Sattva

Sattva: restaurante vegetariano em Buenos Aires

Comer na capital argentina é sempre uma festa. Embora prevaleçam as culinárias italiana, espanhola e criolla (leia-se: parrillas, empanadas e outras delícias nacionais), há de todas as etnias, para todos os gostos e bolsos. E, como não poderia faltar, também há os restaurantes vegetarianos em Buenos Aires!

De uns anos pra cá, a culinária sem carne parece ter triplicado neste que é o país da carne. Mas poucas casas mantêm o nível do Sattva, nossa mais recente e feliz descoberta em Buenos Aires.

Sattva: restaurante vegetariano em Buenos Aires

Sattva restaurante vegetariano em Buenos Aires

No meio do burburinho central.

Já passava das onze da noite quando saímos de uma sessão no cine Gaumont (por sinal, de um filme péssimo, mas com Darín no elenco). Estávamos famintos. A ideia era caminhar até a Corrientes e comer uma pizza na Guerrín, ou algo do gênero, quando topamos com um neon verde que dizia “Restaurante vegetariano”. Entramos.

Sattva é uma palavra do sânscrito que pode significar tanto pureza quanto consciência. Nas minhas leituras sobre Ayurveda, lembro que se falava em três gunas ou forças vitais: Rajas, Tamas e Sattva (dá uma googlada pra sacar do que se trata). Esta última seria a energia da inteligência e do equilíbrio. E é essa a proposta do restaurante vegetariano que fica nos números 372 e 446 da calle Montevideo, a passos da Corrientes (as duas sedes ficam a meia quadra de distância).

Sattva restaurante vegetariano em Buenos Aires

Pão integral e patê de cenoura pra abrir o apetite.

Aqui, tudo é preparado na hora, com produtos orgânicos e livres de transgênicos. Para beber, além de sucos e infusões naturais há cervejas artesanais e vinhos produzidos com uvas sem agrotóxico. As criações são super elaboradas, deliciosas e nutritivas, como a entradinha de cogumelos com cebola, pimentão, azeitona, lascas de queijo e salada crua. De prato principal, pedimos uma polenta grelhada com queijo brie e portobello salteado. Tudo maravilhoso (no sabor e na apresentação), pena que esqueci de fotografar (tsc, tsc).

Apenas um porém: à noite, o menu à la carte não é dos mais econômicos, além de a casa cobrar $15 de cubiertos por pessoa (aquela maldita taxa que ninguém entende direito). O garçom, simpaticíssimo, disse que o restaurante abre também para almoço. Voltamos lá essa semana para conferir.

Sattva restaurante vegetariano em Buenos Aires

A torta do dia com salada crua de acompanhamento.

Na hora do almoço a coisa é diferente, porque há sempre duas sugestões de pratos com preço fixado em $70 e não há cobrança de cubierto, o que é ótimo. O Eli pediu a torta do dia (de abóbora com especiarias) e eu e um amigo pedimos uma cazuela de arroz yamaní (o menos refinado dos arrozes) com abóbora e queijo gratinado. Para dividir, uma jarra de limonada com gengibre. Riquíssimo!

Sattva

Minha panelinha de arroz yamaní. Nham!

Ao meio-dia há pouca variedade, mas no fim das contas é bom, porque garante que tudo seja fresco e os pedidos não tardem muito a chegar. À noite é um tanto mais demorado, mas juro que a espera vale a pena.

restaurante vegetariano em Buenos Aires

Meat is murder: Morrissey, o garoto-propaganda 🙂

O legal do Sattva é que fica no agito do centro, sendo uma opção tanto para um almoço saudável e relaxante em meio ao caos, quanto para um jantar mais leve depois do teatro ou cinema. Com o Darín no elenco, ou sem.

Sattva
Calle Montevideo 446. Centro
Aceita somente dinheiro.
Página oficial: http://www.sattva.com.ar/

Veja um post com outros 5 restaurantes vegetarianos em Buenos Aires.

E leia todos nossos posts de restaurantes de Buenos Aires.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

1 comentário

  1. Pingback: Guia do Centro de Buenos Aires | Aires Buenos | Turismo, guias de viagem e segredos de Buenos Aires

Curtiu? Comente aí!