Buenos Portenhos: Maurício Fernandes

Essa semana quem vem dar o ar da sua graça na seção Buenos Portenhos é o santista-porteño Maurício Fernandes. Jornalista, atualmente trabalhando numa agência de publicidade, ele é outro que como eu está sempre na conexão Gonzaga-Palermo. Além de dividirmos a paixão por um chopp gelado em Santos, o Maurício também conhece ótimos cantos de Buenos Aires.

É com você, pibe!

“Sabe aquela parrilla sensacional na Dorrego? Não? Melhor assim. Tenho ciúme dos lugares, mas vamos lá com algumas dicas porque o inexorável Aires Buenos merece:

Albamonte

Este restaurante fundado em 1945 fica ao lado do Cemitério da Chacarita, o maior da cidade, mas bem menos conhecido pelos turistas do que o da Recoleta.

Nunca vi um estrangeiro em todas as vezes que fui comer lá, portanto, não espere atendimento em português. Por outro lado, comida boa é garantida. Indico o arroz com mariscos, muito bem feito, ainda mais se levarmos em conta a dificuldade de encontrar frutos do mar na cidade. Além da qualidade, preço honesto. O lugar também é famoso pelas pizzas.

Endereço: Av. Corrientes, 6735  -Chacarita.
Site: http://www.guiaoleo.com.ar/restaurantes/Albamonte-114

El Boliche de Roberto

El boliche de Roberto

O bar não é totalmente desconhecido para turistas, mas é dos poucos que conseguem manter a tradição do tango. Sempre há dois shows, músicos mais novos tocam mais ou menos às 22h e os experientes entram pouco depois da meia-noite. Não há gente dançando, nem espaço!

Antes de mais nada, deixo uma música para entrar no clima. E como dizem, se esta não fizer o seu peito tremer, não gaste seu tempo com o tango.

[youtube=http://www.youtube.com/watch?v=AJosu-ksleE&feature=related]

Endereço: Bulnes, 331 – Almagro.

Orsai Bar
O bar tem o mesmo nome de uma das minhas revistas preferidas do mundo. A Orsai nasceu como um blog de um argentino que vivia na Espanha e hoje já contou com textos de Nick Hornby e fotos de Marcos López. Além disso, outro dado bacana é que a publicação não tem publicidade e intermediários.

No bar, há apresentações de bandas interessantes e o ambiente é bem bacana.

Endereço: Humberto Primo, 471 – San Telmo.
Site: https://www.facebook.com/OrsaiBar

Club Cultural Matienzo

É um centro cultural no bairro de Colegiales, pertinho de Palermo. Lá, além de cursos, tocam algumas das melhores bandas do cenário alternativo da Argentina. Vale ver a programação e passar no youtube para conferir a banda do dia e não entrar numa fria.

Mesmo se não gostar, você ainda pode passar para tomar uma cerveja na aconchegante cobertura da casa.

Endereço: Matienzo, 2424 (esquina com Av. Cabildo) – Belgrano.
Site: http://clubculturalmatienzo.blogspot.com.ar/

Café Vinilo

Ao contrário do Matienzo, sempre lotado, aqui é possível ver um show sentado e com uma boa visão. O Café Vinilo fica na parte de Palermo um pouco menos explorada pelos turistas, mais perto do Bairro Norte e da Recoleta. Ao contrário do que o nome indica, é um pequeno e aconchegante teatro que conta com um restaurante na parte da frente da casa.

Lá, você pode ver boas bandas como La Cosa Mostra:

[youtube=http://www.youtube.com/watch?v=VfuDv7ofv2Y]

Endereço: Gorriti 3780 – Palermo
Site: http://www.cafevinilo.com.ar/

Ótimas dicas, Sr Maurício!

Para ver todos os outros personagens da seção Buenos Porteños, clique aqui.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Curtiu? Comente aí!