Protestos em Buenos Aires

Post atualizado em

É bem comum que turistas presenciem alguns protestos em Buenos Aires durante a sua viagem, afinal na capital portenha as passeatas e manifestações fazem parte do dia-a-dia da cidade. O bom é que por aqui todo mundo consegue se expressar e se manifestar pacificamente, dificilmente há brigas ou violência nos protestos.

Então é bom se preparar para quem sabe, dar de cara com uma multidão de pessoas no meio da rua. Em algumas raras ocasiões tivemos que mudar o roteiro dos nossos tours por causa das manifestaçãoes. Tanto o Tour Buenas Noches como o Tour Lado B passam pelo Centro, e é por esses lados que as manifestações acontecem.

Protestos em Buenos Aires

Todo mundo sabe que o argentino se expressa muito, tanto falando como com as mãos. E como parte dessa característica de se expressar bastante, está a parte das manifestações. Na Argentina há manifestações de todos os tipos e todas são consideradas relevantes para a política e o desenvolvimento do país. Não é à toa que o termo “cacerolazo” surgiu nas terras dos hermanos. Em português o termo ficou como panelaço, mas foram os argentinos que começaram a bater nas caçarolas em 2011 devido à crise econômica que atingiu o país.

Mas o mais importante desse post é a dúvida que a maioria dos turistas tem: esses protestos podem atrapalhar a minha viagem? A resposta é simples, depende da hora e do local do protesto. A verdade é que dificilmente sua viagem vai sofrer alguma interferência por causa disso, você conseguirá seguir o seu roteiro tranquilamente, sem ser atrapalhado por alguma passeata. O máximo que pode acontecer é o taxista mudar o trajeto por causa da multidão.

Porém há protestos e protestos, né? A maioria das manifestações que acontece é pequena e não interfere muito, mas dependendo do problema pode ser que haja um protesto maior. Precisa saber quão indignada a população está com o assunto. Nesses casos de manifestações maiores, elas acontecem sempre em frente à Casa Rosada ou ao Congresso. Então é só você evitar essa área se souber de uma passeata ou algo do tipo.

O melhor jeito de saber se tem algo rolando é perguntando no hotel ou vendo a televisão. É claro que você não veio para Buenos Aires para ver TV, mas se quiser se inteirar rapidamente, recomendamos o canal TN, que é o número 14 ou 614 no canal HD. Além disso, é claro, você pode conversar sobre o assunto com o garçom, taxista, etc e aproveitar para treinar o seu portunhol.

Geralmente os bairros Recoleta e Palermo não são afetados, pois as manifestações costumam acontecer no Centro da cidade. Quando eu fui para Buenos Aires vi uma manifestação no Centro, fiquei observando as pessoas, o discurso, até tirei foto. Foi muito tranquilo e uma boa experiência sócio-cultural.

Se você acabar caindo no meio da manifestação, tente não se irritar com isso, afinal é mais uma característica da cultura argentina que você deve observar e tentar tirar algo disso. Pelo menos eu gostei de presenciar o povo se manifestando e pensar um pouco em como nós, brasileiros, agimos. Será que temos algo a aprender com os nossos vizinhos do sul?

Créditos da imagem de destaque: Shutterstock

Confira todas as nossas dicas de hotéis em Buenos Aires. São vários posts com resenhas, melhores bairros e muitas outras dicas.

Se está planejando sua viagem para Buenos Aires, não deixe de contratar um bom seguro viagem. Ninguém espera que algo aconteça, mas vai que acontece. Melhor estar prevenido, não é?!

COTAÇÃO DE SEGURO VIAGEM AQUI >>

E não deixe de conferir todos os passeios e ingressos que poderá comprar com antecedência. 😉


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *