Rosedal – Buenos Aires

Nós já fizemos um post sobre os parques de Palermo, mas o Rosedal merece um post exclusivo de tão lindo e de tão fundamental que ele deve ser para seu roteiro de viagem para Buenos Aires. O local tem vários tipos de rosas, o que dá um certo romantismo para o passeio. Então pegue o seu amor e corre para lá!

Os parques de Palermo estão no nosso Guia Básico – O que fazer em Buenos Aires em 4 dias, e também, o Aires Buenos Tour passa por eles, mas o Rosedal merece um momento especial para tirar várias fotos para guardar para a eternidade. Então separe um dia da sua viagem para passear pelos parques e dê uma atenção especial ao Rosedal, depois venha aqui nos comentários nos agradecer!

Rosedal – Buenos Aires

Parques_Palermo_5

O Rosedal faz parte do conjunto de parques chamado Tres de Febrero, no bairro Palermo. Ele tem mais ou menos 3,4 hectares e conta com vários espaços para você conhecer, veja aqui;

Jardim dos poetas: esse jardim tem vários bustos de renomados poetas, tanto argentinos como de outras nacionalidades. Há esculturas com os rostos de William Shakespeare, Dante Alighieri, Alfonsina Storni, Paul Groussac, Federico García Lorca e Antonio Machado, etc.

Pátio Andaluz: ele fica em uma das entradas do Rosedal, dando uma decoração especial para a área. No local onde atualmente está o Pátio Andaluz funcionou durante muitos anos uma confeitaria chamada “El Pabellón de los Lagos”.

rosedal_4

Jardim de rosas: esse é o ponto central do Rosedal e é lá que se encontram os diferentes canteiros com infinitas e lindas rosas! O número de rosas que florecem durante a primavera é algo entre 12 a 18 mil, sendo que elas se dividem em 1.189 espécies. Haja foto para tanta flor!

Lago: um dos limites do Rosedal é um grande lago onde você pode passear de pedalinho ou alugar um barquinho para percorrer toda a sua extensão . Mas se sua opção for o barco, esteja preparado para remar!

rosedal_3

Ponte: sim, porque todo lago romântico precisa de uma ponte! Rsrs! A ponte do Rosedal tem parte de sua estrutura feita de madeira, foi construída de frente para o lago em 1914 e foi projetada pelo engenheiro agrônomo Benito Carrasco.

Museu Eduardo Sivorí: quem poderia imaginar que há um museu dentro do Rosedal? Pois é, tem sim e é o mais antigo da cidade! Entre as mais de 4.500 obras há tapetes, esculturas e coleções de desenhos. O local funciona de terça a sexta do meio-dia às 19h e aos sábados, domingos e feriados o museu abre as 10h e fecha também as 19h. Segunda-feira ele não abre e a entrada custa dez pesos, sendo que nas quartas e nos sábados a entrada é gratuita.

rosedal_1

O que não falta é lugar para conhecer dentro do Rosedal, que hoje é considerado um patrimônio cultural da cidade. Vale a pena alugar uma bicicleta e passear pelos parques de Palermo, mas lembre-se que não são permitas bicicletas no interior do Rosedal, por isso é bom se planejar para a visita! Uma ótima dica para quem está pensando em um passeio romântico é procurar o Henderson Moret para tirar umas fotos do casal! Ele é o fotógrafo oficial aqui do blog e faz um trabalho lindíssimo e diferente, um misto de tour e sessão de fotos. Com certeza você vai amar as fotos dele. Olha essa de cima e essa daqui, ele que tirou:

rosedal_2

A entrada para o Rosedal é gratuita (yey!) e o endereço de lá é Av. Sarmiento esquina com Av. Figueroa Alcorta. Para ir de metrô, desça na estação Plaza Italia da linha D, a verde, e caminhe duas quadras bem grandes. Se preferir ir de ônibus, essas são as linhas que passam por lá: 10, 12, 15, 21, 29, 34, 39, 41, 57, 59, 60, 64, 67, 68, 93, 95, 111, 118, 128, 141, 152, 160, 161, 188 e 194.

Aproveite e veja uma lista dos principais 10 pontos turísticos da Argentina para incluir na sua viagem.

E você, conhece o Rosedal? Também acha que é um ponto turístico obrigatório? Diga sua opinião nos comentários.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

20 comentários

  1. Camila

    Ola,
    Estivemos hj a tarde no Rosedal. O dia estava lindo, então tivemos um passeio delicioso, com pausa para tirar muitas fotos em cada cantinho lindo. Adoramos! Estamos em B.A desde 11/05 e voltamos p/ Capão da Canoa/RS em 16/05. Estamos apaixonados por B.A.

    Beijos

    • Túlio Bragança

      Que lindo, Camila. Ótimo saber que vc se apaixonou pela cidade. B.A. é um caso de amor com os brasileiros

  2. Camila

    Sonia, tivemos dias muito agradáveis. Nem frio, nem calor. Saímos pela manhã com blusa de manga cumprida e casaco. Como caminhamos bastante pela cidade, logo abriamos mãos do casaco. Mas acredito que em junho estará mais friozinho. Nós acompanhamos o clima pelo programa AccuWeather, programa de tempo do Samsung. Por lá tivemos muita noção de que roupas trazer a B.A, e foi certeiro.

    Abraço.

  3. Barbara Munic

    Eu sempre vou aí com meu namorado, mas geralmente em novembro. Agora pensei em ir em julho e agosto, será que estará aberto e com flores?

  4. Pingback: Viagem de 4 dias para Buenos Aires - Dica do leitor | Aires Buenos

  5. Pingback: Roteiro de 6 dias em Buenos Aires - Dica do leitor | Aires Buenos

  6. Pingback: Uma viagem que deixou saudades - Dica do leitor | Aires Buenos | Turismo, guias de viagem e segredos de Buenos Aires

  7. Pingback: Um Pedido de casamento em Buenos Aires | Aires Buenos | Turismo, guias de viagem e segredos de Buenos Aires

  8. Pingback: Mochilão por Buenos Aires - Dica do leitor | Aires Buenos | Turismo, guias de viagem e segredos de Buenos Aires

  9. Pingback: Jardim Japonês de Buenos Aires | Aires Buenos | Turismo, guias de viagem e segredos de Buenos Aires

  10. Rodolfo Farias

    Boa tarde Túlio, li em algum post que o Rosedal, Jardim japones e o Botânico não funcionam segunda feira. Essa informação procede ?! Abs

    • Túlio Bragança

      Rodolfo, Rosedal e Jardim Botanico fecham nas segundas. Jardim Japones está aberto todos os dias.

  11. Pingback: Guia de Palermo - Buenos Aires | Aires Buenos | Turismo, guias de viagem e segredos de Buenos Aires

  12. Norma Pasternak

    Eu e meu marido vamos todos os anos a Buenos Aires e sempre reservamos um dia pra curtir o Rosedal e o Jardim japonês. Esse ano vamos na primavera. Abçs

Curtiu? Comente aí!