aerolineas argentinas

Por que as passagens para Buenos Aires estão tão caras?

Muitos amigos e leitores vêm perguntar pra mim pelo twitter ou no chat a mesma coisa: por que as passagens para Buenos Aires estão tão caras? Fato é que os valores em reais explodiram nos últimos meses. Por que será?

Aqui faço uma rápida análise e também deixo os comentários de alguns especialistas no assunto, blogueiros do Viaje na Viagem e Melhores Destinos.

Por que as passagens para Buenos Aires estão tão caras?

1. A alta do dólar

fim da restricao monetaria

Essa é a principal razão de longe! Muitas pessoas que viajaram para Buenos Aires na época que o dólar valia pouco, entre 1,80 e 2,50 reais, agora levam um susto quando veem os preços das passagens.

O tal querosene de aviação, que é o principal item que influencia no preço das passagens (cerca de 50% do valor pago é só dele), é cotado em dólar. Ou seja, os preços em reais acabam subindo e subindo, quando em dólares eles estão normais.

2. O valor da taxa de embarque da Argentina

aeroporto de ezeiza

A taxa de embarque de Ezeiza, por exemplo, atualmente está 795 pesos, como postou o argentino Sir Chandler, que tem um blog focado em viagens. São cerca de 200 reais que todo mundo tem que pagar passando por ali. Verdadeiro ABSURDO. São quase 60 dólares de taxas! Enquanto isso em Bogotá e Lima a taxa é quase a metade, em Montevidéu é 40 dólares. A única taxa mais cara na América do Sul é justamente Caracas, onde são cerca de 90 dólares. No Brasil por exemplo a taxa é de 86 reais (cerca de 22 dólares) para voos internacionais.

Ou seja, por baixo são no mínimo uns 400 reais só de taxas na passagem, somando outros pinduricalhos marotos que colocam no valor total. Caríssimo. Fato é que o governo argentino precisa rever já isso, suas taxas estão assustando os turistas brasileiros.

3. A Falta de promoções

Lembra daquela época que você conseguia voos da Gol, Turkish e Qatar por menos de 500 reais com taxas? Uma doce e antiga lembrança de um tempo que não volta mais. Faz muito tempo que não tem uma promoção doida para Buenos Aires.

Faz tempo também que não chega uma nova companhia aérea na rota, coisa que sempre é seguida de promoções hermosas e uma chacoalhada no mercado. Procurando aqui nos meus arquivos achei uma passagem da LAN de 2007 que paguei 150 dólares, tudo incluído. Ahh… tempo bom!

Quando é que as empresas vão abaixar esses preços e fazer uma promoçãozinha pra gente?

4. O desespero de outros mercados

Segundo Leonardo Marques, fundador do site especializado em aviação e passagens baratas Melhores Destinos, o principal fator que determina o preço da passagem não é a distância, mas sim a oferta e procura.

“A concorrência que manda no preço das passagens”, diz Leonardo. “Recentemente até Santiago tem ficado mais barato que Buenos Aires. As passagens para os Estados Unidos e para a Europa estão no menor valor em dólares, desde que inventaram voo do Brasil pra lá. Uma passagem pra Europa muito barata entre 2010 e 2014 era US$799. Hoje é US$449”, explica ele.

A crise nos voos para Europa e EUA pegou feio, tanto é que muitas empresas estão cancelando rotas. Era de se esperar que os voos entre Argentina e Brasil estivessem também vazios e as companhias abaixassem o preço, mas o próximo fator do post impediu isso.

5. A invasão de argentinos no Brasil

Muitas matérias desse verão 2015-2016 mostram o quanto os argentinos estão invadindo o Brasil. Sim, com a desvalorização do real, tudo ficou muito barato para os hermanos. Mais argentinos viajando, significa mais aviões cheios. Estima-se que só nesse verão foram 2 milhões de argentinos passando férias nas praias brasileiras.

Ou seja, os argentinos lotam os voos compensando a falta de brasileiros que não estão viajando. Para que uma empresa aérea vai fazer uma promoção se seus aviões estão lotados?

6. A ideia de que Buenos Aires tem que ser barata mesmo

calle_florida_gob.ar

Buenos Aires se transformou num destino tão popular entre os brasileiros que acabou ficando essa ideia que a cidade só vale a pena se for baratíssima. Quem lê nosso blog sabe muito bem que aquele tempo da bonança dos outlets com preços de coisas baratíssimas acabou faz tempo.

As pessoas veem o preço da passagem caro e acham que tudo se encareceu. Ledo engano. É possível achar hospedagem de muita qualidade por preço baixíssimo ainda seja no Airbnb ou nos hoteis (uma amiga recentemente pagou 34 dólares num ap lindíssimo em Palermo), comer bem em Buenos Aires ainda continua barato (com 4o reais você come muito bem nos menus de meio dia em Palermo) e a quantidade de opção de atividades culturais na cidade continua inigualável. Mas as compras, essas mesmo não valem a pena meeeeesmo.Se você quer fazer uma viagem de compras, esqueça. Agora se você quer uma aventura gastronômica ou cultural, dificilmente achará outro destino por um preço tão camarada como Buenos Aires.

7. As comparações burras

aerolineas2

Ricardo Freire, um dos maiores especialistas em turismo e dono do blog Viaje na Viagem, aponta outro detalhe: “acho que o que o povo acha caro é na comparação com as ofertas que todo dia aparecem pra Flórida, pro Caribe e até pra Europa. Mas essas ofertas aparecem porque os voos tão batendo lata (sobretudo pra Flórida). Além disso, pesquisam muito sempre em feriado e férias, que é quando os assentos mais baratos tão bloqueados pelas operadoras de pacotes”.

O que podemos fazer então?

Na verdade enquanto o dólar estiver alto no Brasil não temos muita saída.Talvez quando o verão passar o número de argentinos visitando o Brasil caia, aí as companhias aéreas façam algumas promoções para encher os voos. O governo brasileiro promete abrir consulta pública sobre direitos de passageiros para baixar as passagens, basicamente diminuir ou acabar com franquia de bagagem e não obrigar empresas aéreas a arcar custos por mau tempo. Sabe quando caiu um toró e o aeroporto fecha, voos são cancelados? Na maioria dos países as empresas aéreas não precisam pagar comida e hotel para passageiros. A dúvida é se as passagens realmente vão baixar com esse fim de direitos. Mais sobre isso na matéria do jornal curitibano Gazeta do Povo.

Ou é esperar, parcelar ou viajar para Buenos Aires de ônibus ou de carro. Muita gente que mora no sul está fazendo isso! Muitos vem até o Uruguai, deixam o carro em Colonia, atravessam para Buenos Aires e depois voltam para lá!

Lembrando que para economizar em Buenos Aires você pode fazer algum dos passeios do Aires Buenos Tour, que tem pagamento em reais!

Você mudou os planos de viagem para Buenos Aires devido ao valor das passagens?

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

33 comentários

  1. Daniel Leite

    Em outubro eu paguei R$ 561 na passagem, ida e volta, já com taxas, Aerolineas Argentinas, vôo direto, saindo de Salvador.

  2. Tulio, fuimos en diciembre de avión para Porto Alegre, pero volvimos de omnibus. Viajamos en JBL, la heredera de PLUMA, meia boca, pero razonable. Flecha Bus está mejor, es aburrido pero no incómodo, hay que llevarse cosas para amenizar el viaje, bebidas, una novela, una tablet con filmes, , mate, alcohol en gel,etc. Y un Dramin para los que prefieren dormir todo el tiempo. A mi me alcanza con una lata de cerveza.

  3. Ricardo

    Estou com as passagens comprada para B.A em maio deste ano. Infelizmente não consigo fazer um planejamento de gastos , pois me disseram que os preços de Show de tango, passeios e alimentação sobem a cada mês devido a inflação. Isso procede ou em maio os preços estarão mais ou menos iguais os de hoje ?

  4. Jackson Leandro

    Estive em BA semana passada…..havia comprado minha passagem em junho (ainda bem)…..ficou 2600,00 o total pra um casal com criança….. Saindo de ctba…..achei que paguei super barato comparando com os preços atuais……sorte minha!!

  5. Nossa! Tá explicado o porquê do aumento superior a mil reais na passagem Recife – Buenos Aires. Fui em julho/15 e a passagem custou 1044,00 já com as taxas voando GOL. Em Dezembro tive que voltar para a cidade e a passagem me saiu por 2390,00! Quase infartei com o valor cobrado pela mesma empresa. No meu voo de volta (há exatos 10 dias) a maior quantidade dos passageiros eram hermanos que estavam vindo passar férias em solo brasileiro (Voo estava completamente LOTADO!).

  6. Débora Martins

    Em outubro de Curitiba a Buenos ida e volta paguei R$ 693,00….em uma super promo da gol!

  7. Igor

    Olá Túlio, estou acompanhando o seu blog e os vídeos, e também as noticias sobre inflação e aumento de serviços como energia e carne, estou indo para BA em abril, confesso que estou preocupado tanto com os preços quanto com as manifestações que possam ocorrer aí. Deve me preocupar, ou a mídia brasileira está exagerando ao noticiar os fatos? Como anda o clima político da cidade?

    • Túlio Bragança
      Author

      Igor, sobre as manifestacoes vc pode ficar super tranquilo. Elas sao sempre pacificas e em pontos muito bem especificos da cidade, principalmente na Plaza de Mayo. Se vc pega um hotel ou ap em Palermo por exemplo, nem é afetado por elas. Ja os precos estao um pouco loucos, comida e hospedagem ainda valem a pena. Porém fazer compra de roupa ou sapato é uma insanidade no momento. Abs.

      • Igor

        Que bom, nem vou com a intenção de comprar. Quero apenas aproveitar a cidade mesmo! Obrigado e parabéns pelo seu trabalho!

  8. E para quem mora no Ne,CEARÁ,como eu? Aí que está um absurdo mesmo…Pesquisando passagens para Maio,veja bem,Maio,o mais barato que achei foi 1400 reais com todas as taxas! Vou continuar pesquisando…Afinal,posso cancelar a hospedagem até 3 dias antes do check-in sem nenhum ônus…

  9. Pingback: Aerolineas Argentinas cancela voo para Brasília | Aires Buenos | Turismo, guias de viagem e segredos de Buenos Aires

  10. Fabio Nemer

    Acabei de fazer um cotação na Tam e para um casal com criança está saindo 2.500 sendo só taxas mais de 1.000 reais.

  11. marcio

    Túlio você está de parabéns pelas dicas em Buenos Aires, sou seu fã de carteirinha, sucessos!
    Abraços.

  12. Camila

    Túlio, que loucura! Estou de cara com a TAXA de EMBARQUE, pq a passagem é barata mas a taxa está mais cara que ela no voo direto de Floripa x Buenos Aires, a taxa da volta é mais cara que a de ida? Não entendi.

  13. Daniel

    Olá Tulio. Estou programando uma viagem a Buenos Aires agora em setembro e estou pensando em aproveitar para fazer Bariloche também. Vi que tem a opção de comprar a passagem pelo site argentino da Aerolineas que sai muito mais barato que comprar aqui, mas ele fala que é tarifa para residentes na Argentina. Já vi alguns comentários que dar para comprar e voar de boa. Pergunto: realmente existe a exigência de tal comprovante na hora do embarque? Acha que teria risco de comprar e ser barrado na hora? Grato

    • Túlio Bragança
      Author

      Daniel, eles pedem seu documento na hora do checkin e vao ver que vc nao é argentino, aí vao cobrar a diferenca na hora. Só pagando o valor de nao residente que voa. Já vi muita gente reclamando e dando chilique no balcao, mas nao tem o que fazer. É a regra. Tb já ouvi relatos de gente falando que fez o checkin online, imprimiu o cartao de embarque e entrou na boa sendo brasileiro. Mas vai saber. Eu como, como tenho documento de estrangeiro residente, pago o valor dos argentinos e por isso nao sei falar muito.

  14. Caroline Lédo

    Olá! Tudo bem? Sou Carol e estou planejando passar alguns meses (6) nessa cidade maravilhosa…gostaria de sua dica de como posso regularizar minha documentação. Necessito algum documento específico ? Obrigada e parabéns pelo trabalho!

    • Túlio Bragança
      Author

      Caroline, tem 3 opcoes basicamente
      – vir como turista, pegar visto de 3 meses e qdo ele estiver vencendo vc dá um pulo em colonia no uruguai e volta pra Buenos Aires, renovando assim por mais 3 meses.
      – vir como turista e no final dos 3 meses pedir uma extensao desse visto, lá no site de migraciones explica como fazer. acho um tanto complicado.
      – vir e de cara fazer um dni, o rg argentino. vc pode dar entrada nisso na argentina ou no Brasil mesmo, num consulado argentino. é um processo até rápido

  15. Paulo Marcel

    Pesquisando passagens para Buenos Aires tomei um susto enorme ao ver o preço da taxa de embarque dos aeroportos argentinos.
    Em ambos os aeroportos da capital portenha o valor da taxa é de R$243,33. Um verdadeiro absurdo!!!!
    Os valores das taxas de embarque internacional no Brasil e Uruguai são de R$110,78 e R$132,73, respectivamente, quase 50% mais barato.
    Ou seja, os hermanos estão “assaltando” os passageiros / turistas !!!!

  16. Rodrigo

    Quanto a essa coisa de redução dos direitos dos passageiros (franquia de bagagem etc), eu vejo o quanto se sofre nos EUA. já esperei 6 horas por um voo em Nova York e nem desculpas pediram. O que querem fazer no Brasil é exatamente isso, seguir um modelo americano em detrimento a um modelo Europeu. Na Europa a cada par de horas que o voo é atrasado há uma quantia fixa a ser paga pelas companhias aos passageiros. no fim das contas o que querem é reduzir os direitos dos brasileiros.

  17. Denise

    Olá, gostaria de saber se vc pode me dar uma dica de onde me hospedar com crianças? A unica coisa certa que irei fazer por enquanto é ir visitar o zoologico de Lujan que fica bem distante de BA, porem quero ficar hospedada em Buenos Aires e conhecer a cidade por 5 dias! Desde já meu muito obgrigada! Denise

  18. Anderosn

    Ta loko, olhei hoje, as TAXAS são um absurdo, so Brasil mesmo, vc olha a passagem ida e volta ta 900 conto, mais taxa vai pra quase 1600 , que isso, vou ter seguranças armados que guiando ? que lixo vei.

    • Geovanne

      As txs aeroportuárias do Brasil comparadas com o resto do mundo, está na média ou msm até abaixo do preço praticado no exterior. Nas rotas pr a Argentina, o principal culpado são os hermanos que cobram txs bem superiores ao que é praticado no Brasil.

  19. Geovanne

    O que tem me assustado com relação as passagens pr a Argentina são os altos valores das txs de embarque dos aeroportos deste país.

    Hj eu estava procurando preços pr três colegas que querem viajar pr a capital portenha saindo de Belo Horizonte que agora tem voo direto pela Azul. A passagem pr o mês de agosto está em conta. Ida/Volta com pouso em EZE por 826,70 mais as txs. O problema é que só as txs custam 327,22 reais, um valor expressivo, ainda mais quando se leva em conta que nem sempre vc pode parcelar este custo no cartão de crédito. Quando vc discrimina os valores, vc descobre que o lado brasileiro cobra 62, 40 de txs e que o lado argentino cobra impressionantes 264,82 reais.

    Quando eu faço simulações no site da Latam pr as mesmas datas, as txs pr voos de ida/volta pr a Argentina cobram 385,38 reais, Santiago 264,81 que tb não é muito barato e Miami um destino super popular entre os brasileiros 336,60. Pela distância e valor médio das passagens cobradas, as txs de Miami são proporcionalmente uma bagatela comparado ao da capital portenha.

    Acredito que este problema em parte foi causado pelo modelo de privatização dos aeroportos argentinos que praticamente ñ gera concorrência, não custa lembrar que os dois aeroportos comerciais da grande Buenos Aires pertencem a msm empresa, sem contar que o poder concedente ñ parece ter dado muito atenção a um projeto que impedisse cobranças exorbitantes por parte da operadora.

    Buenos Aires é uma cidade maravilhosa, tem uma quantidade enormes de atividades pr fazer e a tarifa média, mesmo englobando as altas taxas de embarque, ainda são mais em conta quando se compara com os bilhetes pr os EUA e Europa. Mas de toda maneira, ñ deixa de assustar o turista que já pensa duas vezes antes de fechar a compra.

    O país deve contar no futuro próximo com uma ou mais empresas de baixo custo, a exemplo da Flybondi. Vamos ver como essas empresas vão lidar com os altos custo de utilização dos aeroportos. A Flybondi, inclusive, quer usar o aeroporto El Palomar pr ter custos mais baratos. É esperar pr ver!

Curtiu? Comente aí!