segurança em buenos aires

Segurança em Buenos Aires: 6 dicas para viajar tranquilo

Pensar em Segurança em Buenos Aires é muito importante, mesmo a capital argentina sendo bem menos violenta se compararmos com qualquer outra cidade grande brasileira. Como toda grande cidade turística sempre tem os malandros querendo atrapalhar paz de suas férias. Por isso hoje vamos dar 6 conselhos de segurança em Buenos Aires.

A principal dica de segurança em Buenos Aires que podemos recomendar é atenção! Fique ligado! Não fique olhando as maravilhosas construções da cidade com a bolsa aberta cheia de dinheiro dando sopa. Por mais que a ideia seja relaxar, saiba que você vai precisar sempre manter “um olho no gato e outro no peixe”! Mas não é necessário paranóia. O problema de segurança em Buenos Aires é bem mais a malandragem dos golpistas do que roubos a mão armada, por exemplo.

Segurança em Buenos Aires: 6 dicas para viajar tranquilo

segurança em buenos aires

Policia de la Ciudad, é a força municipal que cuida da segurança em Buenos Aires

1. Segurança no Táxi

 

Sempre falamos e vamos repetir nossa recomendação número 1 sobre segurança em Buenos Aires: pegue táxis de companhias de rádio táxi, aqueles que têm o nome da empresa no letreiro no teto do carro e também na porta traseira. Dá pra pegar na rua mesmo, só prestar atenção para esses detalhes. Além de ter todo registro atrás do banco do motorista, eles também tem um número de carro da empresa. Caso ele tente aplicar um golpe você pode ligar e denunciar o taxista para a companhia. No geral os taxistas de radio táxi são mais camaradas.

segurança em buenos aires

Viu o letreiro em cima com o nome do rádio táxi? E perceba também que existe o nome da empresa nas portas traseiras.

Outra dica importante é sempre evitar pagar o táxi com notas de 500 pesos por exemplo. Vamos evitar!

Também recomendamos você pesquisar antes no Google Maps o trajeto que o táxi deve fazer e no momento em que entrar,  falar pro taxista o endereço e por qual avenida principal você prefere ir. “Vamos por Córdoba, por favor”, por exemplo. O taxista vai achar que você conhece o caminho e evitar dar aquelas voltas desnecessárias, que apenas aumentam o valor final da corrida.

Outra dica de segurança em Buenos Aires na hora de se locomover é pedir Easy Taxi, Uber ou Cabify. É o mesmo aplicativo que você usa no Brasil. Não precisa baixar nada a mais. Só não esqueça de desbloquear seu cartão de crédito para viagens internacionais. Veja mais no nosso post Usando Uber em Buenos Aires.

2. Não acredite em estranhos com ofertas imperdíveis


Isso você vai ver muito, principalmente na Calle Florida e no Caminito. Nossa recomendação de segurança em Buenos Aires é evite! Estranhos oferecendo uma oportunidade incrível, numa loja logo ali. Pode ser couro por preços baixíssimos, perfumes em promoção. É cilada, Bino! Se você cair nessa vai acabar comprando um produto de péssima qualidade na melhor das hipóteses, sendo que na pior você pode acabar sendo assaltado ou coisa do tipo.

Homarada, também cuidado com as moçoilas provocantes dando mole e chamando para um super show ali na região da Calle Florida e Avenida Córdoba. Já ouvi muitos casos de gente que foi nessa, acabou entrando numa casa muito estranha, cheia de brutamontes e pra sair de lá só pagando uma grana enorme de consumação.

Na hora de contratar passeios procure por referências. Aqui no blog já demos várias dicas de onde comprar couro e outras coisas que valem a pena comprar em Buenos Aires. Também temos Dicas de Shows de Tango além de uma parceria sensacional Aires Buenos + Turistando Buenos Aires, agência de turismo de muitos anos no mercado e com precinhos camaradas. Centenas de leitores já contratarem e só tem elogios. Bem melhor que sair pagando no meio da rua para alguém que você nunca ouviu falar e não tem referências.

3. Saiba sempre onde está seu dinheiro.

segurança em buenos aires
A recomendação de segurança em Buenos Aires aqui é não deixar todo o seu dinheiro junto em um local só. Deixe um pouco guardado no cofre do hotel, um pouco na carteira e não dê bandeira. Os ladrões em Buenos Aires têm a mão muito leve.

Além disso, saiba que não é necessário trocar todo o seu dinheiro logo no começo da viagem, troque um pouco primeiro e quando seus pesos estiverem acabando troque mais. Veja algumas casas de câmbio que recomendamos.

4. Não chame muita atenção

Talvez essa seja a dica de segurança em Buenos Aires mais difícil de seguir. Quando viajamos sempre ficamos muito animados e acabamos falando alto, gritando e consequentemente chamando atenção. Recomendamos você fazer sua viagem normal evite gritar ou falar muito alto em português na rua, dando gargalhadas, com uma câmera pendurada no pescoço. Principalmente no centro e San Telmo isso deve ser seguido com mais atenção. Sabia que em 2006 a filha do então presidente dos EUA, George W. Bush, visitou Buenos Aires e foi furtada em San Telmo mesmo tendo uma penca de segurança ao seu redor? Os caras são ninjas mesmo. Fique de olho!

5. La Boca

segurança em buenos aires
O bairro do Caminito e do estádio do Boca Juniors são pontos turísticos super famosos da capital argentina, mas essa é a área de segurança em Buenos Aires mais frágil. Vá, visite tudo, veja La Bombonera, o Museu Fundación Proa mas não se aventure muito pelas entranhas do bairro. Se quiser andar por ruas desconhecidas procure pelos bairros Palermo ou Recoleta,! A parte segura, com bastante turista e policiamento do bairro La Boca é apenas os arredores do Caminito e do estádios. Nos sábados e domingo o policiamento é maior, mas nos dias de semana isso diminui, as ruazinhas do interior do bairro ficam desertas e se tornam o local ideal para ação dos ladrões.

6. Deixe sua bolsa sempre próxima a você


Alerta de segurança em Buenos Aires básico, mas não custa lembrar. Não deixe sua bolsa em um banco da praça enquanto você for tirar uma foto. No restaurante, coloque-a em um local seguro e não pendurada na parte de trás da cadeira. É comum que muitos restaurantes tenham ganchinhos embaixo da mesa para você prender a bolsa ou a mochila. No metrô ou ônibus, deixe-a bem colada ao corpo, de preferência na sua frente. Já contamos em um post que minha irmã teve o dinheiro roubado de dentro da bolsa dela em pleno Cemitério da Recoleta, sendo que a bolsa ficou o tempo todo grudada no corpo. Os furtos normalmente acontecem quando você está desatento ou em uma muvuca, num local cheio de gente. Por isso, toda atenção é pouco!

Bônus Segurança em Buenos Aires: golpes comuns feitos com turistas

Golpe da meleca: Os assaltantes reconhecem os turistas de longe, tenha isso em mente. Nesse golpe da meleca eles identificam o turista e sem que ele perceba jogam uma meleca verde na roupa da pessoa. Você fica achando que é cocô de pomba, mas não é. É uma mistura de mostarda com qualquer outra coisa que fede muito mesmo, bem mais que um cocô de passarinho. Logo em seguida bons samaritanos se oferecem para ajudar a limpar, mas na verdade eles acabam segurando sua mochila enquanto você se limpa e a substituem por outra. Nosso amigo e fotógrafo Henderson Moret já passou por essa e quase teve seus equipamentos roubados.

Golpe da água: Nesse golpe o viajante recebe um banho de água e do nada uma pessoa começa a xingá-lo para provocar. Isso normalmente acontece com homens, pois o intuito é que a pessoa queira partir para a briga. Quando o viajante decide atacar algumas pessoas ao redor o seguram para evitar a pancadaria. Nessa de segurar os pertences são levados e ninguém percebe nada por causa do calor do momento.

Golpe do Vômito: Esse aqui é o cúmulo da criatividade dos golpistas portenhos. Um leitor mesmo comentou que quase foi vítima. Acontece no metrô. Uma pessoa aparentemente começa a passar mal e vomitar um líquido estranho. Nada mais que água. Aí todo mundo se desespera, rola um tumulto e no meio dessa bagunça a galera se aproveita e roubas as pessoas.

É importante deixar claro que golpes com turistas não são problemas de segurança exclusivos de Buenos Aires. Infelizmente qualquer grande cidade que receba um grande fluxo de turistas passa por isso. Paris mesmo é a capital desse tipo de crime. Tem malandro espalhado pelo mundo todo!

Outra coisa bem bacana em Buenos Aires que não encontramos muito no Brasil é o fato das pessoas andarem à noite sem se preocupar com assaltos. Isso é algo bem tranquilo afinal o transporte público funciona até mais tarde, então é comum vermos pessoas andando de madrugada pela rua.

Não deixe de ver o nosso vídeo com algumas dicas de segurança em Buenos Aires:

Caso você perder seus documentos em Buenos Aires ou for furtado, entre em contato com o consulado brasileiro. Aqui na página deles tem todas as informações.

Outra dica de segurança em Buenos Aires que não podemos esquecer é ir em alguma delegacia caso isso algo passe com você. É muito comum que em pequenos furtos, os golpistas apenas fiquem com o dinheiro e joguem seus documentos em pontos já conhecidos pelos policiais.

Aqui alguns endereços de delegacias de polícia de Buenos Aires:

Centro: Lavalle 451 ou Delegacia do Turista na Av. Corrientes 436.

San Telmo: Peru 1056.

Boca: Pinzón 452 ou Av. Regimiento de Patricios 1142.

Recoleta: Av. Gral. Las Heras 1861.

Palermo: Av. Santa Fe 4000 ou Av. Raúl Scalabrini Ortiz 1350.

Villa Crespo: Camargo 653.

Veja um mapa no Google com Todas Delegacías de Polícia de Buenos Aires.

E você, já presenciou algum problema de segurança em Buenos Aires? Conte para nós nos comentários!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

2 comentários

  1. Lucas Araújo

    Passei por uma tentativa de golpe na Calle Florida que foi tensa. Uma menina me abordou na rua e disse que havia acabado de inaugurar uma bar muito legal ali pelo centro e que já tinha se tornado um point de turistas e etc. Depois de hesitar muito, fui lá e quando cheguei, logo me disseram que era um bordel e me ofereceram uma bebida amarela. Não tomei a bebida, agradeci as explicações e falei que ia embora. Porém disseram que eu teria que pagar 300 pesos pela bebida e por ter entrado no bar/bordel e logo me recusei. Depois de muita gritaria e de ter jogado a bebida fora não vi outra alternativa pra escapar: dei um soco na barriga da cafetina e saí correndo. Lembro que uma das prostitutas tentou correr atrás de mim, mas fui mais rápido. Galera, NUNCA aceitem coisas que te oferecem no meio da rua, principalmente no Centro, mesmo que pareça algo nada suspeito.

Curtiu? Comente aí!