Carmelo Uruguai e a Alnatural Posada

Buenos Aires é uma cidade linda e bastante urbana. É muita gente, barulho e concreto disputando o mesmo espaço. É exatamente isso que faz dela um lugar tão cosmopolita e efervescente. Porém, muitos turistas que visitam a capital argentina nem imaginam que bem pertinho também existem lugares tranquilos para aproveitar a natureza e relaxar.

Foi querendo escapar da loucura portenha e em busca de relax que chegamos a Carmelo, uma charmosa e pacata cidadezinha de 20 mil habitantes que fica no Uruguai, a apenas 3 horas de viagem de barco saindo de Buenos Aires (no final do post explicamos como chegar). Bem na beira do Rio de La Plata, a região é conhecida pelos seus inúmeros hotéis e resorts, praias de rio e aquele clima de interior. Fica a cerca de 90 km de distância de Colonia del Sacramento, outro famoso destino turístico uruguaio. É um passeio muito bom para quem visita Buenos Aires por um longo período, quer conhecer um lugar novo e ganhar um carimbo do Uruguai no passaporte.

Lá 90% da sua experiência vai depender do hotel que você escolher. Como a cidade é pequena e as partes mais bonitas do rio ficam longe do centro, o melhor é mandar bem na hora de ver onde ficar. Por causa de suas ótimas notas no Trip Advisor e no Boooking, nós escolhemos a Alnatural Posada e não podíamos mais ter acertado! Nunca imaginaríamos que esse lugar seria tão lindo e revigorante.

Veja nosso Guia O que Fazer no Uruguai para ter um roteiro fechadinho do que fazer, curtir, conhecer, onde comer e se hospedar nesse hermoso país.

AlNatural Posada

carmelo uruguai

O Alnatural tem apenas 5 quartos e fica na beira da Lagoa Solís e também a menos de 200 metros do Rio da Prata. Ele fica em Nueva Palmira, uma cidade do lado de Carmelo, que é ainda menor: só 10 mil habitantes. Todo projetado de maneira ecológica, com painéis solares e total aproveitamento da luz natural com suas paredes de vidro, a Alnatural é um recantinho super intimista para quem quer esquecer do mundo.

carmelo uruguai

Atílio e Carolina, os donos da pousada, são outra atração a parte. Não bastasse toda a estrutura do lugar, os dois tem um dom natural de receber e agradar os hóspedes. Chegamos numa sexta à noite e eles fizeram questão de nos buscar no porto de Carmelo. Quando comentei que estávamos lá pelo aniversário da Paula, em poucos minutos eles conseguiram arranjar uma torta doce e uma velinha para cantar os parabéns, além de nos presentear com uma garrafa de Medio y Medio, uma bebida típica do Uruguai que junta espumante e vinho branco! Ou seja, já nos conquistaram de cara na chegada!

carmelo uruguai

Acordar do lado da lagoa do lado da Alnatural Posada foi uma sensação incrível. Poder ver todos os patos voando e nadando, além dos periquitos que voavam a todo tempo buscando galhos para seus ninhos era algo que faz tempo não via. Se quiséssemos podíamos pegar um caiaque para nos aventurar no lago, mas preferimos dar uma explorada pela região.

carmelo uruguai

Os donos tem duas cachorrinhas super dóceis que disputam a atenção dos hóspedes. Uma delícia pra quem gosta de cachorro! Se você der bola elas te acompanham pra todo lado. Nós mesmos um dia pedalamos uns 10 km com as duas vindo atrás!

carmelo uruguai

Depois de comer o café da manhã sensacional de lá, que tem uma deliciosa medialuna de lavanda que nunca tinha visto na vida, saímos para percorrer o lugar de bicicleta elétrica.

carmelo uruguai

Km Zero

Essa região que a pousada fica é conhecida como Quilômetro Zero. É bem ali que nasce o gigantesco Río da Prata, o rio mais largo do mundo. Nessa zona se juntam os rios Uruguay, Paraná e Negro. Muitos dizem que é toda um lugar cheio de energia, já que são muitas águas que se reúnem no mesmo ponto.

carmelo uruguai

Pertinho da Posada está um monumento desse Km Zero, que também homenageia Juan Díaz Solís, o explorador espanhol que  descobriu o lugar. Foi ele que em 1516 viu o nascimento do rio, mas logo foi morto pelos índios por ali mesmo.

carmelo uruguai

Outra figura importante da história que passou pelo mesmo lugar foi Charles Darwin, que em 1833 descobriu umas formações estranhas num barranco do lado do rio. Hoje existe uma placa nesse local e dá pra ver essa formação. Um monte de conchas marítimas numa região que está há uns 400 quilômetros do mar. Vai entender!

carmelo

Mas atração imperdível mesmo é o por do sol no Rio. Já tinha visto um dos mais bonitos da minha vida quando visitei Colonia. O por do sol de Carmelo está no mesmo nível de beleza. Como o sol se põe em cima do Rio ou em cima do território argentino, dependendo de onde você olha, o espetáculo é de cair o queixo.

carmelo uruguai

Carmelo no Uruguai – a cidade

Pegamos um táxi da pousada até Carmelo para dar uma volta na cidade. Como em todo interior do Uruguai, parece que tudo parou no tempo. Uma pracinha com uma igreja e um monumento estranho, pequenos comércios e poucos restaurantes. Paramos na lanchonete Piccolino, que estava bem movimentada, para almoçar e tomar uma cerveja Patrícia. Não sou especialista em cerveja, mas acho as marcas uruguaias sensacionais! Prove se tiver a chance!

carmelo uruguai

A cidade ainda tem um portinho, por onde chegam os barcos de Buenos Aires, e uma praia de Rio, chamada Playa Seré. Como fomos em julho, o clima não estava lá muito de praia. Mas deu para dar uma boa andada e ser acompanhado pelo cachorro do local.

carmelo uruguai

Como chegar

carmelo uruguai

Para chegar a Carmelo o melhor é o barco direto, que sai da cidade de Tigre na região metropolitana de Buenos Aires. A empresa Cacciola Viajes que vende as passagens. Eles tem um serviço de transfer direto de Buenos Aires para Tigre, que deixa os passageiros bem na entrada da Estação Fluvial.

São dois barcos por dia. No site deles tem as opções de horários e preços. Eles também fazem pacotes para alguns hotéis da região, mas recomendo demais ficar no Alnatural Posada! Infelizmente a Cacciola não é uma empresa lá muito moderna. É preciso ir até o escritório deles que fica na Av. Córdoba 755, centro de Buenos Aires, para comprar a passagem. São dois barcos diferentes que fazem o trajeto. Um bem grande e amplo e outro pequenininho e mais lento, depende tudo do horário.

Outra maneira é ir de Buquebus até Colonia del Sacramento e de lá fazer a conexão de ônibus da empresa até Carmelo. O único problema é o tempo, quase 5hs de viagem nessa opção.

Só sei que me apaixonei pela cidade. Já tinha visitado Carmelo em 2009, mas não tinha ido par aos lados sua zona rural e o lado tão bonito do Rio de la Plata. Deu vontade de comprar um terreninho lá do lado da Lagoa Solís, fazer uma casinha simples e responder todas as perguntas e dúvidas do blog direto de lá. Porque afinal nada melhor do que se embrenar num mato que tenha wifi!

carmelo uruguai

Esse post até parece que é patrocinado de tanto que falamos bem da cidade e da Alnatural Posada, mas não é. Na verdade ficamos tão encantados pelo lugar e pela história de seus donos que não podíamos deixar de compartilhar aqui com os leitores.

Outra opção de escapada para a natureza é a cidade de San Antonio de Areco, 200 km de Buenos Aires. Veja os posts:

San Antonio de Areco, tranquilidade e relax bem perto de Buenos Aires

Paradores Draghi, o lugar para ficar em San Antonio de Areco 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

18 comentários

  1. Anna Lídia Macedo

    Oi Túlio td bem? Eu e meu esposo estamos programando viajar a Buenos Aires pela primeira vez em outubro e queremos ir até o Uruguai tb. O que você acha melhor, barco até Montevideo ou passeio até Carmelo? Nós também gostamos de passeios tranquilos e aconchegantes. Percebi que para Carmelo não é o mesmo barco que vai até Montevideo, estou correta? As empresas também são diferentes né. E só mais uma pergunta, como é o clima na Argentina no mês de outubro. Grata. Parabéns pelo blog!!!

    • Túlio Bragança
      Author

      Oi, Anna! Olha, depende muito do que vc quer. Se vc quer conhecer uma cidade grande, capital de um país, o melhor é Montevidéu. Agora se vc prefere mais algo mais pacato e com natureza, recomendo Carmelo. As duas empresas fazem esse para os dois destinos, mas para Carmelo a melhor é a Cacciola Viajes. Para Montevideu eles tem uma conexao de ônibus saindo de Carmelo, que no fim deixa todo o trajeto bem longo (Carmelo-Montevideu de [onibus sao umas 3h). Já o Buquebus é o ideal pra MOntevideu, pra Carmelo eles tem uma conexao de ônibus para quem pega o barco até Colônia, ou seja, mais ou menos 1 horinha de viagem a mais além do tempo no barco. Espero que tenha ficado claro! Em outubro o clima é muito bom, primavera!

    • Túlio Bragança
      Author

      Que ótimo, Debora! Nao esquece de pedir pro dono, Atílio, cantar um tango! haha

    • Túlio Bragança
      Author

      los perritossss! Nossa, pareciam dois funcionários da pousada pagos pra ser ciccerones

  2. edinalvamagalhaes

    Oi Túlio! Nossa que viagem linda vocês fizeram, hein? Que fotos lindas! Realmente deu vontade de conhecer!

  3. Tulio, muito bacana a descrição e as fotografias. Ah, e os “funcionários” são lindos demais!!!…rsss….. Dá mesmo vontade conhecer. Na viagem que farei em dezembro para Buenos Aires não vai dá para conhecer. Carmelo, mas já está na minha listinha para quando eu puder desbravar o Uruguay….rsss….. Valeu pelo post!!! Ah, e mais uma vez, muito obrigada por tirar minhas dúvidas lá no Instagram.

  4. Boa noite Tulio, tudo bem?
    Primeiro parabéns pelo blog e pelo conteúdo! Muito completo.

    Minha pergunta: estamos programando para ir a buenos aires na metade de agosto… achas que esta crise na argentina pode ser ruim para nossa experiência? (por exemplo, valores mais altos) ?

    Abraços e obrigado!

    • Túlio Bragança
      Author

      Guilherme, imagino que pro turista pouca coisa muda. O peso deve desvalorizar mais e a inflação aumentar.

  5. Pingback: Four Seasons CarmeloAires Buenos

  6. Georgia Franco

    Olá Túlio,
    Carmelo parece ser maravilhoso e a pousada com los peros, nossa! Estou pensando em levar minhas filhas de 9 e 14 acha que é apropriado? Queria fazer Buenos Aires, Montevidéu e Carmelo a época seria Janeiro. Que pensas?

    • Túlio Bragança
      Author

      Georgia, imagino que deve ser ótimo para crianças. Em Carmelo é essencial escolher um bom hotel, assim os pequenos podem aproveitar bem o verde, os animais e o rio.

  7. Beto Oliveira

    Oi Tulio, estivemos há pouco em Montevideo e Colonia. Agora em Agosto, iremos para Buenos Aires e com uma grande vontade de fugir até Carmelo. Desde que assisti “Dos Hermanos”, fiquei tentando a conhecer Carmelo e a viajar pela Cacciola. Os horários é que são muito complicados. Estamos pensando em cruzar o rio até Colônia e a partir daí conhecer Carmelo. O que te parece? Gracias pelo Blog.
    Beto Oliveira

    • Túlio Bragança
      Author

      Oi, Beto! Curto muito Carmelo. Tem dias que até penso em me mudar pra lá. Mas saiba que é muito pacata mesmo. Dá pra vc pegar um onibus em Colonia até lá ou até mesmo alugar um carro, fica uns 50km de distancia. Recomendo muito pegar um hotel bom, ir na vinícola Narbona, a fábrica de azeite de oliva e andar pela cidade. Esse filme é muito bom! nem lembrava que Carmelo aparecia lá.

Curtiu? Comente aí!