Protestos em Buenos Aires

É bem comum que turistas presenciem alguns protestos em Buenos Aires durante a sua viagem, afinal na capital portenha as passeatas e manifestações fazem parte do dia-a-dia da cidade. O bom é que por aqui todo mundo consegue se expressar e se manifestar pacificamente, dificilmente há brigas ou violência nos protestos.

Então é bom se preparar para quem sabe, dar de cara com uma multidão de pessoas no meio da rua. Em algumas raras ocasiões tivemos que mudar o roteiro dos nossos tours por causa das manifestaçãoes. Tanto o Tour Buenas Noches como o Tour Lado B passam pelo Centro, e é por esses lados que as manifestações acontecem.

Protestos em Buenos Aires

Todo mundo sabe que o argentino se expressa muito, tanto falando como com as mãos. E como parte dessa característica de se expressar bastante, está a parte das manifestações. Na Argentina há manifestações de todos os tipos e todas são consideradas relevantes para a política e o desenvolvimento do país. Não é à toa que o termo “cacerolazo” surgiu nas terras dos hermanos. Em português o termo ficou como panelaço, mas foram os argentinos que começaram a bater nas caçarolas em 2011 devido à crise econômica que atingiu o país.

Mas o mais importante desse post é a dúvida que a maioria dos turistas tem: esses protestos podem atrapalhar a minha viagem? A resposta é simples, depende da hora e do local do protesto. A verdade é que dificilmente sua viagem vai sofrer alguma interferência por causa disso, você conseguirá seguir o seu roteiro tranquilamente, sem ser atrapalhado por alguma passeata. O máximo que pode acontecer é o taxista mudar o trajeto por causa da multidão.

Porém há protestos e protestos, né? A maioria das manifestações que acontece é pequena e não interfere muito, mas dependendo do problema pode ser que haja um protesto maior. Precisa saber quão indignada a população está com o assunto. Nesses casos de manifestações maiores, elas acontecem sempre em frente à Casa Rosada ou ao Congresso. Então é só você evitar essa área se souber de uma passeata ou algo do tipo.

O melhor jeito de saber se tem algo rolando é perguntando no hotel ou vendo a televisão. É claro que você não veio para Buenos Aires para ver TV, mas se quiser se inteirar rapidamente, recomendamos o canal TN, que é o número 14 ou 614 no canal HD. Além disso, é claro, você pode conversar sobre o assunto com o garçom, taxista, etc e aproveitar para treinar o seu portunhol.

Geralmente os bairros Recoleta e Palermo não são afetados, pois as manifestações costumam acontecer no Centro da cidade. Quando eu fui para Buenos Aires vi uma manifestação no Centro, fiquei observando as pessoas, o discurso, até tirei foto. Foi muito tranquilo e uma boa experiência sócio-cultural.

Se você acabar caindo no meio da manifestação, tente não se irritar com isso, afinal é mais uma característica da cultura argentina que você deve observar e tentar tirar algo disso. Pelo menos eu gostei de presenciar o povo se manifestando e pensar um pouco em como nós, brasileiros, agimos. Será que temos algo a aprender com os nossos vizinhos do sul?

Créditos da imagem de destaque: Shutterstock

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *