parrilla peña

Parrilla Peña – a queridinha dos portenhos

Como detectar se uma parrilla é boa ou não em Buenos Aires antes mesmo de pedir a carne? A fórmula nem sempre funciona, mas depois de tantos anos morando na cidade cheguei a alguns requisitos:

– o lugar tem que ter um ar meio antigo, sem muita frescura na decoração.

– precisa ser frequentada tanto por turistas mas principalmente por portenhos.

– os garçons precisam ser coroas, do tipo que trabalham no mesmo lugar há séculos, conhecem a fundo o cardápio e sabem dar dicas preciosas do que pedir.

Depois de praticamente levar uma bronca de um argentino quando disse que não conhecia a Parrilla Peña, resolvi conhecer o lugar.  Ela cumpre todos esses e muitos outros requisitos!

Parrilla Peña

parrilla peña

Localizada numa área não muito conhecida pelos turistas, a Calle Rodriguez Peña (entre as Avenida Córdoba e Avenida Corrientes), a Parrilla Peña impressiona em vários sentidos. Ao entrar você não tem a mínima ideia do que te espera. O ambiente é bem cuidado, mas simples. Parece pequeno, mas tem dois andares e muitas mesas.

Os garçons todos vestidos de branco, combinando com a cor das suas madeixas. Todos já são grisalhos e muito experientes, o que faz do serviço rápido e muito eficiente.

parrilla peña

O público do local é 90% de famílias portenhas e muitos senhores mais velhos. Fazia tempo que não visitava um lugar com tantos velhinhos comendo e se divertindo. Na nossa mesa ao lado acontecia uma confraternização de uma paróquia da região. Um grupo de 8 pessoas, incluindo um padre muito falante, com uma fome enorme e era um ótimo bebedor de vinho. Se tem uma coisa que o portenho sabe fazer é aproveitar bem a vida. E se a velha guarda escolhe esse local, não tive dúvidas que a Parrilla Peña seria uma delícia, mesmo sem ter provado nada ainda.

parrilla peña

Fizemos praticamente o mesmo pedido que sempre fazemos em todas as parrillas. De entrada uma provoleta, que é um queijo derretido e temperado, dois chorizos (linguiça) e um bife de chorizo no ponto. Tudo chegou rapidamente e era uma delícia, principalmente o bife. Só de escrever e lembrar como era já dá água na boca. Destaque também para o ótimo molho chimichurri do lugar: espesso, bem temperado e nada picante. Cada restaurante tem uma receita diferente de chimichurri e o resultado varia muito. Alguns mais picantes, outros mais oleosos, alguns carregados no alho. O da Parrilla Peña estava bem no ponto!

parrilla peña

Estávamos em duas pessoas, mas mesmo assim essa pedido acabou sendo muito pra gente! A carne era enorme e a provoleta tem o talento de deixar a barriga bem cheia. Acabou que nem deu espaço para provar a sobremesa. Fica para próxima.

Gastamos o casal cerca de 100 reais, incluído água e refri. Dessa vez fomos sem vinho!

Parrilla Peña
Rodriguez Peña 682, Centro.
Aceitam apenas dinheiro.
Site oficial: http://www.parrillapenia.url.ph/

Veja mais posts sobre parrillas e locais para comer carne.

E você, qual sua carne preferida em Buenos Aires?

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

21 comentários

  1. Daiana

    Olá Túlio,
    parabéns pelo blog, é ótimo!
    Sobre as vacinas exigidas para viajar para a Argentina, você acha recomendável alguma, mesmo que não sejam exigidas?
    Abraços.

  2. Rebecca

    Oi Tulio, me conta uma coisa. Sempre que leio suas dicas sobre os restaurantes em Buenos Aires a picanha nunca é mencionada. Por que? Os valores são muito diferentes ou não é uma boa pedida?

    • Túlio Bragança
      Author

      Rebecca, nunca é mencionada porque esse corte não existe aqui como é no Brasil. Na minha opinião o melhor é o bife de chorizo e o de lomo.

  3. Valter

    Também já fui lá com minha mulher e adoramos, eu mais do que ela. Túlio, você descreveu o lugar exatamente como eu gostaria de saber fazer, é exatamente isso !

  4. Valter

    Detalhe: vamos novamente para lá (aí) daqui uns 2 meses, e a Peña já está incluída no roteiro.

  5. Geovanne Angelo

    Túlio, boa tarde! Uma pequena dúvida que eu tenho: nos restaurantes portenhos, o menu costuma especificar se determinado prato é para uma ou duas pessoas, como aqui no Brasil, ou normalmente cada pedido, seja entrada, principal ou sobremesa é sempre para uma pessoa? Já li vários relatos de pessoas ou blogs que informam que determinados pedidos, como a de um corte de carne ou msm sobremesa pode ser bem grande e que um pedido para duas pessoas já basta, caso contrário, pode até sobrar comida, por isto estou na dúvida.

    • Túlio Bragança
      Author

      Geovanne, geralmente os pratos são para uma pessoa. Quando o assunto é carne aí é outra coisa, a maioria pode ser dividida.

  6. Delitati

    Já fui a BA algumas vezes mas só na última conheci a PP, sensacional o melhor custo beneficio e demais elogios eu concordo.
    Se conhecece seu blog antes tinha ido a mais tempo.
    Tem outras dicas de carne no padrão PP?

  7. Glauce

    O bife de chorizo da Parrilla Peña é top, inesquecível! Obrigada ao Tulio e a toda galera do Aires Buenos. Nossa última viagem a Buenos Aires ganhou muito mais sabor graças às dicas de vocês!

  8. Pingback: Sete dias no outono de Buenos Aires - Dica do leitor | Aires Buenos | Simplesmente tudo sobre Buenos Aires

  9. Tati Guidio

    Já fui uma vez a Buenos Aires e voltarei no mês que vem. Estou pegando várias dicas aqui no blog! Muito obrigada!! Quero muito ir nesse restaurante (e em outros) mas, como estarei sozinha, fiquei aqui com uma dúvida. Aí, como aqui em São Paulo/ Brasil, podemos pedir pra embalar o que sobrar “pra viagem”? E a “propina”, qual valor é recomendado deixar??

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *