Sinta-se em casa na Casa de Bulnes

Num desses rodopios alucinantes que dá a vida, chegamos ao nosso novo endereço em Buenos Aires: la casa de Bulnes. A história é longa, e quem sabe um dia te contamos tudo enquanto tomamos um mate na cozinha da nova casa, quando você vier nos visitar.

É que a partir de junho de 2016 eu e o marido nos mudamos para um casarão de 300 metros quadrados em Palermo! 🙂

Sinta-se em casa na Casa de Bulnes

foto1-compressed

Se você é daqueles que andam pelas ruas de Buenos Aires admirando os imóveis antigos bem conservados, com suas portas de madeira enormes, sacadas e janelões, espere só até conhecer La Casa de Bulnes.

Localizado na rua Bulnes, na fronteira entre Palermo e Almagro, o imóvel centenário foi construído em 1898 e preserva suas características originais, como pé direito duplo, piso de madeira, parede de tijolos aparentes, portas imensas, escadaria de mármore e um lindo patiozinho ao estilo espanhol, com azulejos de cerâmica. O dono deste pequeno palácio é o Daniel, portenho gente finíssima que em nove anos já recebeu mais de mil pessoas do mundo inteiro. Aliás, Dani sabe receber como ninguém, e não é à toa que está na categoria “SuperHost” do site AirBnB, título dado somente a quem tem ótimos reviews na plataforma.

Dani nos propôs que viéssemos morar aqui e ajudássemos a cuidar da casa, recebendo os viajantes. Então, na qualidade de anfitriã, apresento a vocês este lugar incrível.

Casa de Bulnes

A Casa de Bulnes conta com 6 quartos, 5 deles alugáveis, todos suítes. Há ainda uma cozinha e copa comunitárias, com uma geladeira industrial em que cada hóspede tem sua própria prateleira.

Casa de Bulnes

O lugar preferido para o café da manhã é o pátio externo, mas entre todos os espaços comuns da casa o mais fantástico é sua terraza de 150 metros quadrados. No verão, as espreguiçadeiras e a mesa de metegol (nosso pebolim) fazem sucesso. Já a sala de estar com calefação é perfeita para os dias de inverno.

Casa de BulnesAs diárias ficam na faixa de 35, 45 dólares por quarto, em média (preços de junho de 2016). Em todos há cama de casal e, em dois deles, um mezanino com cama extra, de solteiro. Para ver mais fotos e conferir a disponibilidade, dá uma olhada aqui:

La Casa de Bulnes – Reservas e mais informações

Além de superconfortável, linda e buena onda, a casa está bem localizada, a poucas quadras do metrô (linhas B e D) e perto de muitos bares, restaurantes e centros culturais. Na casa, sempre falamos Espanhol e Inglês, mas a vantagem de ter dois brasileiros morando aqui é que agora também temos recepção em português com dicas da equipe Aires Buenos 🙂

Casa de BulnesCasa de Bulnes

Também avisamos que a casa não é hostel (portanto, é preciso cuidar com barulho e respeitar quem mora e se hospeda aqui), e não servimos café da manhã (aqui, cada um faz suas compras, cozinha o que quer e deixa tudo limpinho depois). É uma experiência muito legal pra quem gosta de conhecer gente de outros cantos do mundo. Então, se estiver planejando onde ficar na capital portenha, já sabe!

Confira também outras hospedagens em Buenos Aires.

Nunca usou o Airbnb? Veja como foi nossa experiência.

Saiba tudo sobre o bairro de Palermo.

E não viaje para Buenos Aires sem o nosso super guia: várias dicas organizadas para facilitar a sua vida, além de um roteiro dia-a-dia, com mapa e como chegar aos lugares. 😉

guia de buenos aires turista profissional

Para comprar ingressos, transfer e passeios, conheça a parceria Aires Buenos + Turistando Buenos Aires, um atendimento feito por brasileiros.

Confira todas as nossas dicas de hotéis em Buenos Aires. São vários posts com resenhas, melhores bairros e muitas outras dicas.

Se está planejando sua viagem para Buenos Aires, não deixe de contratar um bom seguro viagem. Ninguém espera que algo aconteça, mas vai que acontece. Melhor estar prevenido, não é?!

COTAÇÃO DE SEGURO VIAGEM AQUI >>

E não deixe de conferir todos os passeios e ingressos que poderá comprar com antecedência. 😉

13 comentários em “Sinta-se em casa na Casa de Bulnes”

  1. Boa noite, os brasileiros ainda moram nesta casa? Gostaria de saber também qual a diferença entre os quartos, pois muda os valores!

    Responder
    • Oi, Karol. Desde julho não estamos mais cuidando da casa, mas ela continua recebendo hóspedes com outros anfitriões. Abraços!

      Responder
  2. Ja fiquei no hotel da Mariana.
    Casa da Gisele e do Edu.
    Agora tem a casa da Mariana pra bater cartão 😀

    Responder
    • Hehe! Pra você ver como Buenos Aires é um lugar mágico. Venha sim, Guilherme! Abração.

      Responder
  3. Encantada com esta sua nova casa, Mariana! Um dia desses apareço por aí. Que todos que vivem e passem por esta casa sejam muito felizes.

    Responder
    • Gracias, Veronica. Esperando sua visita! Beijos.

      Responder
  4. Maricota, que casa linda!! Poxa, tinha prometido que ia dar um tempo dessa sua cidade mas seus posts estão dando cada vez mais vontade de ir pra Buenos Aires. E agora tenho o bônus de ficar na sua casa! Amei!

    Responder
    • Ou seja: não faltam motivos pra voltar, hehe. Te espero, guapa!

      Responder

Deixe um comentário