Buenos Aires com bebês

Seguro Viagem Geral

Que tal se arriscar a viajar para Buenos Aires com bebês? A capital argentina é uma cidade fascinante para essa aventura! Aqui vão 7 dicas para curtir sua viagem com família!

Se quiser um roteiro pronto para a sua viagem nós podemos te ajudar! Temos o Guia Básico: 4 dias em Buenos Aires para quem nunca visitou a cidade e quer conhecer os pontos turísticos tradicionais, e também temos o Guia Lado B dos pontos turísticos de Buenos Aires, para quem quer ir além e visitar pontos que tenham mais a alma dos locais.

Buenos Aires com bebês

1- Escolher a cia aérea e pesquisar a política da empresa:

Toda cia. aérea tem uma política especial para o passageiro que viaja com bebês ou crianças, desde a tarifa ao tratamento a partir do embarque. Cheque bem cada detalhe (especialmente a documentação necessária para a viagem), pois algumas cias. permitem chegar até o portão de embarque com carrinho, outras não. Algumas oferecem embarque preferencial e até menu infantil, necessaire e bichinho de pelúcia para o bebe. O melhor é sempre verificar no site da empresa ou ligar diretamente e tirar todas as dúvidas, pois quando se viaja em família, é melhor estar prevenido e o mais informado possível.

2- Hospedagem em hotéis “baby friendly”:

A cidade de Buenos Aires oferece um leque imenso de opções de hotéis, desde hostel bed and breakfast até hotéis boutique de luxo. Porém quando se viaja com bebês, o importante é um quarto confortável e com ducha com espaço para a banheira. Verifique esse tipo de informação com o hotel pois em muitos quartos, os boxes são quadrados pequenos que as vezes mal cabe uma pessoa!

3- Parques e praças:

buenos aires com bebes

Parque de la Ciencia em Palermo

Toda a capital portenha está repleta de parques e praças arborizadas. Uma novidade na cidade é o “Parque de la ciencia” em Palermo. Podemos considerá-lo uma atração à parte para os pequenos. Na primavera, parques ficam repletos de jovens e famílias desfrutando a manhã e a tarde. Volta e meia são realizados eventos gratuitos para crianças. Por exemplo na Plaza Francia, que aos sábados, além da feira de artesanato, tem teatro de fantoches e muita diversão ao ar livre!

4- Museus e centros culturais:

Foto: Shutterstock

Além do “Museo de los Niños” no Shopping Abasto, existem muitas opções culturais pela cidade. Nem sempre especialmente voltadas para o público infantil, porém nunca é cedo demais para passear com a família nos belos museus da cidade. Desde os bairros onde estão, passando pela arquitetura, até as obras expostas, Buenos Aires e seus museus são fascinantes para qualquer idade.

5- Eventos ao ar livre:

Foto: Henderson Moret

Quando a temperatura volta a subir na cidade, a quantidade de eventos ao ar livre cresce exponencialmente. Isso é uma alternativa excelente para passeio pois quase todos têm faixa etária livre e são repletos de atrações para todas as idades. Feiras de gastronomia, de artesanato, de teatro, cinema, etc tomam conta das manhãs e tardes, especialmente nos finais de semana. Para saber mais sobre, é só buscar na página do governo da cidade e sites como o vuenozaires.com. Sempre bom lembrar que nossos tours do Aires Buenos são atendem tanto os pequenos como os mais experientes. O passeio Lado B de Buenos Aires, por incluir um fotógrafo oficial, é sempre uma boa pedida para garantir lindos clicks com os filhotes! Veja também sobre nosso tour noturno Buenas Noches.

6- Restaurantes, bares e cafés:

Buenos Aires é considerada a Paris da América Latina e isso traz à cidade uma característica muito interessante, porém não muito atraente para quem viaja com bebê: a presença de estabelecimentos muito, mas muito pequenos e intimistas. Nem todos os restaurantes estão prontos para receber grandes grupos de pessoas e muito menos uma família com todo o seu equipamento (quem viaja com bebê sabe bem a que me refiro). Para evitar esse problema, busque opções (olhando fotos e comentários na internet) como mesas do lado de fora, ou saia para passear levando o baby no canguru, assim evitamos surpresas e incômodos em lugares apertados. Indico: Pani, Ravello e Mooi Restaurant.

7- Transporte:

Algo que eu amo nessa cidade é a facilidade de locomoção. Estar hospedado em um bairro de fácil acesso é excelente, porém a cidade oferece tantas atrações em todos os lados, que fica bem difícil somente sair a pé por aí. Aqui contamos com, metrô, trem, ônibus, táxi, uber etc. Vale destacar que nos ônibus, existe um espaço em que se pode deixar o carrinho armado, e nos trens também. Infelizmente nem todos os táxis aceitam ou têm paciência de esperar que se coloque o bebê conforto no carro, por isso eu prefiro viajar em Uber, assim aviso antes de embarcar que estou com bebê e todo aparato!

Para transfers do Aeroporto Ezeiza ou Aeroparque recomendamos o pessoal do Turistando BA. Mande um email para info@turistandobuenosaires.com e diga que você é leitor do Aires Buenos que eles passam toda a info!

E você, tem alguma experiência com bebês em Buenos Aires? Conte para nós nos comentários!

Créditos da imagem de destaque: Henderson Moret

Veja mais posts sobre crianças em Buenos Aires

Buenos Aires para crianças

Tranvía histórico: um rolê de bonde pelas ruas de Caballito

Para comprar ingressos, transfer e passeios, conheça a parceria Aires Buenos + Turistando Buenos Aires, um atendimento feito por brasileiros.

Confira todas as nossas dicas de hotéis em Buenos Aires. São vários posts com resenhas, melhores bairros e muitas outras dicas.

Se está planejando sua viagem para Buenos Aires, não deixe de contratar um bom seguro viagem. Ninguém espera que algo aconteça, mas vai que acontece. Melhor estar prevenido, não é?!

COTAÇÃO DE SEGURO VIAGEM AQUI >>

E não deixe de conferir todos os passeios e ingressos que poderá comprar com antecedência. 😉

 

1 comentário

  1. Priscila andrade

    Bom dia, estarei indo a Buenos Aires com um baby de 7 meses. Tenho algumas dúvidas, caso pudesse me ajudar pois não achei posts falando sobre isso.
    Comida pronta da Nestlé eu encontro em supermercados aí? E fraldas descartáveis da mesma marca do Brasil?
    Preciso levar o bebê conforto ou os táxis aceitam crianças sem?
    Desde já muito obrigada e estou adorando as informações do blog

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *