passeios em bariloche

Passeios em Bariloche

Afim de curtir neve e passeios em Bariloche? Essa cidade da Patagônia argentina é referência quando falamos em esportes e passeios na neve na América Latina. A brasileirada, que chora de emoção quando vê neve, geralmente tem seu primeiro contato com ski lá.

Falamos com o pessoal do Dubbi, uma plataforma colaborativa de viajantes, que trouxeram pra gente dicas dos principais passeios em Bariloche.

Passeios em Bariloche

Estação de esqui Cerro Catedral

passeios em bariloche
Se o primeiro contato com a neve dos brasileiros acontece durante passeios em Bariloche, muito se deve à estação de esqui e snowboard localizada no Cerro Catedral, um dos morros mais imponentes da cidade argentina, a 20 km do centro de Bariloche. Trata-se de uma estação de esqui pioneira na América Latina.

A alta temporada é no inverno, de junho a setembro. Mas sabemos que atualmente é muito difícil prever qualquer tipo de comportamento climático, portanto consulte sempre o site da estação para saber se está aberta ou não. Passeios de esqui a partir de R$ 175 por pessoa.

A estação de esqui é o principal passeio em Bariloche, sendo perfeitamente possível passar um dia inteiro em suas dependências. A agenda de eventos é cheia, desde atividades radicais como corrida e escalada na neve, até a tradicional Fiesta Nacional de La Nieve.

O local possui dois restaurantes (La Roca e Punta Princesa), ambos encravados na parte superior da montanha e rodeados por neve, de onde se tem uma vista magnifíca de todo o complexo. Eles oferecem o melhor da culinária patagônica.

Além da estação de esqui
Os passeios em Bariloche não se resumem à estação de esqui. Assim como toda a Patagônia, possui uma variedade de passeios em meio à natureza e também boas opções de bares e restaurantes.

Natureza

passeios em bariloche
Para os amantes de trilhas, existem várias delas em Bariloche que contemplam essa paixão. No já mencionado Cerro Catedral, por exemplo, dá para chegar no cume da montanha principal, que tem 2.400 metros de altura. Mas atenção que não é tão simples: o acesso é feito por meio de escaladas na rocha. Igualmente dificil é o Cerro Tronador, o mais alto de Bariloche, com 3.491 metros.

O Parque Nacional Nahuel Huapi, com o lago Nahuel Huapi como ator principal, é um dos melhores passeios em Bariloche para quem quer fugir um pouco da neve. A costa toda recortada dos lagos cria um visual único, que ainda oferece de brinde uma água azul cristalina. Algumas praias são formadas ao redor, sendo a Bahia Serena um ponto certo para descansar embaixo das árvores.

Se você gostou desse lago, não deixe de visitar o Cruce de Lagos, uma região formada por vários lagos que se extende até o Chile. São eles o lago Blest, a Cascata dos Cântaros e o lago Frías (esse último tem a opção de canoagem). Roteiros que levam o viajante para a pesca controlada de trutas são bastante procurados.

É fácil encontrar uma trilha em Bariloche, mas a mais frequentada pelos turistas é a que leva ao topo do Cerro Campanario, com 1.049 metros de altitude. É possível chegar ao topo por caminhada ou por teleférico. Lá do alto é possível ver a Cordilheira dos Andes em sua mais plena forma, além de lagos como Nahuel Huapi e Moreno.

Mais dicas de ski na região no post completinho do Get Outside: Esqui em Chapelco

Na cidade

passeios em bariloche
Para finalizar os passeios em Bariloche, reserve pelo menos um dia para a cidade propriamente dita. O centro é repleto de lojas uma mais bonita que a outra, mas o que vai chamar mesmo a atenção são as que vendem chocolate quente, ideal para espantar o frio da Patagônia. Dois museus em especiais merecem uma visita: o do Chocolate e o de Paleontológico. À noite, todos restaurantes de Bariloche irão oferecer um cardápio com muitas carnes, peixes como truta e salmão, e maravilhosos fondues.

Crédito da imagem de destaque: Shutterstock

Veja posts de Salta, Mendoza e Bariloche na seção Outros Destinos

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

6 comentários

  1. Aryane

    Olá, eu vou para Buenos Aires e vou passar 11 dias lá, queria saber se tem como ir à Bariloche por um ou dois dias de Buenos Aires e depois voltar? Agradeço desde já.

    • Túlio Bragança
      Author

      Não compensa. Viagem longa e cara. Melhor seria ficar mais dias pra valer a pena.

  2. Celina Till

    Olá, vou a Bariloche inicio agosto. estou lendo que em alguns sites que não preciso trocar reais por peso. Porque eles aceitam bem nosso dinheiro, isso é verdade? Estou confusa. obrigada

  3. camila

    Tulio eu tenho a mesma dúvida da Aryane, é cara a saída de Buenos Aires mas caro quanto? Cara se possível faz um post falando um trajeto pra quem quer ir pra BA e ficar uns dias em Bariloche.
    qual condução? Qual valor? Como faço para ir e voltar
    beijos

    • Túlio Bragança
      Author

      Maneira mais barata é ônibus. A gente nunca foi pra lá. Quando isso acontecer certamente teremos um post

Curtiu? Comente aí!