O que esperar de Buenos Aires em 2014?

Podem falar mal de argentino à vontade, mas se tem uma coisa que eles sabem fazer muito bem é vender atrações turísticas e torná-las atraentes.

O tempo vai passando e uma coisa não muda: os turistas não deixam de visitar a capital argentina. Passa ano, entra ano, passa crise, entra crise, Buenos Aires continua um dos principais destinos turísticos da América do Sul. Pensando nisso resolvi dar uma de Mãe Dinah e fazer um exercício de futurologia.

O que esperar de Buenos Aires em 2014?

Rosedal - Buenos Aires para Crianças

Clima

O verão 2013-2014 está batendo recordes na cidade. A onda de calor no final de dezembro foi a mais quente dos últimos 100 anos, gerando caos elétrico e muitos cortes de luz. A previsão continua a mesma até o fim de março, com temperaturas bem altas. É bem comum estar acima de 30 graus à meia-noite.  O calor só vai amenizar mesmo no fim de março. Já o inverno pega mais pesado em julho. Pra mim as melhores épocas para visitar a cidade são no outono e primavera, quando chove menos e o clima é uma delícia.

Câmbio

A cada dia que passa o peso vale menos em comparação ao real. Isso por dois fatores básicos: a inflação argentina e a desvalorização cambial imposta pela equipe econômica argentina. Em 2013 o peso desvalorizou quase 30%. Junto a isso existe a proibição de troca de moeda oficial, o que gerou todo um mercado negro. Facilmente percebido por qualquer turista que passa pela Calle Florida. Se o ritmo continuar assim, a coisa vai ficar pior para os argentinos e melhor para os turistas que trocam dinheiro no mercado paralelo. Mas não seja sem noção e se informe um pouco. Aqui três coisas que você precisa saber antes de aventurar no câmbio negro.

Comida

O bife de chorizo, o dulce de leche e os helados vão continuar dominando a culinária portenha, mas ultimamente raramente vemos alguma nova parrilla abrindo. As pizzarias andam dominando, afinal são muito mais baratas. Uma pizza alimenta com o mesmo preço muito mais gente do que um bife de chorizo. A Avenida Corrientes, por exemplo, está cada vez mais cheia delas. Por um lado é ótimo, já que são mais baratas, mas por outro é bastante entediante. Outras modas gastronômicas que chegaram em Buenos Aires para ficar são as cafeterias modernas, nada daqueles sem graça que ficam em esquinas, o clássico brunch e os restaurantes de portas fechadas.

Cultura

Depois do sucesso enorme das exposições do Ron Mueck na Fundación Proa e da Yayoi Kusama no Malba, os museus devem aumentar ainda mais as opções. O Malba tem Mario Testino a partir de março, por exemplo. Na música, o Lollapalooza passa pela primeira vez na Argentina. Em junho chega o Cirque du Soleil. Isso sem falar no BAFICI, festival de cinema, que é sensacional a cada ano.

Para comprar ingressos, transfer e passeios, conheça a parceria Aires Buenos + Turistando Buenos Aires, um atendimento feito por brasileiros.

Confira todas as nossas dicas de hotéis em Buenos Aires. São vários posts com resenhas, melhores bairros e muitas outras dicas.

Se está planejando sua viagem para Buenos Aires, não deixe de contratar um bom seguro viagem. Ninguém espera que algo aconteça, mas vai que acontece. Melhor estar prevenido, não é?!

COTAÇÃO DE SEGURO VIAGEM AQUI >>

E não deixe de conferir todos os passeios e ingressos que poderá comprar com antecedência. 😉

 

95 comentários em “O que esperar de Buenos Aires em 2014?”

  1. Ola Galera gostaria de saber se tem alguem indo agora final mes para Buenos vou dia 29 qualquer coisa me avisem por e-mail encontraremos-la

    Responder
  2. Túlio! tudo bem?? Fui pra buenos Aires em agosto e adore! Tenho planos de me mudar e fazer faculdade de arquitetura ai… Vc acha que está absurdo conseguir emprego? Que não devo bem cogitar isso? Adorei o clima de buenos Aires .. E se não for para Argentina, irei para irlanda.. Gostaria de mais dicas para mudança definitiva!

    Responder
    • Alain, difícil dizer. Tem muita gente fazendo faculdade, mas nem sempre é fácil conseguir emprego. Sugiro vc entrar no grupo do Facebook “Brasileiros em Buenos Aires”, que a galera pode te ajudar.

      Responder

Deixe um comentário