei muita informação.

    Muito obrigada e parabéns por esse excelente blog! Já imprimi quase tudo!! rs

    • Túlio Bragança
      Author

      Miriam, restaurante em geral abre, mas lojas sao poucos. Melhor ir em shopping no caso. De qualquer maneira sugiro vc deixar esse dia pra conhecer mais pontos turisticos e parques, que sempre estao abertos a visitacao

  4. Pingback: O que fazer em Buenos Aires? 101 opções de programas | Aires BuenosAires Buenos

  5. Túlio, parabéns pelo site (muito mais que um blog)! Já fui 2x para BsAs, mas a riqueza de conteúdo do site tem muito, muito mesmo, a acrescentar. Me interesse bastante pela feira de Matadero, mas estou em dúvida se terei tempo para ver. Meu vôo chega em um domingo em Ezeiza às 16h00. Preciso ir até o hotel (Centro) deixar a bagagem e voltar para Matadero, então devo chegar por volta das 17h30, acredito. Por este horário, a feira ainda está “acesa”? Vale a pena? Desde já agradeço se puder ajudar!

    • Túlio Bragança
      Author

      Ricardo, infelizmente a essa hora a feira já está acabando e vc não aproveita. Além do mais ela é longe do centro, ou seja se vc chega as 16h em Ezeiza, até sair da parte de imigracao, chegar no hotel e ainda ir pra mataderos, que de onibus leva quase 1h do centro, vc vai chegar lá depois das 18hs.

  6. Pingback: Índice de posts - Organize sua viagem para Buenos Aires - Aires BuenosAires Buenos

  7. Ricardo N Maudonnet (@RMaudonnet)

    Tulio, esses locais são seguros como os bairros já “batidos” frequentados pelos turistas ?

  8. Então amigos! Parabéns pelo blog! Ele é de otima qualidade e muito interensante mesmo para não cair sempre nas mesmas rutinas portenhas…
    Por isso eu quero falar para vcs e compartilhar com todos os Bloggistas uma atividade muito especial que Buenos Aires tem, e que infelizmente as companhias de turismo gerais não estão considerando, mas que os visitantes do blog irião adorar enquanto vir visitar a cidade!
    To falando do “TRAMWAY HISTORICO DE BUENOS AIRES” (em portugués brasileiro, sería o “BONDINHO HISTÓRICO….”)
    É um passeio histórico único, que funciona todos os finais de semana e até vários dos feriados, no charmoso bairro de “Caballito”.
    O Bondinho Histórico é uma realização da “Associaçao de Amigos do Bonde”, uma instituição sem fins de lucro onde os associados fazem uma tarefa voluntária para manter e operar esse musseio dinámico de bondes.
    O Bondinho oferece passeios atravez de um percurso de 2 Km, com um ponto de partida localizado na esquina das ruas Emilio Mitre e José Bonifácio, (Emilio Mitre ao 500’s), e percorrendo várias ruas e avenidas do bairro, atravessando lugares bem bonitos e atrativos, cheios de cassaroes chiques (O Bairro Inglés), de bares e cafeterias, etc.
    Os horarios de funcionamento são:
    Sábados, Domingos e Feriados pela tarde:
    Março até Novembro = das 16 até 19.30
    Dezembre até Fevereiro = das 17 até 20.30
    E tambem os Domingos pela manhã, das 10 até 13 horas.
    Dentro desses horários, tem uma partida a cada aproximadamente meia hora, e alguns domingos até menos, por quanto os “malucos do bonde” põem a rolar mais de um carro, e então tem mais variedade. A gente ja tem 9 carros de bonde elétrico restaurado , e eles vão se alternando a cada final de semana.
    O passeio é DE GRAÇA!!!!!
    E os passageiros podem contribuir a vontade com a Associação levando uma lemrançinha (chaveiros, livros, cds, maquetes, etc) que são oferecidos pelo Guía durante a viajem.
    Não é necessário fazer reservações! … Apenas chegar no ponto, esperar umos minutos, e pegar os bondinhos para fazer junto com os Amigos do Bonde esse encantador e simpático passeio.
    Sejam Bem Vindos!!!!!!!!!

    Mais informações:
    Asociación Amigos del Tranvía y Bilioteca Popular Federico Lacroze
    http://www.tranvia.org.ar
    Tel: (+5411) 4431-1073
    Email: info@tranvia.org.ar

  9. Oslen Rodrigues

    Ótimas dicas Túlio!! Fui a primeira vez para BsAs ano passado e tô me programando para ir novamente em julho. Conheci alguns pontos mencionados no post hahaha. Fui sozinho e com um mapa na mão conheci a quase a cidade toda andando de busão haha.

  10. Ana Sandes

    Olá. Vocês fazem esse roteiro também? Pois já é a segunda vez que estou indo e me interessei bastante.

Curtiu? Comente aí!