cultura2017

Programas culturais para começar 2017

Quem vem a Buenos Aires em janeiro deve saber pelo menos duas coisas: 1) faz um calor dos demônios; 2) a cidade fica meio deserta e muitos lugares estão fechados. Mesmo assim, há muito o que fazer na capital portenha neste mês de janeiro. Comece o ano com o pé direito, chapéu na cabeça e muito protetor solar. E aproveite as dicas culturais que selecionamos para você.

Programas culturais para começar 2017

Cinema

cultura2017Poucos brasileiros conhecem Gilda, a cantora argentina que se tornou um ícone nacional após sua morte prematura, em 1996. O documentário Gilda – no me arrepiendo de este amor, é a cinebiografia da cantora de cumbias, um filme obrigatório para mergulhar na cultura popular dos nossos hermanos. A Asociación Amigos del Museo Nacional de Bellas Artes fará várias exibições durante o mês de janeiro (confira aqui os dias e horários). A entrada custa 80 pesos e a AAMNBA fica na avenida Figueroa Alcorta 2280, Recoleta.

cultura2017De 12 de janeiro a 9 de março acontece a temporada 2017 do Cine al aire libre, promovido pelo ECuNHi (Espacio Cultural de las Madres de Plaza de Mayo), que funciona dentro do prédio da antiga ESMA (Avenida del Libertador 8465). Na telona, serão projetados clássicos do cinema mundial, como Uma Janela Indiscreta, de Hitchcock, e Hiroshima mon amour, de Alain Resnais. Sempre às quintas-feiras às 20h. Mais infos pelo fone +54 (011) 4703-5089

Artes visuais

A Fundación Proa apresenta a exposição Entre Nos – Crónicas de La Boca, que reúne mais de 300 obras sobre o bairro do sul portenho, várias delas de seu artista mais emblemáticos, Quinquela Martín. A mostra é uma verdadeira antologia do bairro, revelando-o em suas múltiplas facetas e em diferentes expressões, que vão das artes plásticas ao cinema, da gravura à fotografia. Aberto de terça a domingo até 8 de março. Entradas a $50 pesos. Menores de 12 não pagam.

cultura2017Ainda no sul, no bairro de San Telmo, o Museo de Arte Moderno de Buenos Aires (Mamba) mostra os trabalhos de dois artistas fundamentais do século 20: o espanhol Pablo Picasso e o argentino Antonio Berni. As exposições Antonio Berni – Revelaciones sobre papel, e Pablo Picasso – Más allá de la semejanza seguem em cartaz até meados de fevereiro. O museu abre de terça a domingo e a entrada custa $20, mas às terças é grátis.

cultura2017Já em Palermo, o Museo de Arte Latino Americano de Buenos Aires (Malba) traz uma exposição inédita sobre a arte modernista brasileira. São 150 obras pertencentes à coleção Fadel, um dos acervos mais completos do Brasil. Antropofagia y modernidad pode ser visitada até 26 de fevereiro. O museu abre todos os dias, exceto às terças. A entrada custa $100, mas às quartas é a metade do preço.

Música

cultura2017Já que verão combina com reggae, a dica é ver um show da banda argentina Nonpalidece, que toca na Trastienda Samsung nos dias 19 e 21 de janeiro (Balcarce, 460, San Telmo). Antes, dá uma conferida no som dos caras, aqui. Mais infos pelo fone +54 (011) 4342-7650.

cultura2017Já a DJ argentina Miss Bolivia vai tocar seu mix de cumbia e hip hop no Ciudad Cultural Konex no dia 12 de janeiro, às 19h. Escute o som da moça e, se curtir, garanta seu ingresso pelo Ticketek ou na bilheteria do Konex (Sarmiento, 3131, Abasto).

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

2 comentários

  1. Renata

    Estou indo no próximo mês, dicas anotadas 😉 Você sabe informar se já existe isenção da taxa de 21% dos turistas?

Curtiu? Comente aí!