Gorjeta em Buenos Aires (propina e cubierto): quais os valores

Quem vai para Buenos Aires pela primeira vez pode se assustar um pouco quando pega a conta de um restaurante. Isso porque na Argentina há duas taxas extras que os restaurantes costumam cobrar de seus consumidores. Para você entender um pouco melhor gorjeta em Buenos Aires, hoje vamos explicar o que são a propina e o cubierto e quais os valores normalmente cobrados.

Economia => Seguro Viagem Para a Argentina (com desconto)

Gorjeta em Buenos Aires: quais são os valores

Propina em Buenos Aires

A propina é algo mais fácil para nós brasileiros entendermos. É o famoso 10% no final da conta, a gorjeta do garçom. Assim como no Brasil, a maioria dos restaurantes adiciona essa taxa ao final da conta e você pode optar por não pagar. Na Argentina o valor da propina também é 10%.

Muitos são os relatos de pessoas mal atendidas pelos garçons em Buenos Aires, infelizmente isso é mesmo bem comum.

Os garçons portenhos não têm o costume de anotar o pedido e você sabe o que dá confiar demais no nosso cérebro, né? Algumas vezes ele é falho.

Se você não gostou do serviço, não pague a propina, simples assim. Mas se sua comida estiver sem sal, isso não tem nada a ver com a propina, afinal em Buenos Aires é proibido colocar sal na comida durante a preparação, os clientes dos restaurantes que devem colocar o sal direto em seu prato. Então, fique à vontade para pedir o “salero”.

Se você quiser comer em locais que não cobrem os 10% do valor da conta, veja o post comer sem pagar propina em San Telmo.

Confira => Passeios em Buenos Aires

Cubierto em Buenos Aires

Já o Cubierto é algo que não existe no Brasil. Em português “cubierto” significa talher e é exatamente a isso que essa taxa se refere, ao uso dos talheres, copos e pratos. Pode ser chamado também de serviço de mesa para alguns.

Muitas pessoas acham essa taxa sem sentido, afinal esse valor deveria estar embutido no preço dos pratos, mas ela é lei na Argentina e não há muito o que se fazer além de pagar.

A taxa do cubierto varia de acordo com o restaurante e eles normalmente deixam o valor bem claro no cardápio. Vale lembrar que ela é cobrada por pessoa, então terá o valor dobrado para um casal, por exemplo.

Pesquise seu hotel em Buenos Aires aqui!

Há quem pense que o cubierto seja o valor cobrado pela entrada, a comum cestinha de pães, mas se engana quem pensa assim. Você pode nem tocar nos pães, você será cobrado pelo cubierto mesmo assim.

Alguns restaurantes de rua, mais simples, podem não cobrar o cubierto e fazem questão de deixar isso bem claro para os clientes, mas infelizmente são poucos os restaurantes que fazem isso.

Por isso, não se assuste ao final da conta com as taxas extras. E lembre-se que os 10% de propina você pode não pagar, mas para o cubierto não há desculpa, você precisa sim pagar ou estará infringindo a lei.

Comer em Buenos Aires pode até ser mais barato, mas vale sempre lembrar que no final da conta vem esses valores a mais.

Créditos da imagem de destaque: Shutterstock

Para comprar ingressos, transfer e passeios, conheça a parceria Aires Buenos + Turistando Buenos Aires, um atendimento feito por brasileiros.

Confira todas as nossas dicas de hotéis em Buenos Aires. São vários posts com resenhas, melhores bairros e muitas outras dicas.

Se está planejando sua viagem para Buenos Aires, não deixe de contratar um bom seguro viagem. Ninguém espera que algo aconteça, mas vai que acontece. Melhor estar prevenido, não é?!

COTAÇÃO DE SEGURO VIAGEM AQUI >>

E não deixe de conferir todos os passeios e ingressos que poderá comprar com antecedência. 😉

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *