De carro

Viagem de carro à Argentina

A gente já escreveu aqui sobre viajar de ônibus para Buenos Aires e já demos algumas dicas sobre os dois aeroportos, para quem chega voando. Mas que tal uma viagem de carro para a Argentina?

Reunimos a seguir algumas dicas essenciais para quem está planejando encarar uma aventura de carro a Buenos Aires ou outro lugar da Argentina. Será um tantinho burocrática, mas certamente inesquecível.

Tudo o que você precisa saber para uma viagem de carro à Argentina

viagem de carro a argentina

A primeira coisa que você precisa saber antes de pegar a estrada rumo a Buenos Aires é que alguns documentos serão necessários:

– Carta Verde. Não, não se trata da PID, a Permissão Internacional para Dirigir – que, aqui, não é exigida. Trata-se de um seguro obrigatório contra terceiros para rodar nos países do Mercosul, que você deve contratar por alguns bancos ou com um corretor de seguros pelo tempo que estiver no exterior. É bom estar atento para a data de vigência e quem sabe deixar uma folga, para o caso de qualquer imprevisto na viagem.

– Carteira Nacional de Habilitação, que o motorista obviamente deve trazer (dentro da validade, porfavor!), não se esqueça também da Carteira de Identidade, já que a primeira não exclui a segunda. Na Argentina, como você sabe, brasileiros não precisam necessariamente mostrar o passaporte. Mas o RG tem que ser original, bem conservado e com foto atual. Ou seja: nem pense em tentar passar aquele velhinho, de quando você era criança. Mais informações no nosso post “Documentos para viajar para Buenos Aires”.

– Certificado de Registro e Licenciamento do Veículo original.Veículos também precisam comprovar documentação. Se o carro não estiver no nome do motorista, o proprietário terá que assinar uma autorização e registrá-la em cartório com firma reconhecida. Caso o veículo seja financiado, não esqueça de consultar a financeira ou o banco para conseguir essa autorização. Se você sua viagem de carro para a Argentina é com seu próprio fica mais fácil.

o que fazer em jujuy 4

Fique tranquilo, essa estrada é em JUJUY! O caminho até Buenos Aires na verdade é super reto

Para cruzar a fronteira e entrar em terras argentinas, o automóvel deve contar com alguns itens de segurança obrigatórios. Além dos básicos já exigidos nas estradas brasileiras (cinto de segurança nos bancos da frente e de trás, placa legível, faróis e lanternas funcionando direitinho, estepe, macaco, triângulo e chave de roda), aqui você também é obrigado a portar um extintor de incêndio dentro do prazo de validade e um triângulo adicional.

Os policiais rodoviários argentinos costumam ser bem mais exigentes que os brasileiros, e há relatos de motoristas sobre a obrigação de apresentar kit de primeiros socorros, estepe duplo, correntes para pneus em lugares onde pode nevar, cabo de aço ou cambão de 3 metros para rebocar veículos, apoio de cabeça em todos os bancos e um item no mínimo polêmico: dois lençóis brancos para cobrir possíveis vítimas de acidentes. Como nada disso está incluído na lei argentina, teoricamente você não precisaria trazer.

Mas sempre há o risco de topar com um policial sedento por propina na sua viagem de carro para a Argentina – e aqui, falamos de suborno mesmo, não da famosa “gorjeta” em espanhol -, por isso fica a seu critério se garantir quanto a esses itens extras.

De carro

Senta o pé pra Argentina! Crédito: Shutterstock.com

Dica: se você tem uma picape equipada com aquelas grades de proteção ou engates para reboque, cuidado. Acessórios não-originais são de uso proibido na Argentina.

Aos que viajam com crianças pequenas: o uso de cadeirinha é lei, assim como no Brasil. E aqui não é aceita a certidão de nascimento, só o RG ou passaporte, mesmo que seja criança de colo. Menores de 18 anos só podem viajar acompanhados do pai e da mãe. Se um dos dois estiver ausente, não se esqueça de pedir uma autorização especial e reconhecê-la em cartório. Mais info no nosso post de Documentos para viajar para Buenos Aires: o que precisa?

Para não ter erro, legalize todos os documentos no Ministério das Relações Exteriores/Itamaraty, que tem escritórios regionais em várias cidades do Brasil.

Por último: lembre-se de ter moeda local em mãos, pois depois de cruzar a fronteira seus realitos não serão aceitos nos pedágios.

No mais, é aquela história de sempre: dirija com cuidado, respeite o limite de velocidade e jamais beba antes de sentar no banco do motorista na sua viagem de carro para a Argentina!

Buen viaje!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

76 comentários

  1. Suéllen da Costa Gomes

    Eu e meu marido fizemos essa viagem ano passado de carro, e foi uma delícia! Na época as passagens aéreas estavam muito caras, e com o mesmo valor a gente conseguiu tranquilamente abastecer e pagar o pedágio. Sem contar que pudemos conhecer vários lugares, que de avião iria dificultar um pouco. Optamos também em fazer a travessia de Buquebus em Colônia do Sacramento.
    O trajeto foi o seguinte: Telêmaco Borba-PR > Gramado-RS > Pelotas-RS > Punta Del Este-Uruguai > Buenos Aires > Santa Fe > Corrientes > Foz do Iguaçú-PR > Telêmaco Borba

    Levamos o tal do cambão, um segundo triangulo e kit de primeiro socorro. Também fizemos na nossa seguradora a Carta Verde, até onde pesquisamos ele é obrigatório nos países do Mercosul. Fomos parados duas vezes somente: uma entre Santa Fe e Corrientes onde o guarda tentava nos vender um material didático. A outra foi já perto de Foz querendo saber pra onde a gente tava indo e porque fizemos todo esse trajeto, mas em nenhum momento foi pedido proprina.
    Ah, e as estradas por onde passamos, tanto no Uruguai, quanto na Argentina, estavam em bom estado.
    Pra nós valeu muito a pena ir de carro!

          • Olá Eduardo. Estou pensando em fazer esse mesmo roteiro em julho/agosto do ano que vem. Contudo, lendo informações em alguns outros blogs fiquei apreensiva com a questão do tempo (neve). Após o seu retorno, você poderia me passar dicas/informações úteis quanto a esse aspecto? Meu e-mail: dany.macedo@gmail.com .Desde já agradeço.

          • Thiago

            Eduardo e Danielle, bom dia. Estou me preparando para fazer essa viagem em Agosto/2017 e também gostaria de obter informações sobre Restaurantes, Hotéis/Hostel, Pousadas para ficar. Pretendo fazer essa viagem com a minha esposa. E se alguém que for viajar essa época, quiser montar uma caravana, vamos mantendo contato. Meu e-mail: thiago.a.s.souza@hotmail.com

          • André Luiz

            Olá pessoal boa noite, meu nome é André, também estou me preparando para viajar em julho/2017 saindo daqui no dia 14/07/2017 em direção a Buenos Aires com a minha família, eu, minha esposa, meus 4 filhos, minha sogra e minha cadelinha. Se alguém também for sair nessa data, vamos conversando.
            OBS: vou sair daqui de Rio das Ostras-RJ
            rw.empresarial.ltda@gmail.com

    • Jaime

      Suélle, boa tarde. Nas abordagens, o pessoal averiguava todo o carro ou só pediam os documentos?

    • crismalia

      ola estou indo para Buenos aires sabado que vem….estou na duvida qual seria o melhor caminho….indo pelo sul porto alegre ou indo pelas cataratas em foz do iguacu…help …..rs

    • Marla Ramos

      Oi boa tarde Suelen,eu e meu marido pretendemos ir de carro esse mês,só temos dúvidas quanto aos documentos necessários para atravessar a fronteira pois o carro pegamos a pouco tempo mas ainda não está em nosso nome,mas posso pegar uma autorização com o antigo proprietário,agora temos dúvidas quanto ao valor que iremos gastar com gasolina +pedágios e algum lugar para dormir.
      Meu WhatsApp 22 99821-3988,somos do Rio de Janeiro.
      Meu e-mail é marla.ramos@me.com

    • Aline

      Minha família e eu pretendemos fazer uma viajem até Buenos Aires de carro agora em julho, saindo de Santa Catarina. Gostaria de algumas informações sobre a carta verde, os pedágios, restaurantes, onde trocar moedas…. Meu email é aline__mm@hotmail.com

  2. Minha esposa e eu fizemos essa viagem em 2002 com uma perua Santana Quantum. Sofremos muito com o calor sem ar condicionado, comodidade com que eu estava acostumado quando viajava pela Argentina a trabalho e usando um carro do escritório da empresa em Buenos Aires. Como trabalhei lá de 1995 a 2008, sempre viajando pelo interior, resolvi ir de carro para dar um gostinho à minha esposa de quão linda é a Argentina. Mas como eu não conhecia bem o Brasil, escolhi uma rota com trânsito muito complicado e perdemos um dia de viagem pois a ideia era ir direto de São Paulo até Puerto Iguazu, em Misiones, mas tivemos que pernoitar em Guarapuava.
    No dia seguinte chegamos a Puerto Iguazú e lá ficamos dois dias, um dia para cada um dos parques – brasileiro e argentino – no entorno das cataratas.
    Em seguida saímos de Puerto Iguazú e fomos direto a Posadas. Quase tivemos problemas com a Gendarmeria, no posto de controle logo no início da Ruta Nacional 12 (RN12) por causa da adaptação do veículo às exigências apontadas pelo Túlio. Mas eu estava acostumado com o jeito deles pelos anos de experiência por aqueles pagos. E como eu tinha bom traquejo com o castelhano, tudo se resolveu com um papo amigável – os argentinos do interior são pessoas super simples e bastante amigáveis, muito parecidas com os brasileiros do nosso interior – e depois de uns 10 ou 15 minutos de papo fomos autorizados a seguir viagem. Almoçamos em um restaurante já meu conhecido, em Montecarlo, com comidinhas caseiras bem saborosas e com praticamente todo o cardápio – exceto as massas recheadas, como capeleti e revioli – vindo do sítio do dono. Chegamos em Posadas no meio da tarde,tomamos um banho e fomos passear a pé. Minha esposa ficou admirada da quantidade de árvoras pela cidade e também pelo jeito “certinho” da divisão da cidade em quadras, fruto do planejamento que existe em todas as províncias argentinas: quarteirões do mesmo tamanho.
    Na manhã seguinte fugimos dos planos pela primeira vez e fomos visitar as ruínas de Santo Ignacio Mini, lugar muito bonito e passeio recomendado. Almoçar por lá é que foi complicado: muitos lugares para turistas. Acabamos almoçando em uma parrilla de beira de estrada onde eu esperava encontrar algo com sabor mais local e nos demos bem: churrasco com salada mista e,,, mandioca frita!!! (come-se muita mandioca em Misiones) Voltamos para Posadas. (onde se come muito bem também, inclusive com deliciosos peixes de rio na parrilla – o surubi é imperdível!)
    Com o encantemento da minha esposa com as cidadezinhas argentinas, no dia seguinte uma nova quebra no roteiro original: ao invés de irmos para Corrientes eu a levei para conhecer Encarnación, cidade paraguaia que fica defronte a Posadas cruzando o rio Paraná pela ponte internacional. Ela realmente ficou bastante decepcionada com a comparação e nem da comida paraguaia ela gostou! Acabamos voltando para a Argentina e fomos até Ituzaigó, Província de Corrientes, para tomar um sorvete e para que ela tivesse o gostinho de ver como eram as paisagens de planícies intermináveis que a gente encontra por quase todo o resto do país.
    Próximo dia: o início da volta.
    RN12 de novo para o pernoite em Iguazú, onde pernoitamos e nos despedimos do surubi na parrilla.
    E bem cedinho partimos de volta direto para São Paulo, via Cascavel, Maringá e Ourinhos, de onde pegamos a Rodovia Castelo Branco até em casa.

    Se eu fosse fazer essa viagem atualmente, eu entraria por Uruguaiana/Paso de Libres → Corrientes → Posadas → Puerto Iguazú/Foz do Iguaçú.
    Passeio bem bacaninha que eu recomendo!

  3. Pingback: Por que as passagens para Buenos Aires estão tão caras? | Aires Buenos | Turismo, guias de viagem e segredos de Buenos Aires

  4. alcione lopes ruiz

    olá pessoal
    eu sou professora e me encantaria conhecer Buenos Aires de carro também, devido o preço das passagens aereas.
    moro no interior de São Paulo e voces poderiam me ajudar?
    viajaria com meus filhos e marido.
    o que precisaria?
    qual melhor caminho?
    quais cidades seriam melhores para pernoitar e que lugares no caminho seria interessante conhecer?

    grata aguardo resposta

    alcione

    • Túlio Bragança

      Oi, Alcione! Diria para vc calcular bem os gastos pq nem sempre pode valer a pena. Uma parada em Foz do Iguacu seria uma boa ou em POsadas na Argentina. O melhor caminho imagino que seria esse. Mas nunca fizemos de carro, ficamos em dívida

    • Thiago Souza

      Alcione, bom dia. Também moro no interior de São Paulo – Piracicaba. Estou me preparando para fazer essa viagem em Agosto/2017 juntamente com a minha esposa. Gostaria de montar uma “caravana” para realizar essa viagem e, poderíamos amos manter contato. Meu e-mail: thiago.a.s.souza@hotmail.com

  5. FLAVIA CARDOSO

    Já estive em Buenos Aires mas de avião ,mas estarei montando pra 2017 ir de carro pois eu e meu marido gostamos de viajar de carro .
    Estarei anotando suas dicas obrigada

  6. Andre Zain

    ola pessoal quero ir agora em dezembro partindo de SC, estou na duvida se desço Punta del leste, Colonia Sacramento, Buenos aires e Mar del plata, ou se vamos a Mendoza direto, se alguem tiver dicas uma pergunta tenho que tirar o engate do carro ou pode ir de boa?

    • Túlio Bragança

      Oi, Andre! Mendoza está a cerca de mil km de Buenos Aires, seria uma viagem bem longa.

      Eu sinceramente cortaria Mar del Plata, em dezembro é lotadíssima, com preços caros e a praia em si é bem feia. Não é a toa que os argentinos amam as praias de SC. Mas de resto acho um belo passeio descer até Punta, passar em Montevideu, quem sabe ir na Bodeza Bouza ou outra que tem visita guia e degustacao, depois Colonia e ai pegar o barco pra Buenos Aires.

  7. Fernando Aldrighi

    Fazer esta viagem de carro, com certeza deve colocar na rota uma parada em Punta Del Este.
    Alguns falam em fazer a travessia usando o BuqueBus. Mas estão cientes dos valores ?
    Claro que a expressão Caro e Barato tem significado diferentes para cada um.
    Mas no meu caso, que serão 4 pessoas pagantes (eu, esposa e duas filhas),
    o custo fica próximo dos R$ 800,00 (ida e volta, para os quatro, sem o carro).
    Fazer a volta por terra, indo de carro, será BEM menos que este valor.
    O problema talvez seja os guardas corruptos argentinos.
    Alguém foi a Argentina, recentemente, de carro, sem usar a travessia de BuqueBus ?

    • Túlio Bragança

      Fernando, vamos deixar aqui seu comentário para ver se alguém pode ajudar. A maioria das pessoas que sabemos que vem de carro pelo Uruguai ou atravessa com o carro ou deixa ele num estacionamento de Colonia. Buenos Aires é uma cidade onde nao é necessario ter carro, vc se vira bem a pé e com transporte público.

      • Eli

        Ah, pretendo fazer de carro em julho de Florianopolis a BS, pelo litoral do Uruguai. Pensei nessa opção de deixar o carro em Colônia, mas estou meio perdida. Saio de Montevideo e como faço pra deixar o carro em Colônia??? Vamos em 3 ou 4 carros pra ficar uns 4,5 dias em Buenos Aires. Será que compensa financeiramente deixar os carros no estacionamento ou atravessa-los de balsa?? Obrigada Tulio.

        • Túlio Bragança

          Eli, essa é uma conta complicada. Infelizmente nao sei o preço de deixar os carros em Colonia. De repente vc pode ate ver com algum hotel ou local de lá o que recomendam. O valor para atravessar com o carro é alto. mas sinceramente nao vale muito a pena se vc nao planeja viajar de carro na Argentina.

          • Fabricio

            Custo entre 10 e 15 reais por dia, no estacionamento do próprio Buquebus, bem perto do terminal Buquebus.
            A travessia do automóvel de Buquebus é muito cara, não compensando levar o carro, e o taxi em BA é muito acessível.

  8. Fernando Aldrighi

    Pra quem vem de longe, passar pela cidade Pelotas (cidade que moro) é uma boa opção, além de boas opções de restaurantes a cidade é conhecida por seus doces deliciosos. Depois indo a Chui, passarão pelo Taim que é uma reserva ecológica, então a paisagem deverá ser ímpar para muitos. Já em Chui, tem os free shopping, que sempre é válido uma parada para o passeio de compras, nem que seja para comprar Nutella (quem não conhece e gosta de chocolate… tem que experimentar).
    Algumas dicas encontrarão neste link: http://vidadeviajete.com/do-rio-a-buenos-aires/

    Eu procuro informações de entrar na Argentina de carro – sem fazer a travessia de Buquebus – e chegar em Buenos Aires.
    O que me preocupa são os guardas corruptos.

  9. Lorena

    Mar del plata é uma cidade linda que vale a pena conhecer! tem uma estrutura turistica ggrande, parques, praias abertas com dunas e é uma cidade que nunca dorme, com muitas opções culturais.

  10. Angela Bedhung

    Olá pessoal! Extremamente úteis todas as informações aqui – os textos são muito bons e explicativos. Parabéns!

    Como os comentários também são bacanas e construtivos, queria dividir com vocês algumas questões:
    Passaremos o Natal/16 em Córboda. Iremos de carro: eu, meu marido e nossa pequena (7 anos, nem tanto..rsrsrs)…Estou à cata de informações.

    Como somos do RS, pensamos no trajeto: SC – Cruz Alta/RS – Uruguaiana/RS – Paraná ou Santa Fé – Córdoba.

    Mas esses itens obrigatorios e não obrigatorios no carro, estão me endoidando…rsrsrs… Temos uma empresa (eireli), e o carro está na Pessoa Juridica. Como iremos fazer uma autorização da empresa para o proprietário dela assinar, se auto autorizando a viajar com o carro?

    Parece piada né…mas não acho a orientação pra isso. Se alguem tiver uma luz, agradeço muito!

    • Túlio Bragança

      Angela, acho que não tem mistério não. Leve documentos provando que vc é dona da empresa e pronto. Eles não costumam implicar muito não.

  11. Silvia

    Olá! Ja fomos duas vezes de carro ate BA, uma vez fomos ate Mendoza e outra ate Salta. Amamos as viagens… saimos de Campinas , dormimos em Foz , Posadas .
    Outra viagem fomos por Uruguaiana e a estrada estava terrivel. Sera que continua assim??
    Se alguem quiser dicas dessas viagens, estou à disposicao…adoro estradas!!!

    • Daise Angélica

      Silvia, sou de Hortolândia e vou fazer esta viagem para Buenos Aires por Foz do Iguaçu, em abril de 2017. Me envie mais informações, por favor. Já colhi várias aqui, mas como moramos em cidades vizinhas, talvez sua experiência seja mais proveitosa. Obrigada.
      E-mail: daiseangelica82@gmail.com

  12. Bruno

    Ola pessoal, estou planejando, juntamente com meu pai, fazer essa viagem, mas moramos em Recife , é chão, porem nao ha problema, pretendemos ir em julho!! É um bom mês, no que se refere a clima e temporada?? Estou sempre lendo, buscando dicas, pois sera fundamental, quanto a rota, o que levar, onde ficar e etc e tal.. Agradeço desde ja, quem puder me enviar informaçoes meu e-mail é .. Bruno.gomes86@hotmail.com. obg

  13. Luiz Alberto Rodrigues Pereira

    Suéllen, eu pretendo ir com minha esposa e minhas duas filhas para a Argentina em Agosto de 2017 de carro. Poderia me dar mais dicas?
    Elas querem ver neve rsrsrs e estou vendo os locais onde ocorrem neve na Argentina e que não sejam tão caros.

    Meu e-mail luiz_rope@yahoo.com.br

  14. LUCAS NUNES DE MORAES

    Pretendo fazer essa viagem saindo do interior de São Paulo (vale do paraíba). Gostaria de dicas de locais para dormir e percursos indicados. Quero ir por Foz Iguaçu e depois seguir até Buenos Aires. Eu, filho e esposa.
    Já fiz outras viagens longas, mas nunca atravessei a fronteira.
    Minha dúvida é como calcular o custo dessa viagem, pois não quero me perder nesse item!

  15. Victor Oliveira Jr

    Adorei as dicas do Blog. Parabéns. Estou planejando também fazer essa viagem de carro, saindo de São Paulo. Pretendo ir até foz do Iguaçu pela Castello Branco até Ourinhos, depois sigo em direção a Cascavel até chegar em Foz. Pretendo passar um dia lá para conhecer as famosas Cataratas. No outro dia pretendo seguir viagem e a partir daí estão as minhas dúvidas: quais estradas pegar, valores dos pedágios, e locais para dormir. Em resumo, o que devo fazer até chegar em Buenos Aires. Agradeço quem puder me orientar. Obrigado

  16. Aline

    Olá ! Boa noite!
    Gostaria de dicas sobre estacionamentos em Buenos Aires, fechei com minha família um hotel, mais ele não tem!
    Agradeço !

    • Túlio Bragança

      Aline, no centro tem vários. É extremamente não recomendável alugar carro na cidade pq os estacionamentos sao bem caros. Caso vc venha de carro próprio, sugiro deixar ele no estacionamento o tempo todo pq sair com ele pode ser problema

  17. Jardel Sousa

    Boa noite, estou indo para a Argentina agora no mês de março, estou saindo de Brasília, o google Map’s me indica duas rotas, uma por Foz do Iguaçu/ Paraguai / Argentina e a outra por Rio Grande do Sul / Uruguai / Argentina.
    Bom eu gostaria de fazer uma rota passando pelo Rio Grande do Sul e entrando direto na Argentina pela cidade de Uruguaiana ou Barra do Quarai.
    Se alguém puder me dar informações ficarei muito grato.
    Jardel e Família

    • Túlio Bragança

      beleza, Jardel. ´Só colocar no google maps o caminho até Uruguaiana entao e dali cruzar a fronteira. Boa viagem

  18. Rosani

    Boa tarde! Fui agora em fevereiro para Argentina, sai de Curitiba e cruzei por Uruguaiana/ RS. A estrada parte do Brasil a está ruim, não dirigir a noite na Br 290 que pegamos para chegar em Uruguaiana, está mal sinalizada, cuidado! Deveríamos ter ido por São Borja (Brasil )BR 285 e atravessar para Argentina por Santo Tomé primeira cidade da Argentina, onde você pegará a Br 14 para chegar em Buenos Aires. As estradas da Argentina estão ótimas, atravessando por São Borja você pagará pedágio de 50,00 reais, que no caso em Uruguaiana não se paga para atravessar a ponte da divisa mas compensa pela Br estar em bos condições.
    A policia na Argentina funciona bem, seja a policia ou o exercito, eles ficam sempre embaixo dos viadutos e fomos parados 2 vezes, levem a carta verde, kit de primeiros socorros, cambão, um colete refletivo e se seu carro for financiado ou leasing tem que levar um termo do banco onde o carro foi financiado, eles pedem isso (só ligar no banco e falar sobre a viagem que eles irão te orientar). Existe bastante pedágio para se chegar em B.A. Levar em pesos, pois não aceitam nem cartão de crédito. Bom levar 1.200 pesos para combustível e 250,00 pesos para pedágios. Sair do Brasil com tanque cheio, pois como será comprado os pesos no Brasil a troca fica 3 por 1, já na Argentina a troca fica 5 por 1, compensa levar pesos suficientes para se chegar em B.A . Posto de combustível na Br 14 na Argentina são raros, não deixe para abastecer quando chegar na reserva. Dica ir por São Borja e voltar por lá e se precisar pernoitar ficar no Ibis da cidade de Não- me toque, paguei 117,00 para duas pessoas com café da manhã, para se chegar na cidade ir por Carazinho, pois meu GPS me mandou por um meio rural tenebroso. Precisando fico a disposição para ajuda-los

    • Michele Scorcio

      Rosani, td bem? poderia me dizer para lugar da argentina vc foi e qual foi o gasto total de combustivel que v c teve?, estamos pretentendo viajar de carro saindo do Rio de Janeiro para Bariloche. Obrigada

    • Keren araujo

      Boa tarde Rosani, eu com minha família iremos fazer essa viagem agora dia 17 de julho de 2017 saindo do Pará, iremos em 10 pessoas e 2 carros, estamos tentando traçar uma rota com estradas boas, poderia passar teu e-mail pra tirar umas dúvidas com vc, apesar de vc ter explicado bem… vou ficar no aguardo meu zap é
      93 991504890….. abraço.

  19. Marla Ramos

    Boa noite,pretendo fazer essa viagem de carro com meu marido e dois filhos,sairemos do Rio de Janeiro…temos dúvidas,vcs tem noção do valor total previsto que iremos gastar em reais para gasolina+pedágios?Isso para ida e volta
    Se puderem nos passar dicas de rotas,hotel e etc eu seria muito grata
    marla.ramos@me.com
    Meu WhatsApp 22 99821-3988

  20. André Luiz

    Olá pessoal, boa noite, alguém sabe me dizer se posso viajar com reboque, pois vou com um carro de 7 lugares e não tem muito lugar para bagagem!??

  21. wILSON

    Atenção para quem viajar com carro novo. Aqui no Brasil o extintor de incêndio não é mais obrigatório, portanto alguns carros novos vem sem este acessório. Na Argentina ” la policia camineira” normalmente cobra este item.

  22. Sandra

    Olá pessoal
    Vamos viajar na ultima semana de abril. Vamos fazer diversas paradas, Montevideu, Buenos Aires e por ultimo Mendonza onde passaremos uma semana lá. Porem estou com um problema, o hotel que reservamos em B.A não tem estacionamento, alguém sabe me indicar garagem ou estacionamento acessível? Alguém que ja foi nessa época, sabe me dizer o clima em Mendonza e cordilheira dos Andes, quantos graus?

  23. Lucas

    Boa tarde. Pretendo alugar um carro no Brasil e ir para Buenos Aires. Alguém poderia me passar informações a respeito?

    Lucas

    • Túlio Bragança

      Lucas, seria legal ver qual companhia aceita isso. Sabemos que algumas ali em Foz do Iguacu autorizam,

  24. João Carlos Branco Pinheiro

    Estou saindo dia 07/06/17 com destino a Buenos Aires, passando pelo Uruguai.Alguém poderia me ajudar quanto a travessia do buquebus por Colônia? Queria saber se é melhor deixar o carro em Colônia, ou atravessar para Buenos Aires?
    Segue contato: jaobranco@gmail e Whatsapp:(22)98823-6184

    • Túlio Bragança

      Joao, depende pra onde vc vai depois. Se vc volta pela Argentina o melhor é trazer o carro. Caso vc volte depois pro Uruguai recomendo deixar num estacionamento em colonia.

  25. Keren araujo

    Bom dia, eu e minha família pretendemos fazer essa viagem de carro saindo dia 17 de julho do Pará, iremos em dois carros e estamos tentando traçar a rota, agora q vi as dicas no blog tenho algumas dúvidas, gostaria de receber algumas dicas e tirar umas dúvidas nesse emai..
    Karen_itb@hotmail.com

  26. Evelyn

    Boa tarde, eu e meu namorados estamos querendo fazer uma viagem de carro Foz do Iguaçu – Buenos Aires – Montevideu e gostaríamos de algumas dicas.
    Tem alguma cidade legal entre Foz e BA para fazermos uma parada para conhecermos e dormirmos?
    POr qual rota temos que fazer a travessia para o Uruguai por terra que não seja de balsa pela Colonia (vimos que a travessia é bem cara e preciso atravessar de carro pois vou voltar pelo RS)?
    Qual a média de preço da gasolina na Argentina?

    • Túlio Bragança

      Evelyn, Concordia fica mais ou menos no meio do caminho e pode ser um bom ponto de parada.

      Se quiser ir de carro vc deve ir até GUaleguaychu, cruzando a ponte que chega a Fray Bentos no Uruguai. Calcule se vale a pena porque sao 600 km de distancia ate Montevideu, por exemplo.
      Sobre o preco da gasolina, está ao redor de 20 pesos hj em julho.

  27. Olá, estou indo para Buenos Aires em uma semana, vou até Foz de Iguaçu de carro e pego avião no aeroporto de Puerto Iguazu até Buenos Aires, poderia me dar dicar de como melhor proceder? Como posso pegar um onibus de Foz até o aeroporto em Puerto? Sai muito caro um taxi?
    Última coisa, posso entrar na Argentina com meu carro que está no nome da minha mãe? E teria como pagar estacionamento no aeroporto de lá pra deixar o carro?
    Obrigado desde já.

    • Túlio Bragança

      Rodrigo, vamos por partes.
      – acho melhor vc deixar o carro em Foz. Pra cruzar com carro que nao é seu vc precisa de uma autorizacao do dono.
      – Táxi de Foz até aeroporto de Puerto Iguazu é um pouco caro sim. Se vc tiver tempo recomendo pegar um onibus de linha mesmo até o centro de Puerto Iguazu e de lá um onibus até o aeroporto. Ele fica bem afastado da cidade.

  28. Pingback: Documentos para viajar para Buenos Aires: o que precisa? | Aires Buenos | Simplesmente tudo sobre Buenos Aires

  29. ROBERTO CESAR

    olá boa tarde, estou programado uma viagens de ferias em janeiro, querendo fazer poa/montivideu/buenos aires porem irei alugar um carro em locadora oficial tipo localiza/movida teria problemas nas passagens de fronteiras

    • Túlio Bragança

      Roberto, acho que pode ter problemas sim. Recomendo vc ligar na locadora. Tb nao acho q vale a pena vir de carro para a Argentina desde o Uruguai. So vale se vc for explorar o interior, pra ficar em Buenos Aires nao vale mesmo.

Curtiu? Comente aí!